Campanha de VACINAÇÃO contra a POLIOMIELITE E SARAMPO – dia D – 18 de agosto.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Em Apoti, Bloco Tatuzão traz MC’ Cego Abusado, Banda Saíra e mais para sua 6ª edição.

Apoti, em Glória terá no mês de setembro carnaval fora de época.O tradicional bloco Tatuzão, no dia 01 de Setembro desfila pelo circuito carnavalesco do Distrito. Tatuzão é o bloco mais tradicional e irreverente do distrito, em sua 6ª edição nas avenidas, a agremiação terá embalo elétrico da Banda Saíra, MC' Cego Abusado com seu ritmo já consagrado na música pernambucana. O bloco vai às ruas por volta das 22h, com saída do trio elétrico da Praça Central de Eventos. Na concentração, um paredão abre a noite de folia.

Os abadás para a saída do Bloco, estão sendo vendidos ao preço de R$ 15,00.

Informações: Roberto Silva / RS PRODUÇÕES.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Momento Cultural: O teu sorriso – Por Alberto Brito.

O teu sorriso é tão belo Quanto é belo teu amor Nem o lírio é mais belo Nem mesmo o abrir de uma flor

Te ver sorrir é sentir A tua mesma alegria É sentir o teu amor É ter tua simpatia

Por isso então eu digo Que muito feliz eu sou Pois eu tenho teu sorriso E também o teu amor

Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Momento Vitória Park Shopping.

A Mister Victor tem polos cheias de estilo para você arrasar no presente do seu pai. Aproveita as novidades e vem conferir bem de pertinho!  
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O Tempo Voa: “Seu” Zezé Mariano e netos – 1980

Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Momento Grau Técnico Vitória.

Solidariedade, amor e respeito ao próximo, esses são alguns dos ensinamentos passados no Grau Técnico, dentro e fora de sala de aula. Por isso criamos o projeto Aluno Cidadão, que irá ajudar o Abrigo de Idosos IFEPE na melhoria das suas instalações, dando mais conforto e tranquilidade para os membros da melhor idade. As rifas ainda estão à venda e o sorteio foi adiado para o dia 10/09. Participe!

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

A paz do mundo – por Sosígenes Bittencourt.

Eu tenho mania de pensar que a paz do mundo está no coração. Não há paz no mundo porque procura-se onde não está? Nas coisas mudas, naquilo que está do lado de fora. Nas coisas sem vida, meramente coisas. Por que teima, o homem, em procurar a paz lá onde não está?

Eu penso que a paz não será fundada por algum herói, nem por um regime político, nem pela ciência, a paz só será celebrada quando for extraída do coração.

Se tudo que pensamos repercute no coração, o coração é uma espécie de espelho daquilo que pensamos. Logo, é preciso entender o que faz bem ao coração, explorar o que é saudável ao coração. Isto será bom para o mundo.

Eu tenho mania de pensar que a paz do mundo está no coração.

Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Duda da Passira.

Disponibilizamos a música “NEM SE DESPEDIU DE MIM” dos compositores Luiz Gonzaga e João Silva. A música  integra o álbum “Festa de Arraiá “, interpretada por Duda da Passira. [powerpress url=../mp3/duda2.mp3] Gostou da música? – Baixe a MP3
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

Marília Arraes: SERÁ QUE HOUVE EM PERNAMBUCO O GOLPE NO GOLPE?

Na atividade política partidária não existe espaços vazios. Quando se busca e se constrói alguma alternativa -  e a mesma se torna viável – novas acomodações devem ser realizadas. Nesse contexto, porém, refiro-me às últimas movimentações da vereadora do Recife e “ex-futura-candidata” ao governo do estado de Pernambuco,  pelo Partido dos Trabalhadores, Marília Arraes.

A “retira” da sua postulação, às vésperas da convenção,  ganhou um grande espaço na mídia, dentro e fora de Pernambuco. Para quem milita na atividade política ou até mesmo para os eleitores/admiradores esse evento foi traumático, por assim dizer. No meu modesto entendimento, mesmo sem ser eleitor do PT, acredito que o partido dos trabalhadores  em Pernambuco poderá colher, mais adiante, frutos indesejados,  em função dessa atitude. Isso, só futuro nos dirá!!

Circula nas redes sócias um vídeo no qual a referida vereadora já se coloca como candidata a deputada federal, realçando, inclusive,  que o seu partido não fará coligação, sobretudo  com o PSB – partido pelo qual ingressou na vida pública. Pois bem,  diante desse enredo político eleitoral arrisco-me a dizer que tudo isso pode ter sido uma “jogada ensaiada”, pensada e articulada por esse pessoal que não “brinca em serviço”.

Muito bem, quem acompanha os noticiários políticos sabe muito bem que o motivo que  fez a vereadora Marília Arraes deixar o seu antigo partido (PSB) foi o veto ao seu nome, por ocasião do seu desejo em disputar uma  cadeira de deputada federal, lá atrás, quando sua tia,  Ana Arraes – então deputada federal  mais votada do estado – assumiu uma vaga no Tribunal Contas da União. O seu primo e todo poderoso Eduardo Campos, logo entendeu que essa “menina” – que nasceu dentro da política, tanto quanto ele – não poderia ganhar espaço e dimensão eleitoral. Pois, isso, atrapalharia o seu projeto político/familiar – e sua leitura não estava errada!! Em 2018, Marília vai rivalizar nas urnas com o primo João Campos.

Naquela ocasião, Marília acusou o golpe e deixou o ninho político/familiar para se abrigar no PT. De lá para cá – “com a faca nos dentes” – começou botar água no chopp do sistema. Jovem, bonita e articulada, logo foi identificada pelos “ninjas” do partido dos trabalhadores como boa “mercadoria” para  trocas, ou seja: criar novas situações.

Resumo da ópera: se a Marília Arraes, após o "golpe" que sofreu,  não tivesse aceitado  disputar – nessa eleição – um mandato para a Câmara Federal eu acreditaria que ela realmente havia sido vítima das "maldades" do senador Humberto Costa, mas, ao aceitar essa postulação e ainda ajudar o seu atual partido (PT) – que dizem haver lhe apunhalado  pelas costas – ganhar musculatura com o  seu possível bom desempenho nas urnas – embalando a tese de vítima – me parece algo que cheira a armação muito bem planejada e articulada,  onde todos saíram no lucro, isto é: Lula, Paulo Câmara, Humberto Costa, os candidatos do PT a deputado estadual e federal e, principalmente a dita cuja - Marília Arres - que, com essa  "confusão" toda,  ganhou musculatura política e projeção nacional.

Marília, certamente,  conseguirá o seu desejo, tolhido lá atrás, ou seja: SERÁ DEPUTADA FEDERAL POR  PERNAMBUCO e os militantes  que acreditaram nisso possivelmente ficarão  mais  motivados a votar e  para arrumar mais um voto ....mais um voto....mais um voto.....e mais um voto!!!!

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

3ª Festa da Saudade – Super Oara – 25 de agosto – Clube ” O Leão”.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Blog do Pilako promove mais um encontro dos ex-alunos do antigo Colégio de Pacas.

Na qualidade de espaço virtual que congrega todos os vitorienses, recentemente, o nosso jornal eletrônico, mais uma vez, promoveu um encontro -  real  - entre alunos (músicos) da Escola de Pacas que, atualmente, se encontram espalhados pelos quatro cantos no nosso País continental.  Abaixo, portanto, segue algumas mensagens trocadas através do nosso sistema de comentários.

“Meu nome é Eduardo George de Oliveira fiquei Interno em Pacas de 1967 à 1969 não consegui entrar na banda de música mais estudei solfejo no Bona lições passadas pelo maestro José Nicacio de Souza, me senti injustiçado por não ter entrado na banda pois estudei a lição 89 enquanto alguns alunos com20 ou até mesmo 15 lições já pegava instrumento eu com quase 100 lições não havia o maestro afirmava que era porque ia chegar um instrumento um sax diferente que como aprendia rápido iria assumir este sax ai fiquei doente e me transferiram para Bongi e não assumi este instrumento do Contra Mestre era o mariano o primeiro piston da banda tenho uma grande recordação que foi lá em Pacas em 1969 que assistimos a transição da Apolo 11 chegar a lua… meu contato é Whatsapp 11 95174 6298 estou em São Paulo e sou formado em Turismo portanto sou Turismologo é quem souber o paradeiro do Cesário me avisa tá! Um abraço a todos O Epaminondas nos comunicamos através do face book estou co 61 naos e sou funcionário da Prefeitura de São Paulo Regional Campo Limpo”.

Eduardo George de Oliveira.

“Olá , Antônio de Pádua Eu , Marcos Sales , deixo meu contato artzzap , (11) 9.6391- 1101 (vivo) será um prazer poder falar com você , vamos relembrar os velhos amigos em pacas”.

Marcos Sales.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Momento Pitú: Viva a Resenha!!

Brilha muito a pituzinha! Ela sempre ilumina nossos dias com resenha de sobra, deixando a vida mais leve, né meu povo? Esse drink aí é de @junir_arts, que se garante demais. Valeu, meu velho!
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

EDUCAÇÃO MUSICAL – A importância dos graus contidos na escala musical. (PARTE 1)

As ciências existentes no meio social, tem consigo, seu próprio vocabulário, sua cultura original e, sua finalidade na aplicação dos mesmos. As Ciências Jurídicas; Ciências Médicas; Ciências Exatas e, as demais, já contém suas definições no momento de escrevê-las, pronunciá-las, e, explicá-las. A Ciência Educacional, onde trabalhamos a formação gramatical, linguagens, e, escrita, e, a música, onde podemos incluí-la, como Ciência Musical, também tem seu próprio vocabulário. Vamos trabalhar os graus contidos dentro de uma escala musical, onde a escala musical é formada por sete notas, podemos dizer que a escala é uma escada, que escrevemos as notas musicais - os graus - , dentro de uma pauta. A pauta, comparamos com a de um caderno escolar onde fazemos as anotações de modo geral. (As letras).

A pauta musical, é escrita sempre na horizontal, contando-se sempre de baixo para cima, de forma paralela, onde nunca se encontram, por exemplo: 1a, 2a, 3a, 4a e 5a linha, entre a 1a e 2a linha, 1 espaço, entre a 2a e 3a linha, 2 espaço, entre a 3a e 4a linha, 3 espaço, e, entre a 4a e 5a linha, o 4 espaço. Para entendermos melhor esta colocação, simplesmente, estendemos o braço esquerdo a frente com a palma da mão esquerda virada, para que possamos observar os dedos separados e, os espaços entre si. Também podemos com uma caneta, traçá-las em uma folha em branco e, formar cinco linhas, onde contamos de baixo para cima. Podemos comparar as notas (graus), iguais as letras vogais e alfabéticas.

Bosco do Carmo

http://lattes.cnpq.br/8222363703321930

E-mail: bcarmo45.bcm@gmail.com

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Campanha de VACINAÇÃO contra a POLIOMIELITE E SARAMPO – dia D – 18 de agosto.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Momento Cultural: Misturas (poema) – Por Egidio T. Correia

Misturamos e trocamos As salivas em cada beijo. Comemo-nos e saciamo-nos No vil desejo. Somos cúmplices caprichosos Morrendo e renascendo em cada beijo. Se é justo, sagrado ou profano, Impróprio, imoral ou sacrilégio. Atire a primeira pedra O puritano. Entre culpas, remorsos e desatinos, Não sou homem adulto ou menino. Julgamentos precisos ou imprecisos Que se façam. Se o sabor da vida é criminoso Sou réu confesso e condenado, Perante as correntes e amarras do destino vivo acorrentado.

Egidio T. Correia é poeta.

Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Momento Vitória Park Shopping.

Esses modelos são ideais para quem gosta de estilo, mas sem perder um toque mais jovem e despojado. A Esposende tem várias opções para você arrasar no presente para seu Pai.
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Av. Mariana Amália (1950).

Publicado em O Tempo Voa | 1 comentário

Momento Grau Técnico Vitória.

Escolher pode ser difícil, mas quando nos esforçamos para planejar nossa jornada, tudo se torna mais simples.  
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

“Comendo paima”. Coisa como “engolindo corda”- Sosígenes Bittencourt.

Agora, inventaram essa expressão “comendo paima”. Coisa como “engolindo corda”, cuja vítima é o cacimbão.

Mas, pegando carona na moda, esse é um tempo propício para otário cair em cantada de político sabido, raposa velha em influenciar candidatura. O poderoso passa a mão na cabecinha do inocente, alisa o narcisismo do embevecido, e diz: “Você, hoje, tem voto pra ser vereador na cidade”. Aí, o influenciado vai dormir sadio e acorda candidato a vereador. Filia-se a partido que nem sabe traduzir a sigla. Depois de filiado, até a maneira de andar muda de cadência. Afaga menino, diz que o vizinho está jovem, a vida vai melhorar, o mundo não vai se acabar e que bom mesmo só Jesus. Toma pinga no balcão da venda, mete o pau na inflação, ri para os inimigos de estimação, vai às igrejas, ao estádio de futebol, vela defunto e chora em sepultamento. Sempre pensando que toda pessoa que conhece é um eleitor em potencial. Confunde popularidade com eleitorado. Ora… se o cara vende mangalho e ninguém lhe deve um pimentão, quem fez favor a quem? Ninguém. Depois, tem detalhe. Aquele que tem um dinheirinho, porque trabalhou e amealhou, não tem, necessariamente, gabarito para administrar uma cidade. “Ah! fulano é um homem próspero, enricou do nada. É um homem honesto e trabalhador, daria um bom prefeito.” Conversa mole pra boi dormir. Conhecemos incontáveis casos de políticos imaturos, eleitos por eleitores piores ainda. Portanto, meu vaidoso amigo, cuidado com a vivacidade dos sedutores, dos craques em inventar candidatura, não alimente tanta ilusão. Lembra-me o Eclesiastes: Vaidade das vaidades, tudo é vaidade.

Dr. João Cleofas de Oliveira costumava dizer: O amor na política é mais forte do que no amor. Prudente abraço!

Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Luiz Carlos & Lulinha – dois cabra bom de forró.

Disponibilizamos a música “Vítima da Paixão” do compositor vitoriense Lulinha. A música  integra o álbum “Luiz Carlos & Lulinha – dois cabra bom de forró. [powerpress url=../mp3/lulinha.mp3] Gostou da música? – Baixe a MP3 Aldenisio Tavares
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

O nosso Monte das Tabocas continua adormecido!!!

O feriado municipal local, para comemorar o aniversário da Batalha das Tabocas, deveria ser um bom momento para avaliarmos nossa cidade como um todo. Difícil encontrar quem se dispunha, ou até mesmo que tenha condições de debater o tema fora dos aquários coloridos da rinha política provinciana.

O Monte é inspirador.............. A Batalha não aconteceu na nossa circunscrição territorial por sermos especiais. Não!! Somos únicos – no sentido histórico – pelo fato da batalha haver se dado (1645) no nosso povoado – Cidade de Braga.

Falta-nos um grande projeto que possa dá ao Monte das Tabocas a sua real dimensão no contexto pernambucano, brasileiro e mundial. Para tanto continua faltando vontade política. Até hoje não tivemos gestores municipais em condições de entender o valor do nosso  Monte das Tabocas......

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Campanha de VACINAÇÃO contra a POLIOMIELITE E SARAMPO – dia D – 18 de agosto.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Professora Gasparina: eternizada na cidade de Pombos!!!

Em recente encontro com colega acadêmica da AVLAC – Academia Vitoriense de Letras, Artes e Ciência -, professora Gasparina, adquiri o seu mais recente livro que tem como objetivo maior deixar registrado às gerações vindouras a história da formação do município de Pombos, sua terra natal. Com uma leitura superficial já posso dizer que o conteúdo é extraordinário!!

Diante dos mais de trinta anos de pesquisa, em função do  volume de informações, buscadas e colhidas em várias fontes históricas, torna o livro da professora Gasparina uma leitura obrigatória para todos aqueles tem interesse em entender a formação do nosso povo e da nossa gente. Parabéns aos moradores da vizinha cidade de Pombos!!!

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

3ª Festa da Saudade – Super Oara – 25 de agosto – Clube ” O Leão”.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Momento Cultural: PUNHADO DE TERRA (poesia) – Por Inam Albuquerque

Pequena vila, grande cidade histórica felizarda em nascer em solo tão gentil pequeno grão de areia em mapa à retórica madeira de foto, matas, rios – Brasil.

Com tabocas simples em montes lutamos três raças unidas nos auxiliando, morrendo liberdade se formando, nos irmanando o porvir se fez com lutas, brilhando.

Cidadãos de elite: Aragão, Peixe, Holanda, Xavier – Taboquinhas, Cana Verde, Boi Carrasco, Camelo e Leão troças, maracatus tradicionais, e “ferve” quem não te ama de todo coração?

Tapacurá – recreio de muita gente, infantil tabocas onde o sangue banhou do Norte o Leão engenhos, cultura, Diogo Braga, céu de anil meu punhado de terra, Vitória de Santo Antão.

Inam Albuquerque

Poesia publicada no livro Antologia da Poesia Vitoriense – 1843 – 1992, editado por Júlio Siqueira

Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Momento Vitória Park Shopping

#PlayKids tem os melhores brinquedos para deixar a criançada bem feliz. A loja fica ao lado da Joelma Sports do Vitória Park Shopping. Venham dar uma olhadinha nas novidades!  
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Rua do Jéquia (1936).

Foto da Rua do Jéquia, hoje Rua Dr. José Rufino Bezerra, ao lado do Fórum. Foto registrada em 1936.
Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Momento Grau Técnico Vitória.

Para mudar de vida e garantir um futuro melhor, você precisa contar com uma instituição de ensino qualificada e reconhecida. Conte com o Grau Técnico!
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Dimensões do Saber – Sosígenes Bittencourt.

O saber é um contato com a ignorância. O saber é como uma bola de festa, quanto mais enche, mais amplia a superfície de contato com o que ignora. Por isso, quem sabe mais, tem mais noção do que ignora, é humilde. Quem sabe menos, tem menos noção do que ignora, é arrogante.

Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Ricardo Rico canta “Paciência” – composta por Lima.

Hoje disponibilizamos a música “PACIÊNCIA“, composta pelo vitoriense Lima da prefeitura, na voz de Ricardo Rico (foto). [powerpress url=../mp3/ricardo_rico.mp3] Gostou da música? – Baixe a MP3 Aldenisio Tavares
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário