E a sua televisão usada também irá para o lixo?

Já escutei de pessoas mais maduras do que eu, por volta dos sessenta e cinco anos, que em comum vivenciaram os tempos de criança na Rua Horácio de Barros e suas adjacências, que para poder assistir televisão – uma espécie de novidade para época – se acomodavam no terraço e na calçada da casa dos meus pais (“Seu” Zito e “Dona” Anita). Ressaltemos que o primeiro endereço deles, após o matrimônio,  em maio de 1955, foi na Rua Horácio de Barros 113 – Matriz.

Um dos garotos da época, hoje um senhor que já é avô, me disse que a turma já ficava ligada à noite, pois, logo após a hora do jantar papai ligava a televisão. Quando percebia a presença dos garotos,  dizia: “Anita, abre a porta para os meninos ver também”.

Pois bem, relembro isso para encaixar outra observação relacionada ao tão desejado aparelho de televisão. Nos meus tempo de adolescência (década de 80), por exemplo,  quando ainda uma televisão não era algo assim tão acessível, tal qual os dias atuais, escutava-se,  com bastante espanto,  à informação de que nos Estados Unidos e na Europa quando as pessoas comparavam um aparelho novo colocava o usado (em boas condições de uso) na rua, ou seja: literalmente no lixo.

Eis que o tempo passou e essa “tal globalização”, de certa forma, já faz parte dos nossos dias. Não fosse pelas inúmeras facilidades que temos disponíveis na palma da mão, ao acessar o celular e suas ferramentas, em tempo real com pessoas nos cinco continentes, recentemente, ao caminhar pelas ruas centrais da nossa cidade, encontrei com um aparelho de TV, aparentemente em bom estado de uso, no lixo. Ou seja, aquilo que era espantoso para nós, hoje não é mais!!!

O referido fato (tv no lixo), hoje, relativamente comum, inevitavelmente, no transcorrer da minha caminhada, de maneira solitária,  me fez pensar em tudo isso que acabei de escrever. O poeta Patativa do Assaré, com a sua sabedoria popular, diz: “Pra todo canto que eu olho, vejo um verso se bulindo”. Parafraseando o grande mestre digo que se faz necessário reservarmos um espaço na nossa mente para pensarmos em coisas , aparentemente,  frívolas. Isso faz um bem danado!!!

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

TUDO É HISTÓRIA – LIVRO: UM MUNDO OU NENHUM – Pesquisa: Ronaldo Sotero.

Quem se impressionou com a série Chernobyl, não pode deixar de ler o livro em destaque.Quinze cientistas,  um militar e um analista político,  produziram esse trabalho a respeito do significado da era nuclear. Os textos foram publicados originalmente em 1946, meses depois dos lançamentos das bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki. É um excelente estudo para entender as preocupações do início da  era atômica aos nossos tempos.

A bomba atômica é uma arma de saturação, empregada para aniquilar a capacidade de resistência do inimigo. No primeiro ataque em 6/8/1945, a bomba foi lançada e explodiu a 450 metros do solo numa área de 10km2. Apenas um avião modelo B29 causou danos equivalentes ao de 300 aviões, segundo o general H.H.Arnold, comandante da Força Aérea do Exército americano. Além de milhares de mortos, em um minuto , 250 mil saíram feridos. Dos 33 quartéis de bombeiros dos mais modernos, 27 foram destruídos. O novo ataque viria em 9/8/1945 selando a rendição japonesa.

Somente a leitura do livro, provavelmente esgotado, vai proporcionar  ao leitor interessado nessas pautas a riqueza desses levantamentos, como do físico Oppenheimer, chefe do laboratório de Los Alamos,  no estado do Novo México , onde nasceu a bomba atômica, pode dar uma ideia do apurado  trabalho.

Se o desastre de Chernobil entre 25 e 26/4/1986, na usina nuclear ao norte da Ucrânia , ou o de Fukushima , no Japão, em 2011, chocaram  a Humanidade, a obra sugerida  é ferramenta de reflexão a um invento do qual o homem já não tem mais controle sobre ele e a irracionalidade que o domina pelo poder.

LER É DESCOBRIR Ronaldo Sotero. 
Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Dias das Crianças do 21ª Batalhão – “ADOTE UMA CRIANÇA” – R$ 15,00 – Vamos Participar!!

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Momento Cultural: Carinho – por José Bezerra de Oliveira.

Palavras de carinho

Fazem o ninho.

Para viver

Um grande Amor,

É preciso experimentar

Alguma dor.

José Bezerra de Oliveira
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Amigos do Lions (1973).

POSSE DO NOVO CONSELHO DIRETOR DO LIONS BOA VIAGEM – CLUBE INTERNACIONAL DO RECIFE – 7 DE JULHO DE 1973  – ZITO MARIANO, BRAULIO e CLAUDIO BARNABÉ. 
Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Momento Pitú: Viva a Resenha!!

Tem nem perigo da minha #NaçãoPituzeira errar essa senha. Deixa a resposta nos comentários, galera!

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Verdades e Mentiras – por Sosígenes Bittencourt.

 

Às vezes, é melhor ouvir uma mentira que faça rir, do que uma verdade que faça chorar. Já nos basta A MORTE como incontestável verdade. Todos nós nascemos sem pedir e morremos sem querer. Há pessoas que escolhem a verdade exatamente porque magoa. Escolhem-na a dizer uma mentira que servisse de bálsamo para uma dor. É mentira?

Sosígenes Bittencourt
Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

“DEIXA”- Dorgival Soares

Ouça a música “DEIXA“, de Dorgival Soares. Deixa - Dorgival Soares Aldenisio Tavares
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

Momento FAMAM – Faculdade Macêdo de Amorim.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Eleições 2020: “estou pronto para o serviço” – disse o prefeito Aglailson Junior.

Por ocasião do evento de abertura do “Feirão da Caixa”, ocorrido na manhã da última sexta (27),  no Vitória Park Shopping, casualmente encontrei o prefeito Aglailson Junior e o deputado Aglailson Victor. Após as formalidades da referida solenidade, em uma roda com várias pessoas,  dialogamos por bom tempo. Comecei a conversa logo dizendo: “Gordo”, sobre o processo de 2020, diga-me uma coisa que ninguém sabe ainda,  para eu colocar no blog?

Ele se fez de desentendido e foi logo elencando um rosário de ações da sua gestão: “ ônibus novos para os estudantes, reformei escola tal e tal, fardamento, calçamento e .....”

Disse eu: isso já tá na mídia. Quero uma coisa que ninguém sabe. Por exemplo: quem vai ser o seu vice na próxima disputa? Ele deu uma longa risada e disse: “Perai....Assim tu já queres demais.....Nem eu sei ainda......”

Perguntei: na sua opinião, quem vai ser o candidato do grupo “amarelo”? Eu acho que será o Joaquim. Aliás, eu já escrevi isso no blog:

Com a cara fechada, ele disse: “sinceramente, não estou preocupado com isso. Sou candidato à reeleição e já estou pronto para o serviço. Pode ser qualquer um dos três” – se referindo a Elias, Joaquim ou Paulo.

Doravante, ele começou realçar os motivos pelos quais entende ter amplas chances de renovar o mandato por mais quatro anos. Aliás, é bom que se diga: desde o inicio do instituto da reeleição – Era FHC – todos os prefeitos que tentaram na nossa cidade, se deram bem – José Aglailson em 2004 e Elias Lira em 2012.

Na visão dele (ou desejo) falou-me que acha que teremos pelo menos uns cinco candidatos a prefeito na próxima eleição, aqui em Vitória. Quando perguntado sobre o novo processo da eleição proporcional (vereador),  sem coligação, uma vez que tem na sua base mais de uma dezena aliados,  disse que já está “mais ou menos” resolvido.

“Vamos dividir nosso grupo em quatro ou cinco partidos, juntar com outros novos candidatos e somar para fazer com que todos disputem bem. Lógico que terá alguns com mais vantagem. Mas isso é uma coisa normal em todo processo dessa natureza. Inclusive , estamos  também contando, dentro dos partidos que irão nos apoiar na majoritária,  com o PSC”. E completou: “nessa parte eu estou tranquilo, é muita gente chegando”.

Aqui e acolá, o prefeito voltou a dizer que “pegou uma prefeitura arrombada” (financeiramente). Que foi obrigado, primeiro, “arrumar a casa”. Acrescentando ainda:  “cortei muita “gordura” para poder honrar com os pagamentos em dia”. Com relação ao atual momento da sua gestão, no que se refere às finanças, disse  que “ está tudo aprumado”. Mais uma vez, em tom de alegria, arrematou: “agora, é daqui pra melhor”.

Pois bem, além de tudo isso, falamos também da política estadual e outros assuntos. Daqui para frente segue meus comentários sobre nossa informal conversa:

Primeiro – como já falei em matéria postada anteriormente, acho que o companheiro de chapa do prefeito, em 2020, será o ex-deputado Henrique Queiroz. Relembremos que foi com o “grupo verde” no seu palanque que os respectivos prefeitos foram reeleitos – em 2004 e 2012. Aliás, politicamente falando, dificilmente o velho Queiroz terá outro caminho para chegar a prefeitura, se não for por essa estrada - É bom que se diga que também não é uma garantia.

Segundo – com relação às arrumações das chapas de vereadores, as coisas não serão tão simples como imagina o prefeito (ou pelo menos deixou transparecer). Parlamentar aliado aceita “quase tudo” de qualquer prefeito, menos ir ao “suicídio político”. Imagino, para ele, muita dor de cabeça, no sentido de manter essa sua estratégia e achar que vai voar em céu de brigadeiro.

Terceiro – É bom que se diga que o prefeito Aglailson Junior foi eleito em 2016 com mais ou menos um terço do eleitorado. A pergunta que fica é: será mesmo que ele conseguiu agregar novos eleitores com a sua administração, até agora, sem muitas novidades?

Na outra ponta, como já falei, o histórico da nossa cidade é amplamente favorável (100%) aos prefeitos que disputaram  à reeleição. Estamos basicamente a uma ano (dia 05 de outubro 2020) do próximo pleito, até lá, tem muita água para  passar por baixo da ponte. Quem viver verá!!!

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Projeto Social 21ª BPM : “foi elencado pelo sentimento materno das policiais femininas do nosso batalhão”.

Com relação a nossa postagem, realçando o projeto social do 21ª Batalhão da Polícia Militar – ADOTE UMA CRIANÇA -, assim de colou o Sargento Jailton:  

“Parabéns Pilako pelo apoio e pela notoriedade que você está dando ao projeto. Como você mesmo falou,  esse momento vai ficar para sempre na memória dessas crianças. Esse projeto foi elencado pelo sentimento materno das policiais femininas do nosso batalhão. Contamos com a participação de todos e que Deus nos abençoe”.

Sgt Jailton.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

VII Encontro das Amig@s – por Luciene Freitas.

Sobre o VII Encontros das Amigas, disse a escritora e poetisa Luciene Freitas:

A festa do reencontro com o passado é repleta de magia, sorrisos, abraços e muita conversa. As músicas que embalaram os sonhos dos jovens, reascendem e leva todos ao salão de baile, numa euforia saudável. Mesmo quem não era amigo participava das mesmas festas, colégios ou se viam nas ruas. Assim,  o encontro se torna propício para se iniciar uma amizade. A descontração deixa a alma leve e renovada”

Luciene Freitas
Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Dias das Crianças do 21ª Batalhão – “ADOTE UMA CRIANÇA” – R$ 15,00 – Vamos Participar!!

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Fim de Semana Cultural: Só dar amor (Soneto) – Por Manoel de Holanda.

Na restrição, pra mim, de desfavor, destas quatorze linhas d’um soneto, Eu nem de leve tocarei no amor; a falar sobre sonhos não me atrevo.

Eis que se foi embora um bom quarteto! quero falar do sol, no esplendor, das estrelas, do mar; não intrometo o coração, em cousas de valor.

Sei da história do mar apaixonado por Diana que o fita com dulçor, na ausência do sol, seu namorado.

Mas, já se viu que cérebro demente? quero banir deste soneto o amor e um soneto fazer de amor somente!…

Manoel de Holanda

Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Momento FAMAM – Faculdade Macêdo de Amorim.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Família Dutra.

Família Dutra: Teonides, Antonio, Coelho, Maneca e Lourenço Dutra - ano não registrado - arquivo: Stenio Dutra. 

Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Momento Pitú: Viva a Resenha!!

 

Tem comercial novo da Pitú no ar com muita resenha e nosso querido pituzeiro, o ilustre @wesleysafadao. Quem aí já assistiu?

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Celeuma em torno do Ciúme – por Sosígenes Bittencourt.

LIVRE é quem sente ciúme de quem lhe faz bem e respeita. Quem sente ciúme de quem lhe faz mal e desrespeita é ESCRAVO da maldade.

Há 4 tipos de ciumentos clássicos a saber: o Zeloso, o Enciumado, o Ciumento e o Paranóico.

O Zeloso é aquele que quer o bem, é o altruísta. Ele fecha a janela do quarto para o seu amor não pegar um resfriado. Ele ajusta o horário para pegar o amor no trabalho.

O Enciumado é o ciumento eventual, o constrangimento passa. Ele sempre está questionando gestos, relações de amizade, horários, meio desconfiado, mas tudo passa à menor explicação.

O Ciumento ciumento é o que quer restringir a liberdade do outro, ele dita normas. Dá grito, chama palavrão, bate a porta, irrita-se com facilidade.

O Paranóico é o que tem convicção de que é traído, mesmo sem prova. Ele delira. Vê chifre em cabeça de cachorro. Acorda assustado, todo semelhante é seu competidor.

Ora, o ciúme é natural em quem gosta de alguém, o contrário seria a INDIFERENÇA. É que nos acostumamos a confundir ciúme com espalhafato. Porque ciúme pode ser desejo de POSSE e CONTROLE, o que não se identifica com amor, ou medo de perder o objeto amado, o que pode caracterizar baixa AUTOESTIMA.

Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Forró de Severina – Nordestinos do Forró.

Ouça a música FORRÓ DE SEVERINA, composta por Aldenisio Tavares e Samuka Voice, na voz de “Nordestinos do Forró”. Forró de Severina - Nordestinos do Forró Aldenisio Tavares
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

O 21ª Batalhão da Polícia Militar quer levar 400 crianças carentes para o cinema no dia das crianças – Vamos Ajudar!!!

Poucas pessoas sabem que a palavra “cinema” tem origem no nome do equipamento que foi usado pelos irmãos Lumiere, em Paris, no final do século XIX, para exibir a primeira película cinematográfica. Mesmo depois de mais de uma dúzia de décadas e com tantas outras invenções maravilhosas, ir ao cinema ainda é uma emoção única. Quem não se lembra da primeira vez que adentrou a velha sala escura? Ou mesmo, quando assistiu o primeiro filme  ao lado dos filhos ou netos?

Pois bem, é nessa atmosfera que o 21º Batalhão de Polícia Militar, instalado na nossa cidade, através do projeto social “Adote Uma Criança”, se propõe a transformar a próxima comemoração do dia das crianças num momento inesquecível,  para 400 famílias carentes - um dia mágico para ser lembrando para o resto da vida – a primeira vez num cinema!!

 Na programação, além do filme propriamente dito, as crianças ganharão camisa alusiva ao tema da projeção, refrigerante e pipoca assim como um monte de guloseimas para levar para casa. As mesmas (crianças) serão transportadas da comunidade para o Vitoria Park Shopping em um ônibus, devidamente  assistidas por policiais militares do 21ª Batalhão – Monte das Tabocas.

Na sua 6ª edição, em função do sucesso dos anos anteriores (fotos de 2018), a meta,  esse ano (2019),  é mais ousada. Reunir 400 crianças para participar dessa “aventura”, ou seja: viajar no mundo mágico do cinema e ter uma história para contar por toda vida!! Essa é a missão!!

Na qualidade de cidadão fiquei feliz com essa iniciativa promovida pela polícia militar. Evidentemente que estamos mais acostumados a enxergar o trabalho dos policias pelas lentes da repressão e da força, esquecendo, muitas vezes, que por trás daquela farda existe um ser humano de carne e osso que, assim como nós,  tem família, rir, chora, se emociona e etc.

Portanto, na medida do possível, vou contribuir!! Irei também “convocar” alguns amigos para fazer a sua parte. Com apenas R$ 15,00 estaremos promovendo uma história bonita para uma criança carente  que,  muitas vezes, por falta de uma oportunidade, mais adiante, poderão ser  protagonistas de historias não muito agradáveis.

Para participar contribuindo, favor entrar em contato com o Sgt Jailton (9.8818.9164) e Sd Maria Xavier (9.8127.4255). A culminância da ação acontecerá no próximo dia 11 de outubro.

Publicado em A Lupa | 6 comentários

Outubro ROSA: como surgiu?

O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. Em 1997, entidades das cidades de Yuba e Lodi nos Estados Unidos, começaram efetivamente a comemorar e fomentar ações voltadas à prevenção do câncer de mama, denominando como Outubro Rosa.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Corrida “Vapor da Vitória” – dia 06/10 – 7h – Pátio da Matriz – Compre seu Kit.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Momento Cultural: Hino a Virgem do Rosário – por Corina de Holanda.

É dos céus o real lampadário; Mãe de amor, o teu nome querido Tantas vezes por nós repetido Pelas contas do santo rosário

Solo I És o marco sacrossanto, A estrela de maior brilho A flor de mais puro encanto Nos caminhos de teu Filho.

II O teu nome acalma o tédio, Ninguém o repete em vão. – Doce e salutar remédio Dele brota a salvação.

III Dos céus, imortal poema, Teu doce nome, Maria, Transforma, na hora estrema, Nossa dor em alegria.

 

1958 (Entre o céu e a Terra – Corina de Holanda – pág. 30).

Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Momento FAMAM – Faculdade Macêdo de Amorim

Curso Recursos Humanos - Melhor Preço, Estrutura e Corpo Docente. Entre em contato conosco agora mesmo e agende sua prova. (81)3523-1559 (81)9.8811-1559 (Também whatsApp) - FAMAM - Sua Nova Faculdade em Vitória de Santo Antão.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Tiro de Guerra

Desfile Cívico do dia da Independência - Tiro de Guerra da Vitória - Praça Duque de Caxias - 07-09-1986. 

Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Momento Pitú: Viva a Resenha!!

Meu povo, já ouvi dizer que filtro de barro deixa a água mais gostosa, friazinha toda. Alguém sabe se vale pra cachaça também? Essa pituzinha de João Paulo deve ter ficado no ponto, ainda mais pra tomar uma em Garanhuns. Pense numa resenha digna de @Wesley Safadão, viu. Por isso que o bicho se escondeu na foto!

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

CELESTIAL E TERRENAL – por Sosígenes Bittencourt.

Os israelitas passaram 40 anos caminhando pelo deserto. O seu alimento vinha do céu, era o maná. No entanto, quando tentaram armazenar o maná, ele apodreceu. O alimento celestial era para ser consumido num dia. Isto significa dizer que quem guarda para o futuro, vê a vida apodrecer na palma da mão.

Todavia, referimo-nos a um alimento enviado por Deus. Ele nunca faltou. Nosso pão de cada dia anda produzido e vendido pelo homem. Portanto, há de se ter cautela.

O poeta romano Horácio, agoniado com a brevidade da vida, recitava:CARPE DIEM, QUAM MINIMUM CREDULA POSTERO. (Aproveite o dia, não acreditando minimamente no futuro). Contudo, o mesmo Horácio admoestava sobre o desperdício, aconselhando a moderação: EST MODUS IN REBUS (Há um limite nas coisas).

Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

“ESPERANDO POR VOCÊ” – Duda da Passira.

DUDA DA PASSIRA no seu CD Acústico -  cantando ESPERANDO POR VOCÊ -  sua autoria com o parceiro Edmilson Silva.
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

7ª Encontro das Amig@as da Vitória: um mergulho no oceano da memória!!!

Sob a coordenação dos amigos Joel Neto e Graça Arruda aconteceu no sábado (28) mais uma edição do evento intitulado  “Encontro das Amigas da Vitória”. Na sua 7ª versão a festa contou com três atrações musicais: Rick Anjo, Banda Made In Recife e a Orquestra Venenosa. O Restaurante Gamela de Ouro, palco de tantos encontros no passado, foi o local escolhido mais uma vez.

O evento, que tem como principal objetivo reunir uma turma do passado que viveu sua juventude na Vitória de Santo Antão entre as décadas de 60 e 80, hoje, tudo sessentão congregou pessoas de todas as tendências. Na atualidade, boa parte desse grupo não mora mais em Vitória. Um bom exemplo é Áurea, filha de Luis Caça-Níquel, que foi morar na Europa no início da década de 1970, mas que, movida pelo sentimento coletivo de pertencimento, compareceu ao encontro.

Para o “senhor tempo”, evento imperioso que se coloca  de maneira uniforme para todos os seres vivo, esse tipo de acontecimento – encontro de gerações – age como  uma espécie de “máquina do tempo”, fazendo com que, pelo menos por algumas momentos, cada qual faça um mergulho no seu particular e infinito oceano que atende pelo nome de memória.

Assim sendo, por mais que a “vida real” nos impulsione para a rotina e os problemas do mundo de hoje, assim como às duvida do amanhã, vez por outra, voltar ao passado também se faz necessário. Às vezes, a medida certa da sua chave se encontra numa fechadura que já tá “enferrujadinha”. Parabéns àqueles que participaram!!!

Publicado em A Lupa | 2 comentários

5º FESTCÃO : “sua excelência o cão comandou a família”!!!

Na tarde do domingo (29) -  como faço costumeiramente -  circulei pelo Pátio da Matriz. Diferente dos outros passeios dominicais observei que,  ontem,   “sua excelência o cão” foi quem guiou a família para um programa diferente. A  5ª Edição do FESTCÃO, evento promovido pela Casa do Agricultor e empresas parceiras, na prática, além de ser uma promoção comercial inteligente,  também concretiza uma nova forma de pensar da atual sociedade - suas mudanças e transformações.

Com música, distribuição de brindes, sorteios e muitos cães fantasiados especialmente para o  “encontro canino”, por assim dizer, coloca na vitrine, como principal loja do ramo pet na nossa cidade, a empresa familiar – Casa do Agricultor – que em breve completará cinco décadas de atuação. Portanto, no meu modesto entendimento, eis aí um evento que tem tudo para crescer e avançar na nossa cidade!!!!

Publicado em A Lupa | 1 comentário