Arquivo da categoria: Fala, Vitória!

Coluna do Escritor vitoriense Sosigenes Bittencourt

Amor e Sexo – por Sosígenes Bittencourt

Há uma enorme confusão que se faz entre AMOR e SEXO. SEXO se pratica, AMOR se sente. SEXO é pessoal, AMOR é interpessoal. Ninguém faz AMOR, o que se faz é SEXO. Você pode praticar SEXO sozinho, mas não pode AMAR sozinho, ninguém ama ninguém, ama alguém. Você pode AMAR alguém … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

No tempo de eu menino – Doce Japonês – por Sosígenes Bittencourt.

Uma vez minha mãe disse a minha irmã que comida de rua era porcaria. Quando o doce japonês passou na porta de casa, minha irmã pediu a minha mãe: – Mamãe, compra porcaria pra mim. Comi muito as cocadas de dona Isabel, algodão … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | 1 comentário

Lenga-lenga entre Política e Economia – por Sosígenes Bittencourt.

Na realidade, é enorme a confusão que se faz, porque POLÍTICA e ECONOMIA são duas áreas distintas. A Política é uma invenção grega formidável para refletir a vontade dos homens, enquanto que a Economia passa ao largo da vontade dos … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

PADRE RENATO DA CUNHA CAVALCANTI – por Sosígenes Bittencourt.

Conheci padre Renato nos meus idos de menino. Havia meninos naquela época. Estudava na Escola Paroquial, sob a batuta maestrina de profª Luzinete Macedo. Bonita e asseada, educada e enérgica, explicativa, toda pedagógica. Foi lá que aprendi a conjugar o … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Filho indesejado – por Sosígenes Bittencourt.

Em cima de filho indesejado, nada mais inútil do que chibata moral e desespero. Justamente porque filho não programado é geralmente fruto de emoção desenfreada, apetite incontido. O procedimento deve ser sempre a preservação da serenidade em busca da razão, embora tardia, para solucionar questões … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

ABESTALHADO COM A VIDA – por Sosígenes Bittencourt.

Desde menino que eu sou abestalhado com a vida. A vida é uma loucura. Vivemos como se não fôssemos apodrecer, solitariamente, um dia. Nutrimos a esperança de sair voando para o céu, em forma de alma, alvos como um capucho de nuvem, … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Regulamentação da Prostituição – por Sosígenes Bittencourt.

Prostituição é um tipo de comércio antiquíssimo. Porque quando um quer vender, e o outro quer comprar, só Deus na causa. E não precisa de regulamentação nem diploma. Escritor e prostituta são formados na vida. O escritor põe o cérebro nas páginas da literatura, e a … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Felicidade – por Sosígenes Bittencourt.

Um cidadão, aqui na rua, amanheceu botando Roberto Carlos pra tocar. Imagine a música que você quiser do repertório do Rei e o palco do evento. O dia amanhecendo, o céu nublado e os passarinhos alvoroçados e cantantes, saltitando sobre … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

O Cabaré do meu tempo – por Sosígenes Bittencourt.

Eu estava na mocidade. O cabaré tinha muito o que nos ensinar. Foi no tempo em que um beijo engatava o sentimento amoroso. As prostitutas eram versadas na arte de enganar. Dava-nos a impressão de que nos amavam. Aquelas eram … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

CASO DE NÃO SE CASAR – por Sosígenes Bittencourt.

Por que o senhor não se casou ainda? – Medo de ter que fazer feira e levar menino pra parque de diversão. – Por que o senhor não se casou ainda? – Porque só caso por amor. – E o … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Racismo e Imaturidade – por Sosígenes Bittencourt.

O homem é o único animal que sabe que vai morrer. A pomba não sabe, a galinha não sabe. Portanto, o racismo não é uma consequência da diferença entre o branco e o preto. Racismo é falta de maturidade, deficiência … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

A mais linda assombração que me assustou.

Linda Blair foi a menina mais linda que eu vi no cinema. A despeito, transformaram-na na menina mais feia que eu vi no cinema. Passei noites me acordando, embora mais impressionado com a sua beleza do que com a feiura da … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

O bom tratamento – por Sosígenes Bittencourt

O ser humano é cativo do bom tratamento. Há diferença entre VER e OLHAR, OUVIR e ESCUTAR. Olhar é ver com atenção. Escutar é ouvir com atenção. Há quem conquiste, mostrando. Há quem conquiste, olhando. Há quem conquiste, falando. Há … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

NÃO RIA SE PUDER – por Sosígenes Bittencourt

Filhos de imigrantes japoneses são nissei. Netos de imigrantes japoneses são sansei. Filhos de brasileiros com cara de japonês nunsei. Sosígenes Bittencourt Perguntaram como seria topless em chinês. Resposta: Xen-Xu-Tian E como se fala pobre em chinês? Xen-Nada E “descalço”, … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Gueixa, a sedução pela arte – por Sosígenes Bittencourt.

