Arquivo da categoria: Fala, Vitória!

Coluna do Escritor vitoriense Sosigenes Bittencourt

CRISE SACRIFICA O CRISTO

Crise crucifica o carioca e sacrifica O Cristo, horrorizando a Cidade Maravilhosa. Cristo era humilde e operava milagre, mas, no Rio de Janeiro, o Cristo Redentor, “de braços abertos sobre a Guanabara”, custa 5 milhões por ano e precisa da … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

MANGA COM SAL?

Como eu fui criado chupando manga SEM SAL, nunca me acostumei com essa modalidade de chupada, essa aventura estomacal. E ainda há quem lambuze a fruta na laminha do sal com vinagre. Na feira, a primeira pergunta era a seguinte: … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

MARIA BETÂNIA VITORIANO PEREIRA – A menina de dona Jucélia

Eu conheci, no curso Ginasial, as 7 Maravilhas do Mundo Antigo: A Estátua de Zeus, O Colosso de Rodhes, o Templo de Ártemis, O Mausoléu de Helicarnasso, As Pirâmides de Gizé, O Farol de Alexandria e Os Jardins Suspensos da … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Fragmentos

Aprendi a gostar do que faço, para fazer o que gosto. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

OS PODERES DE RENAN

Quem espantou-se com a arrogância ou empáfia do senhor Eduardo Cunha, não conhecia Dr. Renan Calheiros. O cidadão é abusado e só faz o que lhe dá na telha. Não recebe serventuário da Justiça, não assina nem cumpre ordem judicial … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | 1 comentário

QUEM QUER CASAR COM ELIZE MATSUNAGA?

Quem quer casar com Elize Matsunaga, viúva de Marcos Kitano? Elize era boa mãe, cuidava da menininha e nunca foi vista pela folguista Amonir, arengando com Yoki. E até chorou, em 2012, interrogada na Barra Funda. De paletozinho preto, sapatilha … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

HOMENAGEM A DILSON LIRA

Essa história de homenagear Dilson Lira é uma invenção arretada. E não custa parabenizar a Academia Vitoriense de Letras que promoveu Recital em sua memória. Se lá onde estiver, puder me ler, estará sorrindo, como sempre sorriu com minhas expressões. … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Fragmentos

A diferença entre Herodes e os assassinos de nosso tempo é que Herodes não era pai das crianças que mandou matar. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

VANDALISMO, MANIFESTANTES E MANIFESTADOS

Vandalismo é ódio desorganizado. O sujeito que arenga com a esposa e chuta o cocão do cachorrinho não sabe o que faz com o ódio que sente. Nas passeatas de protesto, existem MANIFESTANTES e MANIFESTADOS. O mascarado que revira o … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | 1 comentário

Fragmentos

O coração que ri não dá asas ao sofrimento porque palpita de esperança. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Fragmentos

O povo não sabe o que é INFLAÇÃO nem DEFLAÇÃO, sabe o que é AFLIÇÃO. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

MORTE DE FIDEL CASTRO

Eu nunca tive adoração por Fidel Castro nem o considerei um astro. Não gosto de quem castra nada, sobretudo ideia e palavra. Fidel Castro nunca confiou na política norte-americana, os norte-americanos nunca confiaram em Fidel Castro, e eu nunca confiei … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

A FELICIDADE

A felicidade não é um grande evento que irá acontecer um dia. A felicidade é feita de momentos felizes. Portanto, a felicidade pode ser a qualquer momento, em qualquer lugar. É ilusório pensar que trabalhamos a semana inteira para sermos … Continue lendo

Publicado em Editorial, Fala, Vitória! | Deixar um comentário

ALUNOS ESMOLAM PARA PROFESSORES

No Rio Grande do Sul, alunos de escolas estaduais vão às ruas estender a cuia à caridade pública para arrecadar dinheiro e alimentos para socorrer professores recebendo salário parcelado. Já tem aluno passando exercício para os colegas a fim de … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

FRAGMENTOS

Antes de pedir saúde, faça uma dieta. Antes de pedir paz, guarde suas armas. Antes de pedir prosperidade, arregace as mangas. Antes de pedir amor, tente perdoar. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

FRAGMENTOS

O sexo ficou para a cama, e os segredos do amor para o coração. Fuxicar intimidades é falta de educação. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

FRAGMENTOS

Saudade é o único sentimento que não morre quando se mata. É matando a saudade e morrendo de saudade. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

AMOR E PAIXÃO

Se você se casa para fazer o outro feliz, você ama; quando você se casa para o outro fazer você feliz, você está apaixonado. A paixão é cega e egoísta. Você vê no outro o que o outro não é e exige … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Fragmentos

*Não há nada mais eterno do que o passado, pela impossibilidade de modificá-lo. *Vejo poesia em tudo. Por isso, ando pela calçada. *Somos excelência em ciência e tecnologia, mas pobres em sabedoria. *Há amores acidentais e amizades essenciais. *Ando à … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

FRAGMENTOS

Eu não consigo torcer contra o Brasil. A esperança nutre-se de vitória, não de derrotas. Sosígenes Bittencourt 

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

A QUENTURA, MURIÇOCAS E BARATAS

O tempo esquentou na Primavera. E com a quentura, ou variação de temperatura, ora fresca, ora escaldante, muriçocas e baratas são bem-vindas. Baratas já desfilam pelas calçadas, de sapato alto e antenas ligadas, muriçocas já migram em revoada, executando sua … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | 1 comentário

Fragmentos

Os estudantes de vestibular estão carecas de saber que não se passa em vestibular sem saber. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

FRAGMENTOS

Antes de pedir saúde, faça uma dieta. Antes de pedir paz, guarde suas armas. Antes de pedir prosperidade, arregace as mangas. Antes de pedir amor, tente perdoar. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

ENEM, NEM TANTO

Às vezes, eu sou acusado de meter o bedelho onde não sou convidado. Mas, matutando sobre o ENEM e outras práticas examinadoras e educativas, observo alguns aspectos que preciso desembuchar. Por exemplo, nunca entendi por que tanto assunto no crânio de um … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Fragmentos

Os ricos se preocupam com a Bolsa de Valores. Os pobres se preocupam com a bolsa sem valores. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

FRAGMENTOS

(Ser por não ser) Eu sou um homem feliz: não sou patrão nem sou empregado,  não sou rico nem sou pobre,  não sou casado nem solteiro,  não sou velho nem sou jovem. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

HALLO RUIM

Penso que o halloween daria muito bem para ser uma festa para adultos, uma sátira, com bom humor e sensualidade. Fantasias vampirescas, risadas abracadabrantes e chupada no pescoço. Não vejo nada que sirva para criança. – Painho, deixa eu ir … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

NO BAR DA COCHEIRA

O Bar da Cocheira fica como quem vai para o Matadouro. É uma casa de família. O barzinho é um fundo de quintal, de dona Léo de Zé Pedreiro. Quando bate a tardinha, sobe aquele aroma adocicado de chiqueiro de porco, relembrando … Continue lendo

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Fragmentos

Antes de pedir saúde, faça uma dieta. Antes de pedir paz, guarde suas armas. Antes de pedir prosperidade, arregace as mangas. Antes de pedir amor, tente perdoar. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

FRAGMENTOS

(Ser por não ser) Eu sou um homem feliz: não sou patrão nem sou empregado,  não sou rico nem sou pobre,  não sou casado nem solteiro,  não sou velho nem sou jovem. Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário