Arquivo da categoria: Fala, Vitória!

Coluna do Escritor vitoriense Sosigenes Bittencourt

Fragmentos

Investimento em educação é a maior economia. Economia em educação é o maior prejuízo. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Fragmentos

Este é o milênio da Solidariedade: Ou seremos soli(D)ários, ou seremos soli(T)ários. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

EU VI O MAR

Embora estivesse a negócio, eu vi o mar. O automóvel contornava a orla marítima de Boa Viagem, e senti a vibração coronariana e pulmonar e renal de estar a passear. Tudo mudava. Os negócios a resolver submetidos à vontade de nadar, uma … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | 1 comentário

FALTA DE EDUCAÇÃO PODE LEVAR À MORTE

A proposital degradação da família e a falta de instrução escolar de qualidade podem levar à morte. No meu tempo, menino não usava arma de fogo, não fumava maconha nem namorava nu. Aos 10 anos, eu não podia manusear uma … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

FRAGMENTOS

Saudade é o único sentimento que não morre quando se mata. É matando a saudade e morrendo de saudade. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

NASCIMENTO DE AGOSTO

Eu ontem, eu vi agosto nascendo. Agosto frio, brandamente açoitado pelo vento. Mês da procura de alguém para nos esquentar, pois não há melhor agasalho do que o abraço da pessoa amada.  Um agosto, eu namorei uma mulher morena, que me … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

FRAGMENTOS

Tudo que tem preço não tem valor, porque acaba. O que tem valor é o amor, porque nunca acaba. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Fragmentos

Os norte-americanos estão querendo saber quantos hectares tem a Amazônia. Devem estar querendo se apossar de algum terreno aqui no Brasil. Tudo que o norte-americano considera Patrimônio da Humanidade manifesta interesse em proteger. Por que não considera as crianças africanas … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

FRAGMENTOS

O sexo ficou para a cama, e os segredos do amor para o coração. Fuxicar intimidades é falta de educação. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

SÃO PEDRO

São Pedro, segundo a tradição, teria morrido em cerca de 67 d.C., e foi um dos doze Apóstolos de Jesus. O seu nome original não era Pedro, mas Simão. Cristo apelidou-o de Petros – Pedro, nome grego, masculino, derivado da palavra … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | 1 comentário

WESLEY DOAÇÃO

Nem todo Wesley é Safadão como se imagina. Depois de tanta arenga político-econômica por causa da bagatela de 575 mil reais, Wesley resolveu doar a mixaria aos pobres. Dá até impressão de que Caruaru precisa mais de Safadão do que … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | 2 comentários

Paulo Nascimento e a Banda Real

Paulo Nascimento e a BANDA REAL no CD “Me Faz Feliz”, com a composição deJoão Caverna, a música COCO DA CABRA, com a interpretação de Alcir Damião, Nici e Paulo Nascimento. Aldenisio Tavares

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

SÃO JOÃO – NO TEMPO DE EU MENINO

Das três maiores festas anuais, o São João é a mais singela e tradicional. O Ano Novo nos trespassa de tristeza, porque sugere a contagem do tempo e amontoa os mortos. Abrimos álbum de retrato e botamos pra choramingar. O Carnaval é … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

FRAGMENTOS

O sexo ficou para a cama, e os segredos do amor para o coração. Fuxicar intimidades é falta de educação. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

A GLAMOUROSA CHUPETA DO SATANÁS

No tempo de eu menino, ninguém sabia que cigarro entupia os alvéolos pulmonares, provocava enfisema, dava câncer. Quanto mais, menino. Papai comprava cigarro americano importado e colocava no guarda-roupa. Tinha Half and Half, Marlboro e Pall Mall. O cheiro era … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

FRAGMENTOS

O sexo ficou para a cama, e os segredos do amor para o coração. Fuxicar intimidades é falta de educação. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

FRAGMENTOS

Este é o Milênio da Solidariedade: ou seremos soli(D)ários, ou seremos soli(T)ários. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

TODO EXTREMO É VENENOSO

Ninguém tem tanto juízo para lidar com o poder que os governantes do mundo têm. O homem não nasceu para ser tão pobre que chegue a desconfiar da existência de Deus, nem tão poderoso que chegue a pensar que é Deus. … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

PITACO ESPORTIVO – Peru 1, Brasil 0

Aos 95 anos, o jornalista Hélio Fernandes ainda diz que “No Brasil, o dia seguinte sempre consegue ficar um pouquinho pior do que a véspera.” É assim, ultimamente, a partir da Delação Premiada; foi assim no dia em que a … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Fragmentos

A natureza fala, em silêncio, por isso é preciso silêncio para entender sua mensagem. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

O NAMORO É ESSENCIAL

Todos temos de ter um objeto de namoro. Às vezes, um animal; às vezes, um livro. Todos temos necessidade de namorar. Às vezes, um trabalho; às vezes, a VIDA. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Fragmentos

O ANOITECER é a hora da SAUDADE. O AMANHECER é a hora da ESPERANÇA. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Fragmentos

Não há melhor agasalho que o abraço da pessoa amada. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

FRAGMENTOS

Como pode a criança ser tão curiosa, e os adultos aprenderem tão pouco com a curiosidade que tinham?  Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

SUELY

Nunca mais eu vi Suely. Desde a década de 70 que eu não vejo Suely. Suely morava naquela rua ao lado da Praça Duque de Caxias – na calçada onde foi um banco e depois um supermercado. Suely era bonitinha … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

CONVERSANDO LOROTA

Um dia, eu estava conversando lorota numa roda de mulheres faladeiras quando uma delas se saiu com uma conversa meio fútil, mas interessante ao mesmo tempo. É que eu perguntei por uma menina que conheci, meio namoradeira, moradora do bairro, … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

RECADO À VAIDADE

Acorda, vaidade, o tempo está passando e já estás precisando do que rejeitas por vaidade. A dor do tempo não conhece vaidade, e vaidade não cura enfermidade. Vaidade é coisa vã e de pouca duração, e toda grandeza prospera na … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

VALDEMIRO, MILAGRE E IMPOSTO DE RENDA

Perguntado, certa vez, sobre o que eu achava do Bispo Valdemiro Santiago, objetivamente, respondi: O Estado não tem nada a ver com a comunhão entre a “Fé” do bispo e seus enfermos. A Ciência não tem. A Bioética não tem. … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | 1 comentário

ESSE MÊS DE JUNHO

Esse mês de junho é, sem dúvida, o mês mais excitante e debochado do ano. Só se fala em namoro, beijo, a Espada de Apolo refletida no Espelho de Vênus. O mundo levanta a saia, desabotoa-se, caem os panos. É … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

FRAGMENTOS

Tudo que tem preço não tem valor, porque acaba. O que tem valor é o amor, porque nunca acaba. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário