Após eleição, “Máquina Administrativa Municipal” começa ser desmontada.

Foto de cima

Ao caminhar pelo Centro Comercial da nossa cidade, dias atrás, encontrei um amigo, leitor assíduo do nosso blog, que me fez um alerta: “Pilako, parece que aquele tal desmonte administrativo que ocorreu após a reeleição do prefeito (2012) está novamente acontecendo agora, depois da eleição do filho dele para deputado”

Como já tenho uma farta informação sobre este tema, uma vez que alguns dos demitidos já confidenciaram-me que serão postos prá fora  agora,  e readmitidos apenas em janeiro de 2015 – eles, inclusive, não estão acreditando nesta conversinha – estou apenas esperando o desenrolar dos fatos para fazer algumas matéria com este tema, uma vez que o pessoal, desta vez, está disposto a mim dar mais informações.

Pois bem, voltando para a conversa com o amigo, que encontrei no Centro Comercial, ele foi mais além e  disse ainda: “outro dia liguei para LOCAR, na tentativa do recolhimento de entulho perto da minha casa, após insistir pela previsão do recolhimento, uma vez que as atendentes foram evasivas nas respostas – após vários contatos telefônicos (3523-3501) – escutei que o quadro estava reduzido e que eu tinha de aguardar mesmo”. A   indignação do amigo  era tamanha, que chegou a me repassar os nomes das pessoas – LOCAR – com quem chegou a falar – Gerente – Paulo, Supervisor- Galdston, Secretárias – Geiza e Lucivania.

Pois bem, tudo o que ele mim disse – não revelarei seu nome por ter pedido – está “batendo certinho”.  Por  ocasião do “desmonte administrativo” de 2012, fiz vária matérias elencando ruas e bairros repletos de lixo e entulho à espera de recolhimento. (lembre aqui).

Sem querer entrar fortemente neste tema, neste momento, na tarde de ontem (25) registrei, em um raio de trinta metros um do outro, no bairro do Cajá, próximo a FAINTVISA, quatro entulhos esperando por recolhimento. Os matos, inclusive, de tanto esperar, já mudou de cor e já está bem sequinho, já já o vento começa a espalhar.

Foto 1 foto 2 foto 3

Portanto, fica aqui mais um registro da maneira pela qual o prefeito Elias Lira governa a cidade. Em ano de eleição, a folha de pagamento é inflada e os serviços melhoram. Quando passa eleição a letargia administrativa volta a reinar.

elias rindo

Publicado em A Lupa, Editorial | 1 comentário

Nelson Propaganda

nelson propaganda, 1962

Por ocasião das festividades comemorativas à passagem de mais um aniversário, o Instituto Histórico e Geográfico homenageou três ilustres vitorienses que contribuíram, cada um à sua maneira, com o progresso de nossa cidade: Rochinha, José Varela e Nélson Souza. Para os que não se recordam, segue foto do Nélson Souza, ao lado do seu carro de propaganda (ele se encontra de braços cruzados).

Oportunamente publicaremos fotos dos outros dois.

Professor Pedro Ferrer

Publicado em Editorial, Vitória Ontem e Hoje | Deixar um comentário

Saída da cidade ainda continua esburacada.

Foto de cima

Por ocasião do meu deslocamento, na manhã de ontem (25), à cidade do Recife registrei, mais uma vez, que a saída da cidade, neste sentido, ainda encontra-se toda ESBURACADA. Confesso não saber, ao certo, de quem é a responsabilidade de reparar este descaso, só sei de uma coisa: QUEM CONTINUA SE LASCANDO, SÃO OS MOTORISTAS. Portanto, se a responsabilidade não diretamente da prefeitura da cidade, seria de necessidade imperiosa, que algum secretário do município “levantasse a bunda da cadeira” e fosse cobrar a solução deste problema, ou será que estão esperando a Presidente Dilma vir resolever?

foto 1 foto 2

Publicado em A Lupa, Editorial | Deixar um comentário

Paulo Souza flagra cavalo nas ruas

“Hoje este cavalo pastava lixo na rua Principal do Mário Bezerra. Vamos zerar o marcador?” – diz internauta Paulo souza.

cavalo

Portanto, abriremos, mais uma vez, a “Jaula do Elias”, e vamos zerar o contador.

Publicado em A Lupa, Editorial | Deixar um comentário

Mais uma aula-espetáculo do pensador vitoriense, Sosígenes Bittencourt.

sosi

Na noite de ontem (25) encontrei o pensador, poeta e professor vitoriense, Sosígenes Bittencourt, na Petiscaria KIKO, na Matriz, e gravei mais uma AULA-ESPETÁCULO, desta feita, sobre o tema: Violência. Veja o vídeo:

Publicado em Editorial, Fala, Vitória! | 1 comentário

Solenidade de encerramento da turma 2014 do nosso Tiro de Guerra.

Foto Tiro de Guerra

Conforme prometemos, estamos  postando  alguns vídeos realçando a Solenidade  de formatura da turma  2014 do nosso Tiro de  Guerra, ocorrido na quinta, de 2o de novembro, na Praça da Restauração, no bairro do Livramento. Veja agora o momento do Juramento à Bandeira do Brasil – um dos Símbolos Nacionais – Veja o Vídeo:

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

Internauta Sheila Pergentino Interage pelo facebook

perge

Publicado em A Lupa, Editorial | Deixar um comentário

Momento Cultural: A Alvorada – POR GUSTAVO FERRER CARNEIRO

Gustavo Ferrer Carneiro

O sol se descortinava na praia
Brilhando em meus olhos
Caminho só
Ar imóvel, quente
Vento assobiando ardente
Com o som da minha respiração
Um monte de pensamentos
Um toque agudo sibilante
Suspirando com prazer
O nascer de um novo dia
Uma alvorada arredia
De momentos de introspecção

Um aroma gostoso de terra molhada
Ou maresia,
Um delicada lua ornamentando o amanhecer
Em uma fantasmagórica poesia,
Plenitude
O vento zunindo
Um sentimento de dignidade
Uma visão do encanto
Insondável graça no rosto
No perplexo momento
Da percepção da vida.

O que ele diz
estará dentro do seu peito
Todo tempo
Para sempre…

Seja longe, seja perto
Não sabemos o exato, o correto
Para tudo tem um tempo

Mas quando será esse tempo certo?

(MOSAICO DE REFLEXÕES – GUSTAVO FERRER CARNEIRO – pág. 14).

Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

O TEMPO VOA: VISTA DO ALTO DA CIDADE

O TEMPO VOA - VISTA DO ALTO DA CIDADE - ANO NÃO REGISTRADO (1)

VISTA DO ALTO DA CIDADE – ANO NÃO REGISTRADO (1)

Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

ATRASO NA ENTREGA DE IMÓVEL

atraso-na-entrega-do-imovel-10561

É comum o atraso constante por parte das construtoras para entregar os imóveis no prazo estipulado, daí surgem dúvidas dos consumidores, sendo algumas bem frequentes. Esclareceremos algumas:

O atraso na entrega do imóvel ocorre a partir do não cumprimento da entrega do imóvel na data prevista no contrato, sem prorrogação, esta demora na entrega deste bem pode gerar indenização por danos materiais e moral.

Alguns contratos possuem cláusula de carência (tolerância de 180 dias para entrega do bem) ou prazo de prorrogação na entrega da obra. É necessário muito cuidado e atenção por parte do consumidor, pois se trata de cláusula abusiva, pois fere alguns princípios contratuais, dentre eles, os princípios do equilíbrio contratual e boa-fé objetiva.

Por se tratar de uma relação de consumo, a responsabilidade da construtora é objetiva, devendo suportar os riscos do negócio, o contrato deve ser um instrumento de trocas úteis e justas, ao consumidor cabe manter-se adimplente.

Depende de cada caso, haverá uma solução jurídica própria. Mas de modo geral, o consumidor poderá pedir, a seu critério, que seja o contrato desfeito, com recebimento de tudo que foi pago, corrigido monetariamente e acrescido de juros, a suspensão de eventuais pagamentos em aberto, cobrança de multa contratual, restituição em dobro da taxa paga indevidamente a título de corretagem, indenização por danos morais, indenização por danos matérias, perda do lucro esperado – aluguéis que deixou de receber e/ou aluguéis que vem pagando ante a demora na entrega, devidamente atualizados.

Dúvida frequente é saber se ainda cabe a indenização, em caso de atraso na entrega da obra, mesmo após a entrega das chaves. Destaque-se que, mesmo após o recebimento das chaves em uma obra que atrasou, o consumidor continua tendo direito a mover ação indenizatória contra a construtora.

deco


André Luís da Cruz Gouveia
Advogado – OAB/PE 31060

Publicado em Direitos do Cidadão | Deixar um comentário

Projeto de Lei sobre publicidade em mídias alternativas tramita na Alepe

Blogueiros na CCJ da Alepe  Fotos AblogPE (3)

Deputado Ricardo Costa é o autor do PL por iniciativa da AblogPE. Na próxima terça-feira (2), a Comissão de Justiça recebe representantes da imprensa e das mídias alternativas
Por Max Felipe

Blogueiros na CCJ da Alepe  Fotos AblogPE (1)O Projeto de Lei Nº 2164/2014, de autoria do deputado Ricardo Costa (PMDB), publicado no Diário Oficial do Estado de Pernambuco, na edição da sexta-feira (21), foi apresentado na manhã desta terça-feira (25), na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), presidida pela deputada Raquel Lyra (PSB). O deputado Silvio Costa Filho (PTB) foi designado como relator do projeto, que junto com a comissão receberá na próxima terça-feira (2), às 10h, representantes da Associação dos Blogueiros do Estado de Pernambuco – AblogPE, que é a primeira entidade civil no País, voltada a organização dos Produtores de Conteúdo para Mídias Digitais.

Tramitando na Alepe, o projeto institui a Política Estadual de Incentivo às Mídias Locais, Regionais e Produtoras de Conteúdo de Mídias Digitais no Estado, destinando percentual não inferior a 5% da receita anual de publicidade dos três Poderes de Pernambuco, prevista no Orçamento para a divulgação de obras, anúncios, editais, programas, serviços e campanhas em geral.

Os veículos beneficiados são jornais e revistas com tiragem de mil a dez mil exemplares; rádios comunitárias, sites, blogs, Tv Web e Radio Web. “A AblogPE está ajudando muito na formatação desse projeto de lei que, acreditamos, vai incentivar não só a mídia alternativa local, mas todo o Estado”, destacou Ricardo Costa.

Uma comissão da Associação dos Blogueiros, junto com o presidente Lissandro Nascimento, esteve presente durante esta sessão da CCJ na Alepe. “Esse é o reconhecimento do papel social que as mídias alternativas cumprem hoje, e o projeto de Lei assegura um pequeno percentual das verbas públicas destinadas à publicidade a este setor que dissemina a informação e estimula a cidadania, sobretudo nas pequenas cidades”, frisou Lissandro.

Para acompanhar o Parecer do Dep. Silvio Costa Filho na próxima terça (02), setores ligados à Comunicação estão sendo convidados. Ainda na manhã da quinta (11/12), a blogosfera pernambucana fará uma Plenária Estadual a fim de discutir emendas à proposta.
Acompanhe o depoimento do Deputado Ricardo Costa aos blogueiros

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

POESIA E POEMA

A poesia está no mundo, esperando ser escrita. Quando a beleza que há no mundo apresenta-se ao poeta, o resultado é a revelação da poesia através do poema. O dom é a visão, sentido no coração, e a técnica é a arte.

Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Vanildo de Pombos

A inesquecível interpretação e a saudade da voz marcante de VANILDO DE POMBOS, cantando a música Vaquejada da Vitória, composta por Samuka VoiceBenedito de Cachoeirinha e Aldenisio Tavares.

Vaquejada da Vitória - Vanildo de Pombos Aldenisio Tavares

Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

Grupo Vidart, promove mais uma edição da MOSTEV.

mostev

Conforme anunciado aqui no blog, a MOSTEV – Festival de Artes da Vitória – está acontecendo este ano no Clube dos Motoristas (O Cisne). O evento, que é uma realização do Grupo Vidart, vem sendo realizado desde o dia 20 de novembro e se encerrará no dia 30, com Solenidade de Premiação.

IMG_1060

Os homenageados deste ano são:

Severino Firmino – Ator do Grupo Vidart desde 1992. Diretor de Teatro, Arte-Educador, Presidente do Grupo Belarte, Produtor da Paixão de Cristo da Bela Vista e Produtor de Pernambuco.

Breno Ramos – Radialista, Locutor, Apresentador, Animador e Publicitário Pernambucano nascido no Recife em 23 de dezembro 1951 com mais de 40 anos de profissão.

Na programação consta: Teatro Infantil, Teatro Adulto, Dança, Palestra e Sessões de Curta-Metragem. A produção do evento ficou por conta do Multiarista, Leonardo Edardna.

Muito bem, no sábado, 22 de novembro, estive no Clube dos Motoristas para prestigiar o evento. Por lá encontrei várias pessoas que de certa forma, são  ligadas às artes. Na ocasião tive a oportunidade de gravar um vídeo com os diretores-fundadores do Grupo Vidart que, este ano está completando 22 anos de fundação.

Na nossa conversa falamos um pouco da História do grupo, das edições da MOSTEV, da dificuldade na promoção de eventos desta natureza em nossa cidade assim como da satisfação do grupo em promover, apesar das dificuldades, arte e cultura na Terra de Osman Lins.

O artista Antônio Arnaldo, que durante a semana fez um desabafo através das redes sociais, reclamando da insensibilidade do poder público municipal na questão das promoções artística realizada pelos artistas da Terra, fez questão de reafirmar sua indignação com  esta verdadeira letargia governamental.

O talentoso Ricardo Lima, artista renomado dentro e fora da cidade, no vídeo, falou da função pedagógica do grupo que há mais de duas décadas vem transformando vidas, assim como das dificuldades na captação de recursos para eventos desta natureza, sobretudo dos órgãos governamentais. Veja o vídeo e tire você mesmo suas conclusões.

O prefeito Elias Lira, juntamente com o seu Secretário de Cultura, Paulo Roberto, parecem não demonstrar muita preocupação com a “grita” dos  segmentos que produzem  atividades culturais  na cidade. Outro dia, por ocasião da passagem do 9º aniversário da AVLAC – Academia Vitoriense de Letras, Artes e Ciência, escutei dos oradores do evento,  o mesmo sentimento  abandono por parte do Poder Público Municipal.

Com relação ao nosso Instituto Histórico da Vitória, devemos “levantar as mãos pró céu” porque temos um presidente comprometido com a causa e que não espera prefeito nem secretário para fazer as coisa, toma a frente e faz, até porque tem lastro financeiro para enfrentar as empreitadas.  Já com relação ao carnaval, outrora revestido de arte e brilho com seus carros alegóricos, de algumas décadas prá cá,  está vivenciando  tempos bicudos.

O curioso disso tudo, é que segundo informação de pessoas da própria prefeitura, as despesas do município  com a chamada: DIFUSÃO CULTURAL, só vem aumentando. O prefeito e o secretário, na minha opinião, sobre este assunto, estão devendo uma explicação à população e,  sobretudo, para a comunidade que promove cultura e arte  na cidade.

Para encerrar, gostaria, mais uma vez, de parabenizar os integrantes do Grupo Vidart que, apesar das dificuldades enfrentadas não desiste e continuam seguindo em frente.

Segue Programação:

mostev

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

Uma lição de vida.

IMG_1048

No último sábado, dia 22 de novembro, ao trafegar pela Avenida Mariana Amália, me deparei com uma cena curiosa. Avistei de longe um cidadão. Não sei seu nome, onde mora, sua idade ou até mesmo se é daqui. Só sei, que apesar de não ter uma das pernas é um excelente equilibrista. Para mim, entre outras coisas, fica uma lição de fortaleza e capacidade de readaptação que todos nós temos dentro de si. Belo exemplo. Veja o vídeo:

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

Solenidade de encerramento da Turma 2014 do nosso Tiro de Guerra.

Conforme prometemos, no transcorrer desta semana iremos postar alguns vídeos realçando a festa de formatura da turma  2014 do nosso Tiro de  Guerra, ocorrido na quinta, de 21 de novembro, na Praça da Restauração, no bairro do Livramento. Veja agora o momento em que a Bandeira do Brasil – um dos Símbolos Nacionais – foi conduzida por um dos Atiradores. Veja o Vídeo:

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

Professora Severina Moura é condecorada com a Medalha Dr Aluísio Xavier.

severina moura

A professora Severina Moura foi uma das condecoradas.

No almoço do Círculo dos Amigos da Vitória, ocorrido no Clube Português no último sábado (22), a professora Severina Andrade de Moura e a doutora Diva Holanda, foram condecoradas com a medalha Dr. Aloísio Xavier.

Na ocasião, a professora Severina Moura, foi saudada com uma oração e uma poesia produzida pela eminente professora Graça Resende que disponibilizamos a seguir:

Severina, filha de Seu José de Elias, de Dona Doralice e de Vitória de Santo Antão e amor de Seu Severino.

Severina, professora, pedagoga, formada em Letras e Pós Graduada em Português e na vida.

Severina, mãe de 6 filhos, vó de 5 netos, poeta, fundadora da FACOL (Faculdade Escritor Osman da Costa Lins em Vitória de Santo Antão) e da FAVIP (Faculdade do Vale do Ipojuca em Caruaru) e foi escolhida pelo escritor Melchisedec para ser presidente da Academia Vitoriense de Letras, Artes e Ciências sendo aclamada na Assembleia de Fundação onde passou a ocupar a cadeira nº 8.

Severina, além de tudo isso, é gente, é única, é carisma puro, é luz, é um encanto de ser humano, é uma potência na oratória e é, sem dúvida, a cara de VITÓRIA DE SANTO ANTÃO!

Dentre tantas poesias de sua autoria, O ESPELHO me chama atenção e em resposta lhe digo minha querida Severina:

Não precisas te olhar no espelho

Tentando encontrar aquela menina

Basta veres o que te reflete:

Essa luz que és tu SEVERINA

O tempo passou, com certeza

Mas em teus olhos, lindos,

em nenhum momento vê-se tristeza

E se hoje não, te acham tão bela

Como eras no passado

É porque não conseguem, perceber o que vejo com firmeza

que, hoje, além  de estares mais bela

És a mais pura imagem da beleza

Parabéns minha querida!

Você merece essa homenagem e saiba que sou sua fã!!!

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

Pôquer na Gamela.

poker

Com o objetivo de agrupar jogadores de pôquer da região, foi realizado o primeiro torneio de Texas hold’em ontem na Gamela de Ouro. O evento contou com a participação de 26 jogadores de Vitória e cidades da região e teve duração de cerca de 6 horas com momentos de eliminação, descontração e de conquistas.

Texas hold’em (também hold’em ou holdem) é o estilo de jogo mais popular do community card poker. É também a variante de pôquer mais popular na maioria dos cassinos. Seu formato sem limite de apostas é utilizado em vários grandes eventos da World Series of Poker. É geralmente jogado por entre duas a dez pessoas. É uma das variantes do pôquer que mais preza a posição do jogador à mesa.

Além de agrupar os jogadores outro objetivo do torneio é o de desmistificar a imagem de um jogo exclusivo de apostas e sim de um jogo social que aproxima as pessoas e aumenta a rede de relacionamento das pessoas.

O torneio contou com a participação de pessoas de todas as idades e teve como vencedor Pedro Silva, de Vitória.

Aluízio do Wizard.

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

Momento Cultural: Rima – por José Bezerra de Oliveira

José Bezerra de Oliveira

Amor pode

Rimar com dor.

Mas não sofre

Quem nunca Amou?

José Bezerra de Oliveira

Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

O TEMPO VOA: Av. Silva Jardim

O TEMPO VOA - Av. Silva Jardim - do livro José Augusto Ferrer Sim, sim.

Av. Silva Jardim – do livro José Augusto Ferrer Sim, sim.

Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Deputado Ricardo Costa Apresenta Na Alepe Projeto De Lei Das Mídias Alternativas

ImageProxy

A cada dia a Associação dos Blogueiros de Pernambuco – ABLOGPE, se solidifica e ganha notoriedade. Como pode ver acima, foi divulgado no Diário Oficial do Estado de Pernambuco, o Projeto de Lei 2164/2014 de autoria do deputado estadual Ricardo Costa (PMDB), construído pelos associados à ABLOGPE. Nos moldes da lei já existente no Rio Grande do Sul, a proposta apresentada pelo referido deputado está mais aprimorada. Com isso, o Projeto de Lei segue para a Comissão de Justiça da Assembleia Legislativa de Pernambuco – Alepe.

De acordo com o projeto, será instituído a Política Estadual de Incentivo às Mídias Locais, Regionais e Produtores de Conteúdo de Mídias Digitais, pelo qual Blogs, Sites, Rádios Web, TVs Web, Portais, Periódicos, Jornais e Revistas Impressas com tiragem entre mil e dez mil tiragens, serão também contempladas com verbas publicitárias dos três poderes, dentro do que determina os critérios exigidos pela futura lei.

LEIA-SE O ARTIGO 1º DO PROJETO DE LEI 2164/2014, publicado no Diário Oficial com data de 21 de novembro do corrente ano:

DIZ O ARTIGO: Fica instituída a Política Estadual de Incentivo às Mídias Locais, Regionais e Produtores de Conteúdo de Mídias Digitais no Estado de Pernambuco, pela qual, observados os preceitos legais sobre a matéria, os Poderes do Estado poderão destinar percentual não inferior a 5% (cinco por cento) da sua receita anual de publicidade, prevista no Orçamento para a divulgação de obras, anúncios, editais, programas, serviços e campanhas em geral, para os veículos mencionados nessa lei.

A iniciativa do deputado Ricardo Costa enobrece ainda mais sua atuação como parlamentar ligado as causas do setor da Comunicação em Pernambuco, na medida em que ele busca oportunizar as mídias alternativas o seu fortalecimento e a geração de emprego e renda, estimulando a economia criativa.

Esse é um momento de começar a comemorar, porém se faz necessário ainda muita luta pela frente para que o projeto se torne lei. Até lá, não tenhamos dúvidas, que haverá muito embate, porém, o primeiro passo já foi dado.

Será muito importante o engajamento de todos aqueles que trabalham e se dedicam as mídias alternativas que já são uma realidade no País.

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

MOMENTO CNA VITÓRIA

10407229_667462660038744_5487615205964329714_n

Quando for a Londres, não deixe de usar o metrô. Esse é o transporte mais rápido para viajar e leva você para muitos lugares legais. Então adquira um mapa para acompanhar toda a trajetória e ficar como lembrança de uma viajem fantástica!

SERVIÇO
CNA Vitória
Escola de idiomas
Rua Silva Jardim, 257, 55612-400 Vitória de Santo Antão – PE
081 3526-4400

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

FRAGMENTOS (TÚNEL DO TEMPO)

tunel-do-tempo

(Há 26 anos)
*Deus deu ao homem a água, e o homem deu ao homem a conta d’água.
*No Dia de Finados, choramos por nossos mortos e por nós mesmos um dia.
*Na orla marítima, em tempo de fio-dental, o binóculo procurava um biquíni.
*O que mais aconselharia à polícia era não botar a mão no preso com o ódio do contracheque.
*Agiota até no amor, só dá um beijo por dois.
*Só nas Provas de Recuperação é que se conhece o pai do aluno irrecuperável.
(Novembro – 1987)

(Há 25 anos)
*120 dias de licença-maternidade são mais do que o suficiente para a mulher retornar grávida ao trabalho.
*O preço do tira-gosto tira o gosto de beber.
*No dia das eleições, é proibido vender bebida alcoólica e fugir da cachaça de votar.
*Urge que se crie o Pronto Socorro do tempo, para socorrer as vítimas do Horário de Verão.
*Mais um avião cai na Cordilheira dos Andes. Impõe-se um conselho: não andes pela Cordilheira.
(Novembro – 1988)

Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

“Forró da Juliana” de Recreio do Rojão.

FORRÓ DA JULIANA, composição e interpretação do nosso incansável RECREIO DO ROJÃO.

Recreio do Rojão - Forró da Juliana

Aldenisio Tavares

Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

Alunos do CAV/Vitória realizaram manifestação cobrando segurança no entorno do prédio da Universidade.

10309133_724370854317802_2281495056447265203_n

Após ter tomado ciência através de uma mensagem via Facebook, no final da manhã da sexta (21), recebi um telefonema de um estudante da Universidade Federal, daqui da Vitória, reforçando o convite para participar da manifestação promovida pelos alunos, ocorrida no início da tarde do mesmo dia, onde os mesmos protestaram contra a insegurança no entorno do prédio da Universidade. Antecipadamente, agradeço a atenção pelo convite e ao mesmo tempo peço desculpas por não ter participado, pois já havia assumido outros compromissos no mesmo horário.

Pois bem, as informações que nos chega é que existe uma quadrilha atuando na área que vem aterrorizando os funcionários, professores e alunos do Centro Acadêmico. Só em um dia, segundo informações disponíveis nas redes sociais, foram mais de uma dúzia de assaltos.

Os alunos saíram em passeata pelas principais ruas da cidade fazendo muito barulho para chamar a atenção da sociedade para o problema da insegurança. Por algum tempo, segundo informações – cerca de 30 minutos – fecharam o tráfego de veículos na movimentada Avenida Henrique de Holanda, na altura da subida do Reservatório.

224920_724371237651097_3168061078064248067_n

Todos nós sabemos o peso que tem uma manifestação de rua, sobretudo quando os participantes não estão sendo financiados por partidos políticos ou por quem quer que seja.  As autoridades, normalmente, são mais ágeis quando este tipo de cobrança acontece. De parabéns estão os alunos do CAV por se organizarem para cobrar atitude das autoridades locais.

Gostaria de fazer um comentário, realçando duas matérias que fiz lá no mês de abril de 2012, que  tem, de certa forma, uma ligação com o movimento reivindicatório, ocorrido na tarde da sexta.

Primeiro: no dia 19 de abril de 2012, fiz uma matéria, cujo título foi: Santo Antão está fazendo a parte dele, que falava, entre outras coisas, da falta de infraestrutura enfrentada pelos alunos para chegar ao Centro Acadêmico. (veja a matéria aqui).

Segundo: já no dia 23 de abril, do mesmo ano, confeccionei uma matéria que teve como título a seguinte frase: Depois deste movimento, Vitória nunca mais será a mesma. Nesta ocasião, fiz referência para o engajamento político de alguns  jovens esclarecidos da cidade que, naquele momento, pelo menos para mim, haviam assumido um papel de protagonismo na cidade. (veja está matéria aqui).

Portanto, quero me solidarizar, neste momento, com os funcionários, professores e alunos do CAV/Vitória e dizer que estamos a disposição, na qualidade de órgão de difusão de noticias, para ajudar no que for necessário nesta questão.

Fotos: Reprodução/Facebook pessoal de Arthur de Andrade.

Publicado em A Lupa, Editorial | Deixar um comentário