Celeuma em torno de nome de bairro na cidade

O nome da genitora do prefeito, que hoje dá nome a um bairro na cidade, era M I L I T I N A. Não sei onde foram arrumar esse “R” de Milit-r-ina. O povo escreve Gato com “J” e Jacaré com “G”. Vôte!

Acho que é porque pronunciam “MIRITRIZ” no lugar de MERETRIZ. É a boca troncha do povo, a falta de curiosidade léxica. O analfabeto funcional fala, mas não sabe o que diz. Vôte!

Também acho que é porque chamam bacia sanitária de LATRINA. Aí, ficam com aquele sonzinho no ouvido, LATRINANDO, LATRINANDO… Vôte!

Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | 1 comentário

Cacá Soares

Com a música "Uma Chance", Cacá Soares encanta. A música é de autoria dos vitorienses Samuka Voice, Cacá Soares e deste colunista. Ela faz parte do primeiro álbum do cantor, com participação especial de Bruna KellyOuça!

Uma Chance - Cacá Soares e Bruna Kelly Aldenisio Tavares
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

E a Prefeitura tem lá “moral administrativa” para fiscalizar alguma coisa no trânsito da cidade?

No último fim de semana o Jornal do Commercio, na página 5 do caderno de política, exibiu matéria onde a Assembleia Legislativa do Estado acaba de aprovar projeto de lei – 458/2011-  proposto pelo deputado sertanejo Odacy Amorim (PT), onde torna obrigatório o oferecimento de touca descartável pelos mototaxistas na hora de fazer a corrida. Caso tenha alguma inconstitucionalidade, o Governador Eduardo Campos poderá vetar o projeto na hora de sancionar.

Muito bem, em nossa cidade, onde o serviço de mototaxista se tornou uma importante engrenagem no tão esperado desenvolvimento, sai prefeito, entra prefeito e a categoria sempre é usada como massa de manobra política.

Foto: VITÓRIA HOJE - ANO III - Nº 24 - MARÇO 2002

Todos nós lembramos que foi lá na gestão do folclórico ex-prefeito José Aglailson que as PAIMAS começaram, quando o mesmo distribuiu batas vermelhas com a marca do seu governo, usou e abusou dos bem intencionados profissionais e depois de conseguir reeleger-se, como também eleger os seus candidatos, dentre os quais seu filho, “deu um verdadeiro chute no traseiro” dos profissionais das duas rodas.

Elias Lira, que vem dando continuidade as gestões de Aglailson, mudando apenas os parentes e as  pessoas  de fora, continua na mesma pisada. Fez evento na Praça Duque de Caxias para distribuir as batas numeradas, que serviu apenas para usar os mototaxistas, como uma espécie de outdoor ambulante, ficar andando pra cima e pra baixo exibindo propaganda do seu governo, não tem mais credibilidade administrativa de organizar  nada para categoria, até porque já se passou mais de três anos e não conseguiu sequer organizar os pontos, sendo os próprios motoqueiros que compram as tintas e as aplicam nos meios fios.

Caso a referida lei realmente entre em vigor, deverá colocar a prefeitura em uma tremenda saia justa, já que será o órgão encarregado da fiscalização, pois não podemos acreditar que  uma prefeitura que regulamente ponto de mototáxi em cima de praça e calçada, que não  tem o menor controle de quem pratica o serviço na cidade, vai ter lá alguma moral para exigir que os motoqueiros disponibilizem toucas para usuário?  Isso mais parece uma piada.

Em contato com motoqueiros como também o senhor Dilson Lira Filho (foto acima), que é ligado a categoria, os dois aprovam as medidas, dizendo que é uma questão de higiene. Já na questão da efetivação, na prática da nova lei, Dilson disse: "só acredito se houver mudança na atual fiscalização". Já Flávio (foto ao lado) um dos motoqueiros ouvidos disse: "esse negócio de touca vai ser igual aquele negócio do kit primeiros socorros que inventaram, foi só cascata" - lembrou o motoqueiro que não acredita que a nova lei realmente venha  "pegar".

Publicado em A Lupa, Editorial | 4 comentários

Obra importante

Recebemos de um internauta, que não quis se identificar, um comentário com foto onde ele desabafa:

“PIlako, se é uma pessoa q sabe das condições caóticas do  trânsito daqui é vc, mas acho que essa passou dos limites, sexta passada a rua da prefeitura foi fechada por conta de um traço de cimento para uma obra.

Não sei mais acho que essa obra só pode ser do prefeito ou do filho dele para ter tanta importância assim. Forte abraço e parabéns pelo blog”

Publicado em A Lupa, Editorial | 4 comentários

Flagrante: outro acidente

Internauta flagra atendimento do SAMU ontem (15) por volta das 20h30, na Avenida Henrique de Holanda próximo a Ponte do Galucho.

É oportuno registrar que na noite de ontem ocorreram dois acidentes, praticamente no mesmo lugar em um pequeno intervalo de tempo.

Publicado em A Lupa, Editorial | Deixar um comentário

Internauta registrada descaso no trânsito

Boa noite, PILAKO primeiramnte gostaria de parabeniza-lo p/blog sempre acompanho... bom sexta feira dia 11/05/2012 fui pegar meu filho no colégio com a minha mãe.quando estavamos passando na rua 15 de novembro nos deparamos com um trânsito parado por conta deste ônibus.no qual o mesmo parou para algumas pessoas entrar no mesmo e não estava nem ai!!! Acho isso uma falta de respeito com as pessoas. O trânsito de vitória ta uma vergonha.

Paula Almeida paula-ams@hotmail.com 

Publicado em A Lupa, Editorial | Deixar um comentário

Cavalo na Horácio de Barros

Recebemos de um e-mail com foto, de um morador do Cuscuz, que pediu para não ser identificado, onde registra um cavalo circulando livremente na Rua Horácio de Barros, a mensagem ainda diz:

“Pilako coloca mais na tua extensa galeria fotográfica de animais soltos nas ruas. Isso é um absurdo.”

Publicado em A Lupa, Editorial | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Encontro de Amigos (1946)

São eles: ZITO MARIANO, VIVI MOURA, ANTONIO DE NINO, ZEQUINHA VIEIRINHA - Foto registrada em 01 de dezembro de 1946.

Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Internauta de Redenção registra acidente

Recebemos do internauta Paulo Souza, morador do Bairro de Redenção, o registro fotográfico de um acidente ocorrido ontem (15) por volta das 19h  na Avenida Henrique de Holanda em frente da Nova Veículo.

Publicado em A Lupa, Editorial | Deixar um comentário

Atenção Beto Lira

Na manhã de ontem (15) nossas lentes flagraram no bairro do Cajá, próximo a FAINTVISA, dois porcos se alimentando dos lixos e entulhos não recolhidos pela Prefeitura. Mais uma vez cobramos providências ao senhor Beto Lira, sobrinho de Elias Lira, que segundo comentários é a pessoa responsável na prefeitura pelos serviços de fiscalização e recolhimento desses animais nas ruas da cidade.

Publicado em A Lupa, Editorial | Deixar um comentário

Quer ganhar uma camisa da Atmo? – Concorra a Sexta do Pilako

Acaba de ser incluído na Sexta do Pilako uma Camisa da ATMO (Amigos do Transplante de Medula Óssea). Cadastre-se e concorra a vários prêmios oferecidos por amigos empresários, profissionais liberais e artistas da cidade.

Aos que se cadastrarem, desejamos boa sorte e aos que queiram fazer suas doações entrar em contato pelo contato@blogdopilako.com.br ou mandar suas doações para nosso escritório na Praça Leão Coroado, 56 - Centro ou entrar em contato pelo 81 8437-5414.

Lembre-se, os sorteios serão realizados todas as quintas-feiras, para participar o internauta deverá se cadastrar na semana do sorteio em curso. Os sorteados terão até às 17h da sexta-feira para resgatar os seus prêmios.

Clique aqui e participe!

(clique e veja também os prêmios oferecidos nesta semana.)

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

Trilha de Vitória de Santo Antão

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Psicologia e Medicamentologia

PSICOLOGIA é um ramo do Conhecimento Humano desprestigiado pela MEDICAMENTOLOGIA mercadológica. É falta de reconhecimento proposital. Veja bem: nós só sentimos emoção porque pensamos. O coração, por exemplo, é a metáfora do amor. Ele não gera amor, ele é o termômetro, a mente é que ama. A Medicina anatomofisiológica foge das causas emocionais das doenças, como o diabo foge da cruz, embora a Psicologia não negue a necessidade de tratamento farmacológico para o corpo doente.

Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Edilma Araujo canta “JUNTINHO DE VOCÊ” do amigo Toni Amorim

EDILMA ARAÚJO interpreta do compositor TONI AMORIM a música JUNTINHO DE VOCÊ. Juntinho de Você - Edilma Araujo Aldenisio Tavares
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

Prefeitura deixa galerias entupidas no centro comercial

Na enchente ocorrida em nossa cidade no ano 2005, tive a oportunidade de acompanhar e dividir o drama vivido pelos comerciantes de grande porte como também os pequenos, o chamado comércio informal, já que na ocasião estava na presidência da ACIAV (Associação Comercial da Vitória) quando as águas invadiram o nosso comércio e promoveram cenas de cortar o coração.

No último carnaval, o sábado de Zé Pereira foi marcado pela chuva. A famosa agremiação O ETSÃO desfilou literalmente “debaixo da água”. Enquanto muita gente estava se divertindo na folia, alguns comerciantes como por exemplo os da rua 15 de Novembro, estavam “mergulhados” no prejuízo fazendo com que a famosa “dor de cabeça” da quarta-feira de cinzas chegasse logo no sábado.

Talvez alguns não saibam, mas na primeira metade do século passado, corria, no local onde hoje é a Avenida Mariana Amália, o famoso RIACHO DO RONCADOR. Portanto o nosso centro comercial é o caminho natural das águas em direção ao rio Itapacurá.

Sendo assim, seria, sobretudo neste momento onde o inverno se a vizinha, prioridade a limpeza e desobstrução das galerias nas ruas centrais da cidade, de responsabilidade da Prefeitura,  para que  se possa minimizar os impactos das famosas “trombas da águas” em  nossa população, principalmente dos já “encharcados” comerciantes do centro.

Publicado em A Lupa, Editorial | Deixar um comentário

Estudante desabafa

Dando continuidade a matéria onde os estudantes reclamam do tratamento recebido por parte da Prefeitura, quanto aos serviços e estrutura dos ônibus, exibiremos o desabafo e indignação de um dos estudantes. Veja o vídeo:

Publicado em A Lupa, Editorial | 11 comentários

Perigo na Praça Leão Coroado: cobra é encontrada entre as árvores.

Durante todo dia de ontem (14) os transeuntes do centro, mais precisamente da Praça Leão Coroado, estavam sendo alertados que uma cobra estava circulando pelas árvores. Depois de algum tempo veio a notícia, que a tal cobra, era a cobra CORAL, que estava fumando tranquila, justamente na praça que tem um Leão.

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

Laboratório Silvano Sarmento

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Porcos ainda continuam nas ruas

Na tarde de ontem (14) nossas lentes flagraram na Rua Silvino Lopes, próximo do Colégio Santo Inácio, no bairro do Cajá, uma porca com seus porquinhos na  costumeira “circulada alimentar”.

Segundo comentários é o senhor Beto Lira, sobrinho de Elias Lira, o responsável na Prefeitura pelos  serviços de fiscalização e recolhimento desses animais nas ruas, portanto mais uma vez cobramos ao mesmo uma atitude para com esses “inocentes mal feitores”.

Publicado em A Lupa, Editorial | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Construção de Escola no Oiteiro

CONSTRUÇÃO DO GRUPO ESCOLAR DO OITERO, GEM. MANOEL DOMINGOS DE MELO. Ano não registrado.

Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Comemoração prolongada

Encontramos na tarde de ontem (14) alguns torcedores tricolores ainda em estado de graça dizendo: “meu santinha é rochedo”.

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

Herika Araujo: um talento da Terra de Osman Lins

Na última sexta (11) aconteceu no Teatro Silogeu José Aragão, por ocasião das comemorações festivas do Instituto histórico, uma peça intitulada AMORES DE VITÓRIA escrita e dirigida pela artista vitoriense Herika Araujo, que contou com elenco de mais de vinte artistas vitorienses com destaques para Cleyton Cordeiro e Lane Burnet.

A peça escrita e dirigida por Herika, me fez lembrar uma entrevista,  exibida em um canal de televisão há algum tempo, onde o apresentador Amaury Jr, perguntou ao mega empresário Antônio Ermírio de Morais, se referindo a ele próprio já que também escreve peças teatrais, como uma pessoa poderia conciliar as cartesianas atividades empresarias e  financeiras com as criações no mundo das artes.

Falo isso, porque a amiga Herika atua na vida profissional como contadora, atividade essa que não se permite improvisos de última hora e não está, intimamente ligada, a criatividade, já que os números contábeis não estão sujeitos ao “gosto do freguês”.

Com a peça "AMORES DE VITÓRIA" Herika se apresenta para o mundo das artes, principalmente para o teatro, com um roteiro criativo, onde se fez necessário pôr em prática um trabalho de pesquisa minucioso e principalmente dedicação e amor as tradições da nossa cidade.

Gostaria que a peça teatral "AMORES DA VITÓRIA", fosse urgentemente ratificada  como espécie de “cartão de visitas” da terra de Osman Lins.

Assim como outros artistas locais, mas com estatura, talento e sobretudo amor a causa,  que lhes colocam em pé de igualdade com profissionais renomados, certamente Herika Araujo nos deixará em breve, seguindo o seu caminho artístico, portanto para os vitorienses que apreciam as artes é bom assistir logo seus espetáculos, pois logo logo, é possível que só a veremos através das telinhas ou quem sabe nas grandes telas. Parabéns e boa sorte para esses grandes artistas locais.

Publicado em A Lupa, Editorial | 7 comentários

Sabor Oriental

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Quer ganhar uma caixa de deliciosos doces? – Participe da Sexta do Pilako

Ainda dá tempo de participar da SEXTA DO PILAKO. Cadastre-se e concorra a vários prêmios oferecidos por amigos empresários, profissionais liberais e artistas da cidade.

Aos que se cadastrarem, desejamos boa sorte e aos que queiram fazer suas doações entrar em contato pelo contato@blogdopilako.com.br ou mandar suas doações para nosso escritório na Praça Leão Coroado, 56 - Centro ou entrar em contato pelo 81 8437-5414.

Lembre-se, os sorteios serão realizados todas as quintas-feiras, para participar o internauta deverá se cadastrar na semana do sorteio em curso. Os sorteados terão até às 17h da sexta-feira para resgatar os seus prêmios.

Clique aqui e participe!

(clique e veja também os prêmios oferecidos nesta semana.)

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

Pitaco esportivo: Mito e Entendimento

O futebol é uma disputa e não uma guerra. Quer dizer, um ganha, mas o outro permanece vivo. A vitória de um não implica na morte do outro. Portanto, o torcedor deve alegrar-se com a sua vitória, não alegrar-se com a derrota do seu competidor. O Sport, o Santa Cruz e o Náutico são mitos na mente do torcedor. E o MITO é o primeiro estágio da mente na busca do ENTENDIMENTO. Quanto entendimento há, sobre a vida, na Mitologia greco-latina, por exemplo. Então, por que não transformar o MITO do futebol em ENTENDIMENTO, para desfazer o DESENTENDIMENTO?

Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Ricardo Rico canta “Paciência” – composta por Lima

Hoje disponibilizamos a música "PACIÊNCIA", composta pelo vitoriense Lima da prefeitura, na voz de Ricardo Rico (foto).

Paciência - Ricardo Rico Aldenisio Tavares
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

Esse negócio num tá caro não, Deputado?

No início da tarde de hoje (14) o deputado Henrique Queiroz se utilizou dos microfones da Rádio Vitória FM, juntamente com seu filho e alguns correligionários para fazer algumas considerações, como sempre algumas promessas, mas nada de absolutamente de  concreto.

Em certo momento do “discurso” o deputado se referiu a gestão anterior, que foi comandada por seu primo, o folclórico José Aglailson, acusando o mesmo de se ter cometido “um crime”, isso porque o deputado falou do estreitamento e aterramento do canal na rua da Estrada Nova por ocasião das construções irregulares com os terrenos “doados” pelo ex Prefeito.

Ora! O amigo Ednaldo Torres, que apresentava o programa, perdeu uma ótima oportunidade de perguntar ao deputado porque, na época, ele não os denunciou? Sequer tocou no assunto? Pelo que me consta Henrique já era deputado, salve engano, membro Titular na Assembleia Legislativa da comissão de Meio Ambiente e porque o deputado não fez um pronunciamento na tribuna da ALEPE ou denunciou no Ministério Público de Pernambuco, porque  só agora veio falar no assunto?

Eu queria saber do deputado onde foi que ele foi buscar os valores de 40 a 50 milhões, como estimativa, para se fazer um canal na referida rua? 40 a 50 milhões para fazer um canal em Estrada Nova?

Já que a obra tem haver com a grande quantidade de água que vem dos bairros adjacentes e deságuam na referida via, certamente custariam esses valores caso fossem realizadas pelas “construtoras de Carlinhos Cachoeira” já que com ele a “água” corre solta.

Publicado em A Lupa, Editorial | Deixar um comentário

Rádio Vitória FM não pode dar nem um “pio” sobre o assunto.

Durante estes poucos mais de 10  meses em que nosso blog está no ar, levando aos amigos internautas conterrâneos notícias, fatos, crônicas e opiniões, tendo como foco apenas  assuntos relacionados a nossa terra, servindo inclusive, como uma espécie de jornal diário da terra das Tabocas, aprovado e incentivado por uma grande quantidade de amigos, conhecidos e até anônimos, praticamente todos dias denunciamos o absurdo que é a “criação” de animais soltos pelas ruas da cidade.

Apenas para endossar aquilo que falamos, que em praticamente todos os bairros da cidade, uns mais, outros menos, existem animais circulando livremente pelas ruas, nossas lentes flagraram neste final de semana (12 e 13), em cinco bairros diferentes porcos se alimentando de lixos.

O Prefeito Elias Lira, que não está nem aí para o problema, segundo informações, já ordenou ao Diretor da Rádio Vitória FM, Luis Carlos que quer ser vereador, a proibição de qualquer menção ao assunto, até porque os ouvintes já estão cansados de fazer denúncias para a emissora e a mesma não colocam no ar. Luis Carlos e Elias certamente  imaginam que apenas omitindo informações aos ouvintes, vai resolver o problema, até porque, os mesmos estão confundindo o ditado popular: “o que os ouvidos não ouvem o coração não sente”.

Publicado em A Lupa, Editorial | Deixar um comentário

Comemoração Tricolor: nem tudo foi festa

Nas comemorações tricolores nem tudo foi festa, um grupo de torcedores do time do Santa Cruz “encurralou” alguns poucos torcedores do Sport em plena Praça da Matriz. Já na esquina da rua Joaquim Nabuco com a Avenida Silva Jardim, na esquina do Fórum, torcedores do próprio Santa Cruz entraram em confronto pela disputa de uma bandeira que caiu no asfalto, que depois de algumas “porradas”, de ambos os lados, onde alguns chegaram a dizer para apaziguar a situação: “calma gente, somos todos tricolores”. Mas a parada só foi resolvida com a chegada da polícia. Veja o vídeo:

Publicado em A Lupa, Editorial | Deixar um comentário

Polícia organiza festa para não atrapalhar a Missa

Por ocasião da migração de muito torcedores do Santa Cruz em direção a Praça da Matriz, ocorrida ontem (13), a polícia teve que intervir para que o barulho das festividades não comprometesse a tradicional Missa do domingo.

Publicado em A Lupa, Editorial | Deixar um comentário