Engana-se, redondamente, quem acha que a gueixa é uma versão oriental de nossa prostituta. A gueixa lá no Japão, e a prostituta aqui na esquina. Primeiro, porque para ser gueixa é preciso muitos anos de estudo, enquanto para ser prostituta não é preciso nenhum … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

CONVERSANDO LOROTA – por Sosígenes Bittencourt.

Um dia, eu estava conversando lorota numa roda de mulheres faladeiras quando uma delas se saiu com uma conversa meio fútil, mas interessante ao mesmo tempo. É que eu perguntei por uma menina que conheci, meio namoradeira, moradora do bairro, … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Sede ao pote – por Sosígenes Bittencourt.

Eu sei que chocolate faz bem à saúde, sei que contém polifenóis, flavonóides; que combate os radicais livres, é antioxidante, previne inflamações; que escavaca as coronárias, descolando-lhes a borra, desentupindo a hidráulica sanguínea; que enxágua nosso sangue, deixando-o limpinho, fininho, cheirosinho; sei … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

O lado bom da vida – por Sosigenes Bittencourt

Esta é uma das rosas que recebi por e-mail, remetido por dona Conceição Azevedo, leitora do meu blog. Chamada de Rosa da Sinceridade, escolhi como a mais bela. Sincero era Jesus, que agia como pregava. Dona Conceição é apaixonada pelo … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Se Deus é por nós, quem pode ser contra nós?

Mas, para tanto, é preciso saber fazer bom uso da VONTADE PERMISSIVA de Deus. Ou seja, Deus nos permite fazer escolhas e arcar com consequências. Por isso, não nos abandonou, dando-nos DISCERNIMENTO para avaliar o BEM e o MAL. Não há controle remoto monitorando nosso destino, … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

A QUENTURA QUE ESTÁ FAZENDO – por Sosígenes Bittencourt

A quentura que está fazendo não está no termômetro. No meu tempo, dir-se-ia que era a canícula abrasadora; que, no sertão, galinha estava botando ovo cozido, e vaca dando leite em pó. E seria só. Hoje, tem explicação. É o … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

O Tempo Voa – Presidente Castelo Branco

  Visita do Presidente Castelo Branco ao Hospital João Murilo de Oliveira – década de 1960. 

Publicado em Fala, Vitória! | 1 comentário

HORA DE PENSAR – por Sosígenes Bittencourt.

Eu sempre tenho a impressão de que alegria é bênção e tristeza é padecimento. Por isso, quando estou alegre, penso em Deus, e, quando estou triste, penso em mim. Acho que tudo é resultado da ação do homem, o bem à bondade, e o mal … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

ESTUDANDO PORTUGUÊS – por Sosígenes Bittencourt.

Pérfuro-cortante ou Perfurocortante? Eu preferiria estar falando de faca peixeira para os vendedores de peixe, mas, infelizmente, estou falando para os estudantes de Direito e os profissionais da área médico-legista. Quando forem escrever a palavra “perfurocortante”, lembrem-se de que deverão … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

O ENEM, nem… nem… – por Sosígenes Bittencourt.

(Aconteceu em 2010) Erro na organização e em quesitos da prova do ENEM parece brincadeira. É mesmo que fraude no concurso da polícia. Candidatos que fraudaram o concurso da polícia eram caso de polícia. Coisas brasileiras. Se há erro na confecção da … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Amigos – Gamela de Ouro

Na foto: Célio, Fernando e Nô Batista. Ao fundo Genário Matuto da Madeira. Gamela de Ouro – década de 1970.

Publicado em Fala, Vitória!, Sem categoria | Deixar um comentário

Seres Interdependentes – por Sosígenes Bittencourt.

Nós não somos totalmente dependentes, nem totalmente independentes, nós somos seres interdependentes. Vivemos um pendurado no outro. É ilusório pensar que viveremos nos amando e esse amor nos basta. Não há amor a si mesmo que dispense o amor do outro, que se … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Droga e contradições – por Sosígenes Bittencourt.

Adolescente não tem juízo para usar droga. Droga é para usuário, não para dependente. O usuário usa, o dependente não consegue viver sem usar. Droga não pode ser usada em público, por causa do direito do outro. O direito de não conviver com o … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

MÃE, MISSA E BIRIBIRI – por Sosígenes Bittencourt.

Mãe é uma invenção de Deus. Até quem não acredita num Ser Superior, fica desconfiado. Pode-se até analisar o caráter de um ser humano, pela maneira como trata sua mãe. Apesar de minha genitora ser evangélica desde que veio ao … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

NÃO RIA SE PUDER – por Sosígenes Bittencourt

(Na fila do banco) Falar a verdade sempre foi minha salvação e minha danação. Outro dia, eu estava numa agência bancária, e uma funcionária me orientou: – Cidadão, a fila de idosos é aqui. Aí, eu: – Minha filha, eu … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

NOSTALGIA E MELANCOLIA – Sosígenes Bittencourt.

Os gregos designavam NOSTALGIA como a dor dos que viajam, a dor dos navegantes, de “nostós” e “algós” – viagem e dor. Ora, a nostalgia é a saudade que dói, mas a recordação de um prazer, a lembrança daquilo que se distanciou. … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário