Bolsonaro: “não nasci para ser presidente, nasci para ser militar”…Disse tudo!!!!

Na melhor como o tempo para analisarmos fatos, situações e declarações. Há décadas que o discurso dos condutores da política nacional não produzindo os frutos desejados à população de maneira geral. Os problemas parecem crônicos…..

Para ficar só no contexto da corrupção, envolvendo suas excelências ex-presidente da república, Lula da Silva e Michel Temer –  o que não é pouca coisa -, começamos observar, não obstante ser políticos com origem, nível intelectual e  atuações distintas, além de tantas outras diferenças, é que as respostas, quando enquadrados no mundo do crime, contém similitudes familiares.

Já o atual presidente, Jair Bolsonaro, parece-nos ser mais “criativo” nas suas explicações quando tentou explicar o caso do seu filho, por ocasião da relação com os assessores quando pilotava o seu mandato de deputado na Assembleia Legislativa no Rio  de Janeiro – “garoto”  e “canelada”.

Hoje, 10 de abril, a gestão Jair Bolsonaro completa 100 dias. Pouco tempo para avaliações mais profundas. Precisamos deixar o tempo correr……Segundo pesquisas de opinião pública, a sua gordura na popularidade não lhes permite mais criar tantos fatos negativos para si. Aliás, o próprio presidente já cuidou de justificar-se: “não nasci para ser presidente, nasci para ser militar”…Disse tudo!!!!

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Momento Cultural: Visitando o Nosso Colégio.

(confrontando Luís Guimarães Filho no seu soneto: “Visita a casa paterna”. Composto para o Colégio Nossa Senhora da Graça na fundação do dia da “ex-aluna”, em 9 de julho de 1947)

Como ao porto quando voltam as jangadas após bem forte e cerrado temporal, rever, quisemos, num elo fraternal, o nosso Colégio de emoções sagradas!

Chegamos!… Ao nosso encontro maternal, vem Madre Superiora muito amada que, sorridente, institui, mui dedicada, da ex-aluna o áureo dia magistral!

Entramos!… – Era esta a sala de estudo!… Oh! a Capela!… ali, o açude!… e, de tudo, sentimos que a Saudade a alma nos invade!

Ei-las, as boas Mestras!… as caras companheiras!… revemos-los, hoje, alegres, prazenteiras… e, de Gratidão, quem palpitar, não há-de?…

(SILENTE QUIETUDE – ALBERTINA MACIEL DE LAGOS – pág. 42).

Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Momento Vitória Park Shopping

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Cavalgada Fest – 2000

Flash da Primeira Cavalgada Fest - Local: Galpão do final da Avenida Mariana Amália - na foto: sentados - dr Dante, Romildo Mariano, José Edalvo, Javan Ageu, Mariano Neto, Biraka. De pé: Jorge Cecé, "Seu" Cecé e Zito Mariano -  novembro de 2000.
Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Momento Pitu: Viva a Resenha!!

Que moral é essa, meu velho? O Cheverton Lima tirou onda na paisagem e ainda mandou uma mensagem subliminar na caipirinha. Aí tá certo!  
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

NO TEMPO DE EU MENINO – por Sosígenes Bittencourt.

Sou do tempo em que havia tempo de acompanhar a réstia do sol e contar estrelas. Sou do tempo em que o coral dos grilos executava a sonoplastia das estrelas. Se os primeiros anos de vida marcam o homem, como uma tatuagem na memória, devo ter influência de minha primeira infância na Feira das Panelas, em Vitória de Santo Antão. Comi macaquinho de feijão com farinha e jaca dura no palito. Sou do tempo da laranja-da-baía-de-umbigo. Nunca mais vi um maracujá-açu. Sou do tempo em que menino não pitava “cannabis sativa”, não portava arma de fogo nem namorava nu. Criança não estirava língua nem estalava banana para os mais velhos; tempo da palmatória nos argumentos de matemática. Sou do tempo em que safadeza sexual era pecado e urinar no meio da rua era falta de educação. Levei chinelada porque tudo que ia contar, enfeitava de adjetivo, num arrodeio que parecia invenção. Mais tarde, minha mãe descobriu que eu não mentia, era poesia. Minhas maiores alegrias foram quando aprendi a soletrar e que mulher foi feita pra namorar. Um dia, eu vi o Cego de Apoti, cantando na feira. Era um cidadão que enxergava com a voz.  Às vezes, uso chapéu de palha para saber se tenho cara de matuto.

Sosígenes Bittencourt
Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Edmilson Banda Show

Edmilson Banda Show no seu cd “A Companhia Show – vol 2”,  vem com a bela canção de Acioly Neto:  A NATUREZA DAS COISAS. [powerpress url=../mp3/edmilson.mp3] Gostou da música? – Baixe a MP3 Aldenisio Tavares
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

Livro Cristais Fissurados: Pedro Ferrer vai cair na boca do povo…..

No próximo dia 24 de maio o professor Pedro Ferrer lança mais um livro. O opúsculo, que tem conteúdo diferente de todos os outros por ele já lançado, no meu modesto entendimento revelará um Pedro Ferrer que muita gente não conhece.

Biólogo de formação e quase padre, Pedoca, nesse livro, por assim dizer, juntou tudo que viveu – as metamorfoses da biologia e às castrações religiosas – para contar uma história verídica,  ocorrida na nossa cidade que envolveu duas famílias da então nobreza dos engenhos de cana de açúcar - muita safadeza e covardia.....

Por sua generosidade, imagino, escolheu-me para fazer a devida apresentação da obra, por ocasião do seu lançamento. Cristais Fissurados é o nome do título. Mas também poderia possuir uma chamada mais "picante", sintonizado com os atos primitivos da espécie animal, no que concerne ao sexo propriamente dito.

Com todo respeito aos livros já lançados pelo amigo Pedoca, inclusive um deles premiado pela APL – Academia Pernambucana de Letras – esse, certamente, irá despertar mais  interesse por parte dos seus fies  leitores, sobretudo para saber o que anda “poluindo” sua mente nas noites e  madrugadas silenciosas.... Esse livro vai dá o que fala!!

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

HISTÓRIA ABERTA – TIRANOS & TIRANETES – Escreveu: RONALDO SOTERO.

Autor : Carlos Fico Quem quiser conhecer excelente livro que permite entender a atuação de alguns governos ditatoriais da América Latina, eis a indicação. O caso do Chile, que não faz fronteira com o Brasil, é emblemático. A eleição de Salvador Allende em 15.9.70, marxista , mudou os destinos do país. Empossado em 3.11.70, tinha como meta a desapropriação de terras, nacionalização das empresas estrangeiras, reforma agrária, socialização dos meios de produção, que levou a queda na oferta de alimentos. A inflação chegou a 300%. Desemprego alto, caos econômico.

Em três anos de governo a sonhada primeira experiência de um governo socialista no continente estava com os dias contados. Na madrugada de 11.9.73 , os militares deixaram os quartéis e tomaram o governo. No Palácio La Moneda, bombardeado pela força aérea, o presidente Allende comete suicídio disparando um tiro de fuzil contra o queixo. O general Augusto Pinochet assumiu o poder e imprimiu dura repressão para reorganizar o país. Foi implacável com os opositores. Durante 17 anos o Chile conseguiu desenvolvimento e ordem. Uma releitura, sem emocionalismo, nas páginas desse delicado momento da história desse país andino, permite entender ,com lucidez , sua história recente.

Ronaldo Sotero. 
Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Momento Cultural: Canção antiga – por Henrique de Holanda

Eu te amei tanto… foste meu tudo: – um lírio da Judéia que teceu de perfume um manto e, bem de leve, de mansinho, mudo, vendou-me os olhos e envolveu-me a ideia…

E como um passarinho esvoaçaste sobre a minha existência outrora calma. A mais linda canção tu me ensinaste porque entraste, cantando, na minh’alma.

Resolveste fugir do meu destino. Desviaste do meu, o teu caminho e deixaste, num louco desatino, meu triste coração sofrer sozinho…

Hoje és somente uma ave sem guarida; o amargurado sonho que sonhei; uma folha seca na haste de minha vida, a cantiga mais triste que cantei…

(Muitas rosas sobre o chão – Henrique de Holanda – pág. 14).

Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Momento Vitória Park Shopping

A Kplanejados é mestre quando se trata de decoração, sempre com lindas obra de arte!
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Colégio 3 de Agosto.

COLÉGIO 3 DE AGOSTO – ANO NÃO REGISTRADO.

Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Momento Pitú: Viva a Resenha!!

A gente gosta assim, quando o pituzeiro tira foto com uma das maiores personalidades do nosso Carnaval! Aí tá certo! Ano que vem tem mais resenha!
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Recordar é Viver: No tempo de eu menino – por Sosígenes Bittencourt.

Dentre as figuras lendárias e bizarras das quais tive notícias e algumas conheci, em Vitória de Santo Antão, espero que alguém relembre MANÉ CAPÃO, MÃO DE ONÇA, CAFINFIM, PAPA-RAMA, DIDI DA BICICLETA, BIU LAXIXA E O CORCUNDA ANÍBAL.

MANÉ CAPÃO tinha os trejeitos de um primata. Haja vista que andava de pernas arqueadas, pendendo para os lados, erguendo a cabeça e fazendo bico com a beiçola. Às vaias e insultos que recebia, respondia na pedrada. Não é preciso dizer que lascou cabeça de gente, estilhaçou vidraças e botou muito sujeito pra correr. Recordemo-lo. Penso que quem o insultava era pior que ele.

MÃO DE ONÇA nunca deu um soco num atrevido para não vê-lo estatelado no chão. PAPA-RAMA brigava com 4, na braçada. Parecia um viking. DIDI DA BICICLETA tinha o corpo fechado, porque a caixa dos peitos era rendada de tiros sem ter baixado à sepultura.CAFINFIM dava óleo queimado para os presos beberem, e BIU LAXIXA era tão doido que, quando corria na frente, ninguém corria atrás. E ainda tinha FERRO, um negão que dava beliscão em menino.

Não sei quem se lembra, mas eu conheci a figura cinematográfica do CORCUNDA ANÍBAL. Andava pelas ruas resmungando e exalando um nauseante aroma de pão e banana, como se fosse um personagem de filme de terror. Aníbal tinha o hábito de apalpar  o seio das mulheres, o que o tornava mais apavorante. Não sei do que morreu nem exatamente quando, o que lhe empresta uma feição misteriosa e hugoana, à la O Corcunda de Notre Dame.

Sosígenes Bittencourt

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Martins – O Apaixonado do Brega

Hoje disponibilizamos a música “Minhas Qualidades”, de autoria de Martins. A música é integrante do álbum “Martins – O Apaixonado do Brega”. Martins - Minhas Qualidades Aldenisio Tavares
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

AVLAC promoveu a primeira reunião itinerante – Engenho Galileia.

Na manhã de ontem (07), sob o comando do professor Serafim Lemos, a AVLAC – Academia Vitoriense de Letras, Artes e Ciência – promoveu a primeira Reunião Itinerante. O local escolhido foram às terras do emblemático Engenho Galileia. O amigo Zito, atuou como anfitrião do grupo.

Como não poderia deixar de ser, após os procedimentos regimentais, o debate teve como tema central os fatos e o legado dos movimentos ocorridos nas terras do referido engenho,  deflagrados no início da segunda metade do século próximo passado (XX).

Expurgando o  viés ideológico, de parte à parte, eis mais um “pedaço de solo” antonense que gerou expectativas e ações que foram monitoradas e acompanhadas por atores importantes da história recente do planeta, tal qual o presidente americano John Kennedy – considerado uma das grandes personalidades do século XX -,   assassinado a tiros em plena via pública na cidade de Dallas -Texas, em 1963.

Nossa cidade, Vitória de Santo Antão, é rica!! Pobre, na verdade, muita vezes, é a visão que a esmagadora maioria da população tem dela,  sobretudo as nossas autoridades, possivelmente por falta do chamado conhecimento geral. Uma pena!!

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

AS BADALADAS DA VIDA – por Mons. Maurício Diniz

Estimados Vitorienses, nesta breve mensagem pascal, vos escrevo, não para relembrar “O Sino da Minha Aldeia” de Fernando Pessoa, nem muito menos para saber “Porque os Sinos Dobram” de Raul Seixas, mas sim, desejo cobrar das autoridades competentes do nosso município, a devolução dos sinos da Capela de Engenho Bento Velho, localizado às margens da BR 232. Exigimos justiça, porque já foram identificados os autores da tão badalada ação criminosa contra o patrimônio histórico da nossa cidade.

Por vezes, parece que estamos num carrilhão de manobras: um boletim de ocorrência que vai, uma investigação que vem. Na verdade, não se puxa a corda, os sinos não dobram e o badalo não se mexe. Sendo assim, entre o balanço das indecisões, nada mais resta do que fazer um exercício de humildade e de paciência, para que, entre os toques e repiques espirituais, progressivamente, vençamos os impulsos das nossas limitações humanas.

Portanto, das badaladas da vida que ressoam do campanário da história, proveniente do vazio do túmulo do Nosso Senhor Jesus Cristo (cf Jo 10,1-2), escutemos, com o ouvido do coração, o glorioso anúncio da Ressurreição do nosso Divino Salvador.

FELIZ PÁSCOA!

Mons. Maurício Diniz – A Voz Paroquial – abril 2019.

Publicado em A Lupa | 1 comentário

O Anjo da Vitória – por Josebias Bandeira

Esta Magnifica estátua de ferro que representa o Anjo Gabriel segurando a trombeta, possui 2.20 metros de altura e foi encontrada próxima ao Recife , após um naufrágio de um navio de bandeira americana, em 1878. A peça foi leiloada e comprada pelo então tenente-coronel da Guarda Nacional Belmiro da Silveira Lins ,o Barão de Escada, que a repassou para o primeiro Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Luis Raimundo da Silva Brito. Durante uma visita à Paroquia de Santo Antão,em 1902, o arcebispo resolveu doar o monumento do anjo para homenagear a vitória na Batalha das Tabocas. Em 27 de Janeiro de 1905 , o monumento foi erguido em homenagem à vitória dos Lusos-Brasileiros sobre os Holandeses, na Batalha das Tabocas em 03 de Agosto de 1645.

Existe uma lenda que entrou para o folclore local, que Quando o anjo tocar a trombeta o mundo irá acabar. Esta imagem foi captada pela lente da minha Câmara fotográfica durante um passeio sentimental pela minha querida terra mãe Vitória de Santo Antão.

Acervo do cartofilista Vitoriense Josebias Bandeira de Oliveira. 

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Momento Cultural: APRENDIZ DE MIM – por Valdinete Moura.

Este é meu mundo encantado no qual você também pode entrar.

Então meu mundo passa a ser nosso.

E, levados pela imaginação poderemos ir a qualquer lugar dentro ou fora de nós. Não conhecemos limites.

Porque Eu sou Eu e Você seja lá quem for é a Pessoa mais importante do Mundo porque é com você que estou agora.

Maria Valdinete de Moura Lima
Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Momento Vitória Park Shopping

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Visita do Príncipe Dom Pedro à Vitória (1954).

O PRÍNCIPE DOM PEDRO, SUA ESPOSA E A COLONIA LUSA DO RECIFE - HOMENAGEM A DIOGO DE BRAGA – FOTO REGISTRADA EM SETEMBRO DE 1954.
Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Momento Pitú: Viva a Resenha!!

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O artista – por Sosígenes Bittencourt

O escritor escreve a poesia, o pintor pinta a poesia, o escultor esculpe a poesia o músico toca a poesia. Todo mundo tem intuição, mas o artista tem a técnica de revelar sua inspiração.

Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Ricardo Rico canta “Paciência” – composta por Lima.

Hoje disponibilizamos a música “PACIÊNCIA“, composta pelo vitoriense Lima, na voz de Ricardo Rico (foto). Paciência - Ricardo Rico Aldenisio Tavares
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

DNA JÁ – NÃO POSSO ESPERAR – Maria Barbosa – UM EXEMPLO PARA O MUNDO!

Nem tudo tá perdido!!! Hoje pela manhã, ao assistir programa global “Bom dia Pernambuco” tomei conhecimento  de uma história que, entre outras coisas, nos revela que existem pessoas portadoras de uma  luz tão intensa que reflete significativamente na transformação da vida de quem precisa e que,   muitas vezes, por não saber diagnosticar com precisão suas angustias e revoltas,  torna-se um fardo pesado para a sociedade.A pessoa de quem falo  – que não conheço e que até hoje pela manhã nunca havia escutado o seu nome – chama-se Maria Barbosa.

Professora aposenta, pedagoga e advogada essa senhora, após efetivar projeto de cidadania,  modificou diretamente a vida de mais de 600 crianças, através do “Projeto DNA JÁ – NÃO POSSO ESPERAR.

“Órfã de mãe desde os quatro anos, e criada com zelo e amor por seu pai, LadislauMaria Barbosa sempre soube da importância da figura paterna na formação das crianças. Talvez por isso tenha se sensibilizado tanto quando se deparou com a situação de seus alunos, na época em que era professora de Educação Física numa escola do município de Escada (PE)”.

“Era o ano de 2001, e Maria presenciou uma briga entre dois adolescentes, após um esbarrão numa partida de futebol. Xingado de "filho da puta", um dos meninos ficou tomado de ódio e retrucou que o colega só o chamou disso porque ele não tinha o nome do pai no registro.

A dor dele calou tão fundo dentro dela, que virou semente para o projeto  "DNA Já - não posso esperar". Ao longo de 18 anos, o projeto beneficiou mais de 600 crianças e adolescentes da região, e acaba de virar um livro que conta a saga de Maria Barbosa, ao longo desse processo” O registro ficou por conta do jornalista e escritor Cleodon Coelho que também não o conheço, mas que deve ser um sujeito "sangue-bom", pois se debruçar em histórias como essa, convenhamos,  vai muito mais além do "mecânico" ato de escrever. 

Assim sendo, concluo essas linhas sugestionado que o internauta -  assim como eu -  que ficou sensibilizado com essa  narrativa real, pesquise mais para poder reproduzir esse fato aos quatro cantos do mundo. Claro, se houver oportunidade, compre também o livro  - "Em nome dos filhos".

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

ÚLTIMO ADEUS – Ao compositor, comunicador e carnavalesco vitoriense: Guilherme Pajé.

No dia 01/04/2019, segunda-feira a noite, calou-se a voz inconfundível do homem simples e compromissado com a causa cultural denominada: Frevo. Sempre focado aos temas carnavalescos da cidade da Vitória de Santo Antão – PE, realizou nos anos 80, o Programa de Frevo na Rádio Cultural da Vitória AM, recentemente na Tabocas FM, com Sua Excelência é o Frevo. Quando comecei estudar com o Maestro Aderaldo Avelino, na Euterpe Musical 03 de Agosto em 1987 aos 20 anos de idade, ouvia os frevos pelo rádio, pois não existia energia elétrica em minha casa, e, jantava com a vela acesa, e as partituras de frevo ao lado acompanhando. Quando foi em 1988/1989, o conheci pessoalmente através do músico e amigo Givaldo Barros (atualmente o Maestro da Orquestra Ciclone da Vitória– PE), e, em 1991, através do grande Guilherme Pajé, conheci uma figura muito simples chamada: Maestro Nunes da cidade do Recife/PE. Onde pude enriquecer meus conhecimentos musicais, ampliando de forma horizontal.

Seu corpo ficou no Clube O Leão, no bairro da Matriz da cidade da Vitória – PE, onde a Orquestra Ciclone do Maestro Givaldo Barros executou diversas marchas religiosas, onde após a saída do cortejo fúnebre as 16:00 horas, desfilou em direção ao Cemitério de São Sebastião da cidade da Vitória – PE, ao som de diversos frevos de rua em homenagem ao grande Guilherme Pajé, como também, ao entrar no cemitério. Houve também a participação marcante do Maestro Silvano da Orquestra Venenosa, com a sua famosa Requinta contribuindo melodicamente. Onde estiveram presentes, amigos da imprensa, músicos, compositores, participantes do Terço dos Homens, e todas as classes sociais, pois o Guilherme Pajé pertencia a sociedade vitoriense e, é um patrimônio cultural. Seu sepultamento foi realizado na tarde do dia 02/04/2019, terça-feira, na Terra das Tabocas e de Mariana Amália. Agradecemos desde já a todos que compareceram de modo geral. OBRIGADO! OBRIGADO! OBRIGADO! Caríssimo amigo Guilherme Pajé, foi você que me apresentou ao Maestro Nunes da cidade do Recife/PE. DESCANSA EM PAZ, CARÍSSIMO AMIGO. FICA COM DEUS. AMÉM!

Bosco do Carmo - Ex-trombonista da Euterpe Musical 03 de Agosto do Maestro Aderaldo Avelino da Silva (in memoriam), da cidade da Vitória – PE - Trombonista da Orquestra Ciclone do Maestro Givaldo Barros da cidade da Vitória - PE

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

COM A FEB NA ITÁLIA – por Ronaldo Sotero

Composta por 25.300 soldados que lutaram junto às forças aliadas, durante a Segunda Grande Guerra.O lema da tropa era :" a cobra está fumando", resposta àqueles que diziam ser mais fácil uma cobra fumar do que o Brasil entrar na guerra. A Força Expedicionária Brasileira -FEB desembarcou na Itália em julho de 1944 e iniciou os combates em setembro, no Vale do Rio Serchio, ao Norte da cidade de Pisa. Entre setembro daquele ano e maio de 1945, durante 239 dias durou a campanha italiana. Morreram 456 militares brasileiros e 2.722 feridos. Foram capturados 14.779 soldados inimigos. A FEB venceu oito batalhas. No momento em que tantos se voltam contra os militares em gesto anti-patriótico, jamais deve ser esquecido o sentimento de bravura do soldado brasileiro, sempre atento em rechaçar as ameaças ao nosso solo, seja qual for o inimigo.

 Ronaldo Sotero: HISTÓRIA ABERTA - com Ronaldo SOTERO - exclusivo para o Blog do Pilako.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Momento Cultural: Postal Litúrgico – por Corina de Holanda.

Terra: Parcela das Maravilhas Que a Deus aprouve criar, Mais que os outros astros brilhas, Como eucarístico altar.

Cruz: Quando em meus dias sombrios, Enche a taça de amargor, Corro a teus braços vazios, Mesmo assim, flor de bonança – À Dor lanço desafios E digo com todo amor: “Ave, única esperança!”

Eucaristia: …Fora de Vós tudo é tristeza e treva Por vossa graça, o pecador se eleva E com os Anjos se põe em harmonia… Tudo quanto fizeste me enternece, Mas, ó Jesus, aos olhos me aparece, Mais sublime que tudo, a Eucaristia!

1970

(Entre o céu e a Terra – Corina de Holanda – 1972 – pág. 26)

Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Momento Vitória Park Shopping

Que tal um mês inteirinho para você aproveitar as melhores ofertas em games? Então aproveite, pois, em Abril, a Nagem vai estar com preços para você zerar todos os jogos! Convide seus amigos e garanta as ofertas nas lojas e no site!
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Momento Pitú: Viva a Resenha!!

Assunto sério! Tem muita gente aqui que queria ser essa latinha e tá curtindo o Farol da Barra, nesse momento. Pega leve que a galera aqui tá trabalhando!!
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário