Arquivo da categoria: Fala, Vitória!

Coluna do Escritor vitoriense Sosigenes Bittencourt

SÃO JOÃO – NO TEMPO DE EU MENINO – por Sosígenes Bittencourt.

Das três maiores festas anuais, o São João é a mais singela e tradicional. O Ano Novo nos trespassa de tristeza, porque sugere a contagem do tempo e amontoa os mortos. Abrimos álbum de retrato e botamos pra choramingar. O Carnaval é … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

O JOGO DO BICHO E O FGTS – por Sosígenes Bittencourt.

O Jogo do Bicho parece ser a coisa mais honesta do mundo. Desonestos são nossos sonhos. O Jogo do Bicho é um serviço de mais garantia do que o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Desonesto é sonhar com … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

SOBRE A BREVIDADE DA VIDA – por Sosígenes Bittencourt.

O ser humano é um animal sem solução. Ele tem sempre a impressão de que há algo de errado consigo mesmo. Sobretudo quando submetido à angústia de que a morte é o horizonte da vida. Todo ser humano tem um … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Conversão e Separação – por Sosígenes Bittencourt.

Nunca me esqueço da conversa que tive com um mototaxista. Ele me contou que não conseguia se libertar de sua mulher. Quanto mais ela pintava miséria com ele, mais o escravizava. Até de faca já havia sido agredido, levou esculhambação na … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

O SMARTPHONE E O HOMEM – por Sosígenes Bittencourt.

O céu já não é tão longe, está na tela do smartphone. O amor já não é tão longe, está na tela do smartphone. O beijo já não é tão longe, está na tela do smartphone. O desejo já não … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

RODOVIÁRIA E POESIA – por Sosígenes Bittencourt.

Rodoviária, para mim, é recanto poético. Lugar de saudade em tom patético. Uma menina pequena, um idoso, Um saquinho de pipoca, um Mané Gostoso. Um bêbado a chorar, debruçado numa mesa de bar. Uma esperança ao amanhecer, Uma lembrança ao … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

O DESEJO E A DOR – por Sosígenes Bittencourt.

Passamos a vida, submetidos a duas experiências básicas: o desejo, que busca a satisfação, e o afeto que busca evitar a dor. Mas, como evitar a dor, se desejo é vida, e a vida impõe limite aos desejos? A dor … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

O FURUNFAR DE NAJILA E NEYMAR – por Sosígenes Bittencourt.

  A questão é que Najila e Neymar queriam manter concurso carnal ou congresso sexual, mas Najila queria ser estuprada com preservativo. Não queria contrair neném nem doença venérea, preservando o assoalho uterino de geração e aparelho geniturinário de infecção. … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Recordar é Viver: No tempo de eu menino – por Sosígenes Bittencourt.

Dentre as figuras lendárias e bizarras das quais tive notícias e algumas conheci, em Vitória de Santo Antão, espero que alguém relembre MANÉ CAPÃO, MÃO DE ONÇA, CAFINFIM, PAPA-RAMA, DIDI DA BICICLETA, BIU LAXIXA E O CORCUNDA ANÍBAL. MANÉ CAPÃO tinha os … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

São Pedro – por Sosígenes Bittencourt.

São Pedro, segundo a tradição, teria morrido em cerca de 67 d.C., e foi um dos doze Apóstolos de Jesus. O seu nome original não era Pedro, mas Simão. Cristo apelidou-o de Petros – Pedro, nome grego, masculino, derivado da palavra … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

O erótico e o pornográfico – por Sosígenes Bittencourt

Esta é uma foto postada num site erótico japonês. Longe de ser uma imagem pornográfica, sugere o mais inebriante erotismo. De tão sugestiva, serviria até para enfeitar uma mensagem natalina, pela expressão angelical da menina. Nela, cabem todos os pensamentos. O erotismo difere da pornografia porque … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

RECORDAR É VIVER – HOMENAGEM AO PROFESSOR ADÃO BARNABÉ – por Sosígenes Bittencourt.

Esta semana, recebi honroso convite para assistir a Recital em homenagem ao meu ex-professor de inglês Adão Barnabé na Academia de Letras, Ciências e Artes da cidade. Infelizmente, não pude me fazer presente, uma vez acometido de dengue, este mal … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Ser Poeta – por Sosígenes Bittencourt

Essa história de ser poeta é dom.  Um bom dom.  O poeta não faz poesia com as flores,  com o mar,  com o céu,  sem a intenção de que você  habite sua poesia. Ou seja,  sinta o aroma das flores,  a imensidão do mar,  o mistério do infinito. Sosígenes … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Renovação e Esperança – por Sosígenes Bittencourt.

Que, em tempo de Renovação e Esperança, o passado sirva de exemplo na construção do Futuro e na preservação da Fé. Façamos um bom Presente para não termos tristes recordações. Relembremos as vezes que vencemos as adversidades. Acostumados a cair é que aprendemos a nos levantar. O que … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Carro a ar comprimido – por Sosígenes Bittencourt.

O carro a ar comprimido, além de alternativa de preservação do meio ambiente, serviria para botar moral na arenga universal pelo petróleo. O meu receio é que o ar torne-se tão importante que inventem de cobrar pelo ar que respiramos. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

MANHÃ DE SÁBADO – por Sosígenes Bittencourt

Manhã de sábado. O celular toca:  – Está onde, professor? – Viajando, minha filha. – Viajando onde? – Em minha casa. – E sua casa anda? – Não, estou lendo Manuel Bandeira.  – E o senhor viaja, quando lê, é? – Tem gente que … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Necrófilos, Necrófagos e Necrófobos – por Sosígenes Bittencourt.

Se existisse alma do outro mundo, os aproveitadores de mortos não estariam tão à vontade. Antigamente, os NECRÓFILOS desenterravam defuntos para copular. Enguiçavam os muros do cemitério, excitados com corpos em decomposição. Talvez, pela dificuldade de encontra alguém em decomposição que aceitasse … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

UMA DEFINIÇÃO DE MIM – por Sosígenes Bittencourt

Uma das melhores definições de mim não é minha, é do escritor e pensador inglês Chesterton (1874-1936): O homem SÃO é aquele que tem a tragédia em seu coração e a comédia em sua cabeça. Mas, explicou: A comédia do … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Sexo e Dor de Cabeça – por Sosígenes Bittencourt.

Sexo é bom para dor de cabeça, mas é preciso prescrição médica. Por exemplo, é importante evitar gravidez indesejada. O efeito colateral pode gerar uma tremenda dor de cabeça. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

SINÔNIMO DE SER HUMANO É LIMITE – por Sosígenes Bittencourt

Todo homem crê no limite de sua Fé, e descrê no limite de sua descrença. Portanto, ninguém crê tanto quanto crê (acredita) nem descrê tanto quanto descrê (acredita). Sinônimo de ser humano é limite. Deus não criou o homem para … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

SOU TORCEDOR BRASILEIRO – por Sosígenes Bittencourt

Eu não consigo torcer contra o Brasil. Há um país que vive em mim, livre de qualquer influência que o desfaça. Ademais, a esperança nutre-se de vitórias, não de derrotas. De que nos servem as derrotas, senão como lição. Uma … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

HORA DE BRINCAR, BRINCAR – por Sosígenes Bittencourt.

De um padre para um alcoólico dentro de um ônibus: – Você sabia que esse caminho é para o inferno? Aí, o alcoólico: – Êita, peguei o ônibus errado. Certo dia, um bêbado pediu a um outro bêbado uma lapada … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

SÃO JOÃO: NO TEMPO DE EU MENINO – por Sosígenes Bittencourt.

Das três maiores festas anuais, o São João é a mais singela e tradicional. O Ano Novo nos trespassa de tristeza, porque sugere a contagem do tempo e amontoa os mortos. Abrimos álbum de retrato e botamos pra choramingar. O Carnaval é … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória!, Sem categoria | Deixar um comentário

Mestre Zé Guedes – por Sosígenes Bittencourt.

Hoje, creio que pouquíssimas pessoas sabem que quem construiu os jazigos da primeira entrada do Cemitério São Sebastião foi meu bisavô, José Guedes da Costa. E não só, ele também esculpiu os frontispícios do Cemitério e do Mercado de Farinha. … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

FRAGMENTOS – Retifica Sentimental – por Sosígenes Bittencourt

Se o seu relacionamento não está engrenando, procure uma retífica sentimental para trocar as atitudes. Sosígenes Bittencourt  

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

REFLEXÕES SOBRE PARTIDOS POLÍTICOS NO BRASIL – por Sosígenes Bittencourt.

Questões de pobres são de pobres. Os ricos cuidam de suas questões. Nenhum herói ou regime político irá salvar o mundo. O mundo só se salvará pela empatia e solidariedade, e esses pré-requisitos não pertencem aos capitalistas, nem aos heróis … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

NO TEMPO DE EU MENINO – MÊS DE MAIO – por Sosígenes Bittencourt.

  O mês de Maio sempre foi um mês dedicado à mulher. Mês de Maria, de se celebrar o namoro e o noivado, místico período entre os prazeres da carne e o sacrifício do espírito, o desregramento e a temperança, … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

ESTUDADO PORTUGUÊS – por Sosígenes Bittencourt

(O verbo “SUICIDAR-SE” é um PLEONASMO?) O verbo “suicidar-se” vem do latim sui (“a si” = pronome reflexivo) + cida (= que mata). Isso significa que “suicidar” já é “matar a si mesmo”. Dispensaria, dessa forma, a repetição causada pelo … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

FRAGMENTOS – Sosígenes Bittencourt 

O apaixonado não dorme. Ele precisa do corpo do objeto da paixão, mais do que quem ama, que não precisa do corpo para amar. Sosígenes Bittencourt 

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

SOBRE AVAREZA E ESBANJAMENTO – por Sosígenes Bittencourt.

O escritor e professor português Vergílio António Ferreira  (1916 – 1996) dizia que “A avareza pode ser uma expressão de humildade, como o esbanjamento o é de megalomania.” No contexto bíblico, Esbanjamento não está catalogado como Pecado, mas a Avareza, sim. Contudo, se … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário