ABTV e ACTV – a prefeitura esqueceu de lembrar…..

Na qualidade de folião animado e participativo, assim como carnavalesco atento aos movimentos do nosso secular reinado de momo, constatei, com alegria, que a prefeitura da Vitória produziu material impresso realçando à programação dos desfiles das agremiações.

Num tempo não muito distante, quando o nosso carnaval ostentava  um número resumido de agremiações, cabia aos jornais – impressos –  publicar esse roteiro. Lembro, inclusive, o amigo José Edalvo – Jornal da Vitória – queimando as pestanas e se  desdobrando nessa árdua tarefa.

Mesmo em tempos que as informações do mundo inteiro encontram-se na palma da mão, através dos celulares, cada vez mais multiuso, o material impresso não deixar de ser, entre tantas outras vantagens, um documento à memória da história do carnaval  local.

O material, entre tantos pontos positivos, como já falei, ainda  estampou contatos (telefônicos)  úteis e fotografias das seis homenagens oficias do carnaval 2024,  quatro delas, inclusive,  já devidamente condecoradas  na última edição da Feijoada da ABTV.  Ainda sobre o referido material, mais duas observações:

Faltou a programação dos palcos, financiados pelo poder público. Certamente isso ocorreu, por falta de definição e informação  prévia, uma vez que isso depende de uma série de fatores. Até porque, em 2024, o carnaval ocorreu logo nos primeiros dias de fevereiro.

Em ato contínuo, isso não ocorreu com a programação das agremiações, coordenadas pelas duas entidades representativas do nosso carnaval: ABTV e ACTV. 

Portanto, imagino que a prefeitura esqueceu de lembrar de estampar  no referido material as marcas das nossas  associações – ABTV e ACTV -, que aliás, sem o apoio e o imprescindível trabalho colaborativo das mesmas a municipalidade  não teria a mínima condição  de catalogar e  divulgar, em tempo hábil, esse material impresso.

A ABTV – Associação dos Blocos e Trios da Vitória – e a ACTV – Associação do Carnaval Tradicional  da Vitória -, há mais de duas décadas, vem prestando relevantes serviços aos nosso secular carnaval.

A Avenida Caxangá – por @historia_em_retalhos.

Seria a Avenida Caxangá a maior avenida em linha reta do Brasil?

Resposta: depende!

Símbolo da já conhecida “mania de grandeza” pernambucana, essa importante artéria recifense começou a ser construída ainda na primeira metade do século 19, no ano de 1833, e era denominada “Estrada de Paudalho”, porque abria o caminho para o interior do estado.

Por ela, passam cerca de 100 mil passageiros e 58 mil veículos por dia.

Tem seu início na Praça João Alfredo, onde se encontra o Sobrado da Madalena, e termina na Ponte da Caxangá (Ponte Marechal Castello Branco), sobre o Rio Capibaribe.

São, ao todo, 6.18km de percurso totalmente reto.

Após a promulgação da Constituição Federal de 1988, porém, com a criação do estado do Tocantins, surgiu, em 1990, a Avenida Joaquim Teotônio Segurado, principal corredor da cidade de Palmas, capital do estado.

Esta via, cujo nome é uma homenagem ao pioneiro da luta regionalista do Tocantins, tem 26km de extensão, dos quais 10.2km são em linha reta.

Ou seja, é maior do que a nossa Caxangá, porém, com um detalhe: a avenida pernambucana tem toda a sua extensão (integralmente) em linha reta, o que não acontece na irmã tocantinense.

Assim, depende do ponto de vista: se considerarmos a extensão total de uma avenida, a Caxangá é a segunda mais longa avenida em linha reta do Brasil.

Contudo, se formos observar uma via cuja extensão seja integralmente retilínea, a Caxangá continua sendo, sim, a maior avenida do Brasil, para a alegria da nossa “megalomania favorita”. 😄

Hoje, não mais, mas, até os anos 1970, estando o observador no centro da Ponte da Caxangá, poderia ver o Sobrado da Madalena, pois o relevo da avenida também é totalmente reto.

Para finalizar, uma reflexão: que nós aprendamos a utilizar esse nosso tão conhecido bairrismo, também, para cuidar da cidade, dando a ela o tratamento que merece.
.
Siga: @historia_em_retalhos

https://jc.ne10.uol.com.br/brasil/2020/10/11990860-checamos–a-avenida-caxanga-e-a-maior-em-linha-reta-da-america-latina.html

3ª Corrida da Vitória – virada do primeiro lote – 29 de fevereiro.

3ª Corrida e Caminhada da Vitória – 28 de abril de 2024.
Corrida 7km – Caminhada 4km – Concentração às 6h – Largada às 7h.
Troféu – Premiação Geral do 1º ao 5º colocado – masculino e feminino.
Troféu – Premiação Faixa Etária – 1º ao 5º colocado
Primeira faixa etária: até 39 anos.
Segunda faixa: dos 40 anos aos 49 anos.
Terceira faixa: dos 50 anos aos 59 anos.
Quarta faixa etária: dos 60 anos aos 69 anos.
Quinta faixa etária: dos 70 a mais.
OBS: NÃO HAVERÁ PREMIAÇÃO EM DINHEIRO!
Inscrições on-line: www.uptempo.com.br
Inscrições grupos: 81-9.9.9420.9773
Inscrição presencial: Loja Monster Suplementos – Rua Valois Correia – 96 – Matriz – Vitória.
Valor Inscrição:
Kit completo – corrida ou caminhada – R$ 85,00
Kit sem a camisa – corrida ou caminhada – R$ 70,00
1º LOTE ATÉ O DIA 29 DE FEVEREIRO

Galo gigante deste ano – por @historia_em_retalhos.

Um aspecto muito interessante do Galo gigante deste ano: em seu majestoso rabo, foi colocada a palavra “paz” em 16 idiomas!

O detalhe, porém, que poucos perceberam foi que a expressão shalon (paz no idioma judeu) e سلام (em árabe) foram colocadas lado a lado!

Que linda forma de transformar o símbolo maior do nosso carnaval em um mensageiro da esperança de paz para o nosso tempo!

Carnaval também é uma manifestação política!

Parabenizo a todos os artistas envolvidos, na pessoa do seu idealizador, o artista plástico @leopoldonobrega!
.
Siga: @historia_em_retalhos

https://www.instagram.com/p/C3SOpA1uRu9/?igsh=NHNhMGY4MG9iYXA3&img_index=1

FALECIMENTO DE PAULO DE ZUCA – por Sosígenes Bittencourt.

Conheci Paulo, filho de Zuca da Xerox, em 1987, quando comecei a publicar minha Revista Fragmentos, cuja seleção de frases era fotocopiada em sua lojinha, na Rua XV de Novembro, próxima à Sorveteria Peixe.

A vida é feita de tempo e daquilo que fazemos com o tempo que temos. Ademais, morreremos. Contudo, uma vez vivos no mundo, não tem mais jeito, o jeito que tem é viver.

Agora, amigo Paulo de Zuca, és detentor de um segredo só a ti revelado. Um dia, fostes como nós somos; um dia, seremos como tu és.
Até breve! Requiescat in pace!

Sosígenes Bittencourt

Cobertura dos desfiles carnavalescos 2024 concluída com sucesso!!!

Mesmo desempenhando múltiplas funções, vinculadas aos festejos de momo em nossa cidade, através das lentes do Blog do Pilako me desdobro para conseguir realizar o maior número de registros carnavalescos possíveis.

Como todos são sabem, a equipe do Blog do Pilako é aquela do “eu sozinho”. Assim sendo, com essa postagem, concluo a cobertura carnavalesca 2024 atinente aos desfiles das agremiações e registros de foliões. No transcorrer da próxima semana, estaremos postando, de maneira geral,  nossas impressões sobre o carnaval 2024. Obrigado a todos!!!

Marias e Lampiões: muito forró na terça-feira de carnaval…

Com o seu já tradicional forró,  em plena terça-feira (13) de carnaval, o Bloco Marias e Lampiões se configura numa das agremiações mais diferenciada do carnaval antonense.

Com duas atrações  musicais – Irah Caldeira e Jorge & Aninha – os foliões seguiram atrás do trio durante todo percurso. Regado a muita Pitú e frutas tropicais a agremiação congrega, entre outras coisas, muita criatividade no carnaval. Veja os vídeos:

 

 

Com chuva e tudo: É NA SAUDADE QUE SE BRINCA MELHOR!

E foi com  muita chuva que aconteceu o desfile da SAUDADE, no carnaval 2024. Desde a saída, no Pátio do Livramento, até fica, literalmente, “preso” nos fios que cruzam a Avenida Mariana Amália, a chuva não deu trégua.

Com a colaboração de “São Pedro”, após a chuva estiar, o Trio Asas da América, voltou a circular, no sentido do desfile, no percurso oficial do carnaval. Em outro capricho de “São Pedro”, ao chegar no ponto de partida, quando o show  de encerramento iria se iniciar, de repente, um verdadeiro toró caiu novamente, obrigando a todos se abrigarem e salvar seus respectivos instrumentos musicais, como bem mostra o vídeo, abaixo:

Mas, independente das obras da natureza, os foliões brincaram bastante. A Orquestra Super Oara, mais uma vez, mostrou por carrega no nome a palavra “Super”. Ou seja: em momento algum, não deixou a peteca cair no quesito animação e bom repertório musical.

Eis aí, portanto, um daqueles anos em que merece um registro especial nas nossas prateleiras da memória. Encerro essas linhas com o sentimento de dever cumprido e estendendo a mão para agradecer. Agradecer ao pessoal do Trio Asas da América, da Orquestra Super Oara e, principalmente, ao folião que mostrou que realmente é Na Saudade que se Brinca Melhor!!!

Clube Abanadores O Leão – desfile do domingo…..

Na noite do domingo (11), no Pátio da Matriz, registramos a largada para desfile no percurso oficial do carnaval do Clube Abanadores “O Leão”. Com mais de 120 anos de história o “Abanadores” é uma referência no carnaval de Pernambuco.

Além do carro alegórico “Abre-alas”, com o símbolo do clube – o Leão –, a agremiação exibiu dois outros carros comemorativos:  o centenário do Clube de Fado Taboquinhas e os 100 anos de nascimento do escritor antonense Osman Lins –  uma das referências brasileiras no ramo da literatura.

Adornado com outras agremiações, o desfile também contou com uma animada orquestra de frevo. Veja o vídeo: