Apelidos Vitorienses: Feola.

Na estrada, no sentido da construção e efetivação do 4º volume do Livro Apelidos Vitorienses, com lançamento previsto para o segundo semestre do próximo ano, 2022, recentemente, catalogamos mais um antonense que é mais conhecido pelo apelido do que pelo próprio nome. Trata-se do amigo “Feola” que, na prática, já se configura numa espécie de “cartão postal” da nossa Avenida Mariana Amália.

Para o quarto Volume, já catalogamos:

Pereba, Aninho e Feola.

Apelidos Vitorienses: Aninho já foi catalogado para o 4º volume.

Com planejamento definido para o lançamento só no segundo semestre do ano de 2022, recentemente, com o “Pereba”, demos partida à construção do 4º volume do Livro Apelidos Vitorienses. Nesse contexto, ontem, domingo (10), anotamos a história  que motivou à origem do nome social do  amigo Aninho. Ele, como tantos outros antonenses, se materializa em  mais um que é mais conhecido pelo apelido do que pelo próprio nome.  Assim sendo, o mesmo, também já está catalogado e devidamente registrado no nosso projeto – APELIDOS VITORIENSES. 

“Pereba” foi o primeiro escolhido para o 4º volume do Livro Apelidos Vitorienses.

O Projeto Apelidos Vitorienses, no qual catalogamos os conterrâneos que são mais conhecidos pelo apelido do que o próprio nome, sem sombra de dúvida, é uma obra  “inacabada”. Vez por outra, estou  sendo “apresentado” a um apelidado novo. “Matéria prima” para o nosso  projeto seguir andando, em nossa cidade, é farta e abundante.

Pois bem,  ontem (06), na prática, demos partida à construção do  4º volume do Livro Apelidos Vitorienses. O escolhido –  que todo satisfeito diz que todo mundo só lhe conhece pelo apelido -,  todo contente, enverga o curioso nome social de “Pereba”.

Diferente dos volumes anteriores, em que postamos o conteúdo do livro antecipadamente aqui no blog, doravante, apenas anunciaremos o nome do apelidado,  sem maiores revelações e detalhes da sua “apelibiografia”, no sentido de causar mais curiosidade ao livro a ser lançado no próximo ano (2022). Assim sendo, “Pereba”  já foi o primeiro dos próximos 25 escolhidos.