Arquivo da categoria: Fala, Vitória!

Coluna do Escritor vitoriense Sosigenes Bittencourt

O HOMEM É ESCRAVO DO BOM TRATAMENTO

Em Recife, na avenida Domingos Ferreira, minha tia Ricardina ia sendo vítima de um assalto. Eram 3 pivetes, um maiorzinho e dois menores, queriam-lhe os pertences. E, aí, minha tia não podia se desfazer dos bens, pelo valor sentimental que … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Comendo Paima

Agora, inventaram essa expressão “comendo paima”. Coisa como “engolindo corda”, cuja vítima é o cacimbão. Mas, pegando carona na moda, esse é um tempo propício para otário cair em cantada de político sabido, raposa velha em influenciar candidatura. O poderoso passa a … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Gueixa, a sedução pela arte

Engana-se, redondamente, quem acha que a gueixa é uma versão oriental de nossa prostituta. A gueixa lá no Japão, e a prostituta aqui na esquina. Primeiro, porque para ser gueixa é preciso muitos anos de estudo, enquanto para ser prostituta não é preciso nenhum … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

MORTE DO MEU PAI

A morte do meu pai foi cercada de jovens chorando. Um pranto que demonstrava o liame sentimental que estabeleceu com seus sobrinhos, netos e bisnetos. Foi a revelação do quanto pode eternizara memória sentimental dos amparados. Foi isto que foi, o amor doação, … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

NOSTALGIA E MELANCOLIA

Os gregos designavam NOSTALGIA como a dor dos que viajam, a dor dos navegantes, de “nostós” e “algós” – viagem e dor. Ora, a nostalgia é a saudade que dói, mas a recordação de um prazer, a lembrança daquilo que se distanciou. … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Não ria se puder

Um dia de sábado, amanheci com um cidadão de Glória do Goitá em minha porta me perguntando se eu era Pai de Santo. Abismado com o paradoxo, pois nem cara de Pai eu tenho, quanto mais de Santo, resolvi interpelá-lo: … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

UM CERTO MÊS DE JULHO

Exatamente no mês que faz 59 anos que fui dado à luz, perco 3 seres humanos do mesmo ofício. Porque ninguém se diploma na arte de escrever. Escrever é destino, é-se escritor desde menino. No dia do meu aniversário, 19 de julho, dia … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

O HOMEM ACHA A PAZ CHATA

A guerra é o cúmulo da insanidade coletiva, é a única disputa em que não há vencedor. A guerra é a legalidade do crime. Pergunta a quem perdeu um filho, sobre a vitória. Quem foi o vencedor da guerra que … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

BRUNO versus ELISA

Bruno é um gato saltando sobre uma bola,  mas um leão sobre sua presa. Elisa era uma graça erótica, mas uma peregrina da própria desgraça. Bruno ganhava 200 mil reais para pegar bola, e Eliza, 200 reais para dar bola. Bruno deve ser rubro-negro, Eliza ficou rubra … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

MORTE DE ARIANO

Imagino Ariano Suassuna entrando no céu. Surge Uma Mulher Vestida de Sol e pergunta: – Ariano, você sabia que morreu? E o artesão do Auto da Compadecida: – E quem foi que nasceu pra não morrer? Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Não ria se puder

Sabe o que foi que o caminhão da Prefeitura do Recife encontrou na calçada do Hospital da Tamarineira? Um doido varrido. Sabe o que foi que um doente mental colocou na sua campanha a vereador no Recife? Tenha juízo, vote … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Sobre a Eternidade

Há quem pense que a Eternidade é depois da Morte.  Ora, se a Eternidade é Eterna, ela sempre foi e sempre será.  Então, a Eternidade é agora, ela é feita de “agoras”.  Não há Vida fora da Eternidade nem Morte na Eternidade.  Portanto, nós estamos na Eternidade. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

HORA DE PENSAR

Eu sempre tenho a impressão de que alegria é bênção e tristeza é padecimento. Por isso, quando estou alegre, penso em Deus, e, quando estou triste, penso em mim. Acho que tudo é resultado da ação do homem, o bem à bondade, e o mal … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Hábitos do Primeiro Mundo no Imundo

No Rio de Janeiro, atirar uma bituca de cigarro no meio da rua pode gerar multa. Basta o esquadrão da Guarda Municipal flagrar. Esse expediente é imitação do Primeiro Mundo, implantado no Imundo. E tem detalhe: se o sujismundo se … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

A PROPÓSITO DE SER PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Não há quem não tenha sido, um dia, presidente da República. E, logo, imaginado o que faria. Eis, portanto, a ideia que jamais me saiu da cabeça. Se eu fosse presidente da República, começaria por qualificar pessoas para tratar de CRIANÇAS e IDOSOS em Creches eCasas … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Verdades e Mentiras

Às vezes, é melhor ouvir uma mentira que faça rir, do que uma verdade que faça chorar. Já nos basta A MORTE como incontestável verdade. Todos nós nascemos sem pedir e morremos sem querer. Há pessoas que escolhem a verdade exatamente porque magoa. Escolhem-na a … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

NÃO RIA SE PUDER

Os argentinos perderam uma batalha naval para os ingleses,  nas Ilhas Malvinas, porque a Inglaterra é a Dona do Mar, e a Argentina é do Maradona. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

PITACO ESPORTIVO

Pelo menos, los hermanos serviram para provar que os alemães só ganham fácil quando pegam patota. A parada foi acochada. Bom lembrar, inclusive, que os norte-americanos também impuseram dificuldades aos germânicos. Enfim, os grandes babacas fomos nós, vaidosos por vaidade, vivendo das … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Não ria se puder

De tanto me dedicar aos dramas humanos, me esqueci de apreciar os bichos. Talvez, tivesse me decepcionado menos. Um dia, meu menino me perguntou: – Painho, o que é que aqueles porcos estão fazendo no meio da rua? – Porcaria, meu filho. … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Fragmentos

Não há melhor agasalho do que o abraço da pessoa amada. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Alemanha 7, Brasil 1

A esperança alimenta-se de vitórias, não de derrotas. De que nos serve esta derrota, para nutrir a esperança de sermos os melhores do mundo, pelo menos em termos de futebol, o que sempre julgamos ser? Quão ingênuos somos nós. Os alemães nunca se julgaram … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | 2 comentários

EU E MEU MENINO NO TEMPO DELE MENINO

Filhos são relógios, por onde contamos o tempo.  Quanto mais ficam jovens, mais envelhecemos. O menino: – Pai, estou com medo. Eu: – Começaste a sentir a dor da alma. O menino: – O que é alma? Eu: Para ter … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Fragmentos

O homem é um viandantea caminho da Salvaçãopelos pedregulhos do pecado. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

EU TIVE UMA NAMORADA EM CARUARU

Isso foi na década de 70. Eu era adolescente e achei de me engraçar de uma menina lá em Caruaru. Todo domingo, eu ia passear na pátria de Vitalino. Pulava da cama cedo, me enfatiotava todinho e ia pra BR, pegar ônibus. … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

A Paixão

A paixão é hipnótica, conteúdo mental invasivo.A paixão tem vontade própria. O apaixonado, não.A paixão é cega e vê, porque vê o que quer sem entender.A paixão é sentimento abdominal, nasce de baixo para cima.A paixão deve dar um sentido à vida, não um sentido à morte.A paixão é o aperitivo do … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Não ria se puder

Filhos de imigrantes japoneses são nissei. Netos de imigrantes japoneses são sansei. Filhos de brasileiros com cara de japonês nunsei. Sosígenes Bittencourt Perguntaram como seria topless em chinês. Resposta: Xen-Xu-Tian E como se fala pobre em chinês? Xen-Nada E “descalço”, … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Não ria se puder

Sabe o que foi que o caminhão da Prefeitura do Recife encontrou na calçada do Hospital da Tamarineira? Um doido varrido. Sabe o que foi que um doente mental colocou na sua campanha a vereador no Recife? Tenha juízo, vote … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

São Pedro

São Pedro, segundo a tradição, teria morrido em cerca de 67 d.C., e foi um dos doze Apóstolos de Jesus. O seu nome original não era Pedro, mas Simão. Cristo apelidou-o de Petros – Pedro, nome grego, masculino, derivado da palavra … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Tempo e sentimento

Envelhecer ao lado da pessoa amada é comprovar  que sentimento é além do tempo.  Nós sabemos que a morte é bem maior do que a vida,  mas precisamos entender que o amor é bem maior do que a morte. Sosígenes … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

LOUCO DA BOA LOUCURA

Eu sempre tive essa mania de escrever. Até que, em 1987, eu passei a escrever para ser lido. Ou seja, antes, eu escrevia para não esquecer ou não ter que me lembrar do que estava pensando. Na realidade, a gente escreve quando … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário