Pitú lança latinhas de Réveillon com resenhas para 2019 – Cachaçaria distribuiu seis milhões das embalagens personalizadas por todo o Brasil

Como forma de agradecer a parceria da “nação pituzeira” e fazer um brinde ao novo ano que está por vir, a cachaçaria Pitú lançou seis milhões de latinhas personalizadas com layouts comemorativos ao Réveillon. As embalagens diferenciadas para as latas de 350 ml da tradicional cachaça branquinha, que já estão em circulação nos pontos de vendas de todas as regiões do País, são assinadas pela agência Ampla Comunicação.

Para a criação da campanha, a agência se inspirou no “clima de renovação” que toma conta da maioria das pessoas nesta época do ano, quando começam a surgir as famosas promessas de mudanças que nem sempre se realizam conforme o esperado. Com base nessa tradição e, claro, levando tudo com muito humor, a Pitú criou uma série de 16 ilustrações distintas para estampar as latinhas comemorativas de Réveillon. Cada uma dessas artes aparece com a frase de uma promessa, ou melhor, de uma “resenha” para ser concretizada em 2019.

A linguagem bem-humorada e divertida é o grande diferencial das campanhas da cachaçaria pernambucana, que cativam, fidelizam e criam um relacionamento mais estreito entre o consumidor e a marca Pitú. Seja para tomar aquela cachacinha da virada do ano, ou apenas para colecionar mais uma versão da latinha comemorativa da Pitú, o público vai poder escolher a promessa e brincar com diferentes temas. Uma tradição já consolidada pela empresa e, agora, com uma boa dose de resenha.

Confira as promessas que estampam as 16 versões das latinhas do Réveillon:

  1. “Em 2019, prometo ‘sextar’ só nas sextas-feiras”.
  2. “Em 2019, prometo me dedicar a um esporte. Não perco um jogo do meu time”.
  3. “Em 2019, prometo encontrar um amor. Daqueles que não somem na sexta”.
  4. “Em 2019, prometo economizar. Menos com os 10% do garçom”.
  5. “Em 2019, prometo ver mais os amigos. É só dizer o bar”.
  6. “Em 2019, prometo ver o copo sempre meio cheio”.
  7. “Em 2019, prometo ler mais. Cardápio de bar conta?”
  8. “Em 2019, prometo não mandar áudio com mais de 1 minuto”.
  9. “Em 2019, prometo parar de dar spoiler”.
  10. “Em 2019, prometo aposentar a ‘piada’ do pavê.
  11. “Em 2019, prometo não vestir xadrez com listras”
  12. “Em 2019, prometo sorrir mais. Até mesmo nas segundas”.
  13. “Em 2019, prometo falar só o necessário: garçom, traz outra”.
  14. “Em 2019, prometo lembrar daquelas datas que eu esqueço”.
  15. “Em 2019, prometo não visualizar sem responder”.
  16. “Em 2019, prometo ‘gritar’ mais baixo”.
Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

O mais novo livro do professor, pensador e conferencista Marcos Paulo.

Em função das muitas atividades atinentes à conclusão do meu curso – História – ainda não tive o devido tempos para, entre outras coisas,  mergulhar na mais recente obra do professor, pensador  e conferencista antonense, Marcos Paulo. Antecipadamente, agradeço sua atenção por me presentear com um exemplar. NIETZSCHE, BOSTINHA INTELECTUAL E MENTOR DO SATÂNICO EMPREENDIMENTO PÓS- HUMANISTA. UM TEXTÍCULO – esse é o título.

Em minha rápida leitura, pude inferir que o autor, com um profundo conhecimento da causa abordada, explica: “cabe esclarecer que não se buscou julgar aqui pessoas, mas, digamos assim, ideias”.

Para quem tem um mínimo de capacidade e percepção, em um breve contato pessoal com o autor,  logo entenderá que o mesmo é um sujeito fora de série, ou seja: é governante autônomo das suas ideias, dos seus pensamentos e, consequentemente, dos seus conceitos.

Assim sendo, mais uma vez, agradeço sua generosidade na direção da minha pessoa. Aliás, desde os nossos primeiros contatos o mesmo nunca mudou de tom nem desafinou em uma nota......Parabéns professor!!!

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Direitos Humanos: VISITA AO TRIBUNAL DE JUSTIÇA.

Dia 12 de dezembro, o Dr. Valdemir Saturnino Titular da Delegacia Especial de Direitos Humanos com sede em Recife, acompanhado do Dr. Aloísio Jorge do Departamento Jurídico, representando a Dra. Joseneide Adriana, presidente executiva do Escritório Vitoriense da Cidadania e Direitos Humanos e o Ouvidor Wilson Brito, foram recebidos pelo desembargador Adalberto de Oliveira Melo, presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco.

Após análise dos protocolos em pauta, o Exmo. Presidente do TJ recebeu relatório das atividades da Delegacia dos Direitos Humanos e do Escritório Vitoriense da Cidadania e Direitos Humanos.

No relatório ilustrado com publicações da internet, consta a redução da violação de direitos dos idosos e pessoas com necessidades especiais no município da Vitória de Santo Antão, após a implantação da ouvidoria, situada na antiga estação ferroviária como também após as fiscalizações nos ônibus urbanos, cobrando a padronização e acessibilidade. O documento faz referência também a realização de fiscalização nas agências bancárias e casas lotéricas sobre atendimento prioritário, além de palestras sobre cidadania nas igrejas e associações de bairros.

No relatório consta ainda a parceria das entidades com a Secretaria Municipal de Defesa Social e Cidadã, Agência de Trânsito (AGTRAN), PROCON Estadual, Ministério Público Estadual, representado pela promotora Dra. Lucile Alcântara e Dr. João Alves e Poder Judiciário, Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos.

Reconhecimento

Após a audiência, o Dr. Valdemir Saturnino, Delegado especial dos DH, entregou o diploma de conclusão de curso de delegado de Direitos Humanos e termo de posse ao Ouvidor Wilson Brito e o parabenizou pelo esforço e dedicação na promoção da cidadania em Vitória e Região. O ouvidor recebeu também parabéns dos Diretores do escritório dos DH e representantes das Igrejas Evangélicas.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Momento Pitú: Viva a Resenha!!

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Máquina Teatral: Alice – Teatro Silogeu – 15 e 16 – 18h.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Momento Cultural: Caridade – por Célio Meira.

Repara tuas mãos, Querida,

são belas, cheias de luz,

quando fazes caridade,

na seara de Jesus.

(migalhas de poesia – Célio Meira – pág. 43).

Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Momento Vitória Park Shopping

Perdeu a pré-estreia? Então corra para conferir o lançamento do filme Aquaman!
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Banda de Música.

Desfile de uma banda de música pelo Pátio da Matriz - ao fundo Igreja Nossa Senhora do Rosário - ano não registrado. 
Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Momento Grau Técnico Vitória.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Pensar e Sentir – por Sosígenes Bittencourt.

Sentimento é pau-mandado, depende do pensamento. O coração é o termômetro da emoção, a mente é que ama.

Pensar é tão rápido que você pensa que SENTIU e NÃO PENSOU. É preciso pensar no que se sente, mas, sobretudo, pensar no que se pensa. Pensar naquilo que se pensa é filosófico, é indagação de relação de causa e efeito.

Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Toni Amorim: 50 anos de composições.

Homenageamos o compositor vitoriense Toni Amorim, disponibilizando a música “CIÚME, TEMPERO DO AMOR”,  de sua autoria, interpretada pelo também vitoriense Ricardo Rico. A música é integrante do álbum Toni Amorim: 50 anos de composições. Ricardo Rico - Ciúme, Tempero do Amor de Toni Amorim Aldenisio Tavares
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

Lions Clube promoveu solenidade festiva.

Na noite de ontem (12) aconteceu reunião festiva, relativa ao mês de dezembro,  promovida pelos Lions Clube Centenário. O encontro ocorreu na sua sede, localizada no bairro da Bela Vista. Com programação movimentada a pauta do evento contou com premiação de concurso, palestra, tomada de posse de sócio e um jantar de confraternização.

Na qualidade de palestrante o evento recebeu  uma das maiores autoridades do movimento leonístico do Nordeste. O senhor Luis Carlos Feitosa além de realçar a missão da entidade no cenário internacional transmitiu os números contabilizados das ações já realizadas, ao passo que elencou novos programas de campanhas e metas,  no que se refere ao trabalho filantrópico desenvolvido pela entidade.

Ao final do evento,  sócios e convidados participaram de um jantar de confraternização.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Viva o Rei do Baião – Luiz Gonzaga…..

Se vivo estivesse, hoje, 13 de dezembro 2018, estaria completando 106 anos. O Rei do Baião, Luiz Gonzaga foi dessas figuras que não aparecem todo dia. Em se tratando de Brasil, um país marcado por uma das maiores desigualdade social do planeta, “Seu” Lula, como muitos lhe chamavam, foi um alento de esperança para os pobres e excluídos nordestinos, um quase santo.

Do ponto de vista musical, Luiz Gonzaga foi um revolucionário. Com seu estilo próprio, antes descriminado na região sulista, ganhou espaço, fama e dinheiro e ainda acalentou e deu esperança aos -  assim como ele -  retirantes da Região Nordeste que se aventuraram em terras alhures.

Do seu terrão o Gonzagão cantou de tudo. Dos costumes ao desespero, da fé aos folguedos, da bravura à humilhação. Como bom filho, depois de “ganhar” o mundo, ele voltou para perto do seu povo e da sua gente. Luiz Gonzaga foi fiel às origens. Defendeu suas raízes. Ele modificou o mundo sem perder a sua essência. Algo que vai muito além dos simples mortais.

Mas, como diz  o compositor antonense Aldenisio Tavares, em uma das suas músicas, “O Nordeste Mudou”. Pegando carona,  eu acrescentaria: uma história antes,  e outra depois do velho Lula.

Publicado em A Lupa | 2 comentários

Momento Pitú: Viva a Resenha!!

Meu povo, alguém sabe como que se fala resenha em japonês? Nosso estimado Claudiano Monteiro decidiu inovar no tira-gosto, aí pediu um sushi caprichado e botou a pituzinha no meio dessa experiência gastronômica. Sabe viver, o cabra.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Máquina Teatral: Alice – Teatro Silogeu – 15 e 16 – 18hs

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Momento Cultural: LEI DE ANALOGIA – por MELCHISEDEC.

Ponto de semelhança entre coisas diferentes. É a preponderância de uma forma sobre outra, habitualmente associada ou aproximada. Parte do princípio de que havendo identidade de razão, deve haver a mesma disposição.

Esta Lei manifesta-se numa certa correspondência ou analogia entre as manifestações de vários planos de atividade cósmica. É fato realmente verdadeiro, de que o que está em baixo, é como o que está em cima e o que está em cima é como o que está em baixo, para fazer o milagre de uma só coisa.

Como todas as coisas procedem do Uno por intermédio da unidade, assim todas as coisas nasceram dessa coisa única por adaptação. Podemos verificar a veracidade dessa Lei pela analogia existente entre um sistema atômico e um Sistema Solar ou a analogia entre os ciclos da vida da Natureza. As mesmas Leis que governam a ameba, são as mesmas que governam a Natureza, a atividade do homem e dos outros seres superiores. A essência da matéria é a mesma da energia e da mente. Baseado no aforismo hermético: “Assim como é em cima, é em baixo” e, pelo axioma arcano: “Por um se conhece o Todo”, concluímos que assim como o Sistema Solar pode ser conhecido pelo estudo cuidadoso dos átomos e moléculas, assim os planos mais altos do Ser podem ser estudados através de um exame dos mais baixos planos que se manifestam entre nós. Depois de descobrir a operação de certos princípios numa coisa, podemos com segurança, raciocinar, que esses princípios existem noutras coisas sobre um plano maior e assim conhecemos a natureza do desconhecido. Pelo estudo da monera (organismo primitivo do ser vivo) se chega a conhecer os Arcanjos, baseado tão somente no princípio cósmico de que se deve encontrar em cada coisa, substância ou corpo, movimento, energia ou consciência. Assim os antigos ocultistas supunham haver em cada coisa, sobre um plano desconhecido, três grandes formas de manifestação.

(VERDADES FUNDAMENTAIS – MELCHISEDEC – pág. 11 e 12).

Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Vitória Park Shopping Vitória.

Acompanhe o horário especial que o #VPS preparou para você! As Lojas Americanas, Riachuelo, Marisa e Lojas Emmanuelle estarão em horário estendido para melhor atende-lo. O horário estendido será facultativo para as demais lojas.
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Apresentação Cívica no Colégio Nossa Senhora da Graça (1973).

Foto registrada no Auditório do Colégio Nossa Senhora da Graça em 1973, durante apresentação cívica dos alunos. 
Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Momento Grau Técnico Vitória.

O Grau Técnico, a maior rede privada de ensino técnico do Brasil, é a Instituição que prepara você para você para atuar e ser bem-sucedido no mercado de trabalho.
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

DESEJO E BOM-SENSO – por Sosígenes Bittencourt.

O homem não deseja o que é Bom e Belo, ele deseja um objeto. Portanto, é preciso avaliar o que se deseja, pois desejo não tem bom-senso. Ou seja, uma vez satisfeito o desejo, o que se desejava não passa a ser aquilo que se quer. Por exemplo, desejar chocolate não significa querer chocolate. Pelo contrário, depois de matar o desejo, o que você mais queria era não desejar chocolate. Todo viciado deseja aquilo que o prejudica, porque não tem controle sobre o que deseja. A diferença entre o remédio e o veneno está na dosagem. O casamento não dá certo porque você deseja a pessoa que não quer.

Indesejável abraço!

Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Querida Cidade na voz de Carlinhos.

CARLINHOS canta a música QUERIDA CIDADE de TONY AMORIM. [powerpress url=../mp3/carlinhos.mp3] Gostou da música? – Baixe a MP3 Aldenisio Tavares
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

Gabinetes parlamentares: os que realmente trabalham são os que ganham menos….

Na esteira da Operação Lava Jato, aos poucos, o Brasil segue mudando. Se antes era tabu falar na devolução de parte dos salários dos funcionários contratados pelos parlamentares, hoje, o tema ganhou relevo. Até os “portões” dos imponentes prédios dos poderes legislativos,  das três esferas governamental do País – municipal, estadual e federal -,   sabem muito bem que a  “jogatina”  acontece em praticamente todas as casas legislativas,  nos mais de cinco mil municípios brasileiros.

Certa vez, em defesa de um operador do então PMDB,  na esfera federal, um advogado disse em alto e bom som: “nenhum prefeito do Brasil coloca uma pedra de calçamento sem antes fazer um acerto”. Moral da história: não apareceu nenhum chefe do executivo para contesta-lo!!

Com relação aos parlamentares brasileiros – vereadores, deputados estaduais e federais e senadores - não se pode jogar todos na mesma vala, mais o esquema é  sabido e convive....Acontece mais ou menos assim:

Nos gabinetes os funcionários de verdade - que dão expediente todos os dias – são os que aparecem com os menores salários. Já os que não “batem um prego numa barra de sabão” aparecem no topo da lista salarial com os maiores vencimentos e vantagens. Moral da história: eles ficam com um certo percentual do salário e devolvem o "resto" (dinheiro) ao operador que, evidentemente, ao final, vai parar no bolso do chefe. Esse esquema é o basicão......

Mas existem muitos outros formatos que também são praticado. As notas fiscais frias, locação de automóveis de mentirinha  e etc.  Ou seja: fora a merreca que é repassada para os  “laranjas”  praticamente todos os valores destinados aos gabinetes  - penduricalhos -  vão parar na “gaveta de pano” do parlamentar....

Tomara que essas operações não parem e sigam na direção das assembleias estaduais e câmara de vereadores..........

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Pedro Ferrer e as obras de Luiz Ferrer na cidade mineira de Juiz de Fora.

Desde o último sábado (08) o amigo presidente do Instituto Histórico da Vitória encontra-se na cidade do Rio de Janeiro. Com esposa, Ivanete, foi comemorar a passagem dos 80 anos de uma das irmãs que lá reside. Inquieto por natureza aproveitou o Pedoca para dá um pulinho ao município mineiro de Juiz de Fora,  para contemplar e fotografar as três obras de arte, lá eregidas,  confeccionada por seu tio escultor - o artistas Luiz Ferrer .

O Luiz Ferrer – irmão de “Seu” Ferrer – faleceu em 1960, aos 54 anos no auge da sua carreira artística. Seus trabalhos estão espalhados pelo Brasil. Aqui, na Vitória, suas digitais artísticas também estão materializadas  em peças do acervo do Instituto, no monumento da Praça Duque de Caxias e até,salve engano, na primeira peça (um leão) do Clube Abanadores “O Leão” que ornava a entrada principal da sua sede – em cima da marquise.

Em breve, certamente, o professor Pedro Ferrer, tal como fazendo com outros nomes,  fará um trabalho inventariando o conjunto artístico desse antonense que se destacou na sua área de atuação.

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Momento Pitú: Viva a Resenha!!

Se o cabeludo tá trocado as pernas e andando de lado, errado tá ele. Por aqui a resenha é com moderação. A foto é da pituzeira Rosely Vitoi, que tirou onda na criatividade. Mandou bem, parceira!
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Máquina Teatral: Alice – Teatro Silogeu – 15 e 16 de dezembro – 18h

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Momento Cultural: Ouvindo o Amor – por José Bezerra de Oliveira.

 

O Amor

É simples,

Não precisa explicação.

O Amor

É fácil de entender:

Basta ouvir o Coração!

José Bezerra de Oliveira

Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Momento Vitória Park Shopping.

Já garantiu o seu jogo para a Mega da Virada? Quer pagar contas de energia, água e outros títulos? A Loteria Lotopark funciona de segunda a sexta das 8h às 20h e nos sábados das 10h às 18h.
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Festividades – 3 de agosto – 1974.

O TEMPO VOA - FESTIVIDADES DO DIA 3 DE AGOSTO DE 1974.
Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Momento Grau Técnico Vitória.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

NINGUÉM MELHOR DO QUE OS AMIGOS – por Sosígenes Bittencourt.

Ninguém melhor do que os amigos para relembrar o que nunca esquecemos. Ninguém melhor do que os amigos para nos auxiliar a redigir a nossa história. Ninguém melhor do que os amigos para rejuvenescer ainda que estejamos envelhecendo. Porque ninguém melhor do que os amigos para decodificar nossa linguagem, entrever nossos sonhos e reacender nossa esperança.

Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | 1 comentário