EU PRECISO TE ENCONTRAR – WATUSI

EU PRECISO TE ENCONTRAR
Composição de Aldenisio Tavares e Samuka Voice
Na Voz de WATUSI
Arranjo de Sandro do Acordeon
Gravação no SPG Studio de Samuka Voice

Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

LAIKA: a cachorrinha que foi sacrificada por todos nós…

Em tempo de redes sociais, na quais qualquer pessoa do planeta poderá emitir opinião sobre todo tipo de questão – não necessariamente com a mínima propriedade para tal – é possível se dizer que  “embarcamos” num mundo nunca antes pensado. Lembremos, então, que por conta de opiniões divergentes muita gente morreu em brasas (fogueiras), em espetáculos promovidos nos espaços públicos.

Estamos vivenciando também, sob o patrocínio do segmento industrial “pet”, a chamada “humanização dos bichos". Cachorro e gato, por exemplo, agora, são considerados entes das famílias.

A tal civilidade, tão evocada nessa corrente de pensamento, deveria nos proporciona um entendimento de que a vida de todos os animais tem o mesmo valor e o mesmo sentido. Racionalmente falando não podemos achar, por exemplo, que um cachorro seja merecedor de uma festa de aniversário ao passo que um bode, simplesmente,  nasceu apenas para nos servir de alimento, após sua fase de crescimento e engorda. Essa ideia foge totalmente do princípio da razoabilidade...

Pois bem, na última sexta, 03 de novembro, comemoramos sessenta anos do lançamento do primeiro ser vivo ao espaço. A “figura” escolhida pra o sacrifício, foi uma cachorrinha vira-lata,  recolhida nas ruas de Moscou – União Soviética.

Laika, “premiada” entre meia dúzia de similares para entrar para história, foi ungida pelo seu caráter esperto, por ser dócil e ser portadora de um olhar curioso. “Pedi a ela que nos perdoasse e chorei ao acariciá-la pela última vez”, explicou, à época, a bióloga russa que fez parte da missão. Tudo isso ocorreu no ápice da chamada “Guerra Fria”, travada por décadas,  entre EUA e URSS.

Diante de todas essas informações peguei-me a imaginar: Já pensou se no momento atual alguém anunciasse que iria enviar um cachorro ao espaço, mesmo sabendo que ele não  mais voltaria ao convívio dos humanos? O que os internautas, do mundo inteiro, iriam escrever nas redes sociais sobre esse episódio? Os conceitos, ao longo do tempo, realmente, mudam e nos sugerem, muitas vezes, mudar com eles, afinal não vivemos numa ilha.....

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

“Seu” Orlando de Souza Leão: DE BEM COM A VIDA!!

Comemorando sessenta e um anos de união – cinco de namoro e cinquenta e seis de casado – “Seu” Orlando de Souza Leão convocou um grupo de amigos para uma rodada de comes e bebes na sua residência, corrida na tarde do domingo (05).

“Seu” Orlando, “Tricolor do Arruda” apaixonado, é a representação maior daquilo que todo bom farrista, dançarino e boêmio gostaria de ser.  Com quase oitenta e cinco anos de idade mantém sua rotina intacta. Atualizado e aberto a todo tipo de conversa, fala do passado, do presente e do futuro com mesmo grau de interesse e entusiasmo. De sorte que, compartilhar do seu convívio, me é sempre uma ótima oportunidade de mergulhar na Vitória que o tempo levou.

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

Em reunião ordinária Instituto Histórico recebe mais uma peça para o seu acervo.

Aconteceu na manhã do domingo (05) a reunião ordinária do nosso Instituto Histórico que, entre outros objetivos, debateu a pauta do evento alusivo às comemorações dos sessenta e sete anos da instituição, que acontecerá no próximo dia 17.

A solenidade contará com aposição de fotografias, tomada de posse de novos sócios, entrega de títulos, abertura de exposição e palestra proferida pelo secretário do Instituto Arqueológico Pernambucano, Reinaldo Carneiro Leão, sobre a formação dos principais engenhos vitorienses. Após a sessão solene será servido um coquetel.

Através da professora e artista vitoriense, Marilene, juntamente com seu irmão, a reunião do domingo também contou com um momento teatral.

De maneira espontânea e cívica o casal,  Ednaldo e Terezita Torres, fizeram a doação de uma câmera filmadora para o acervo do Museu da “Casa do Imperador”. Entre as muitas imagens captadas pela mesma estão os carnavais de mais de uma década da nossa terra. Na ocasião, realizamos um pequeno vídeo com o casal amigo.

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

Convite – AVLAC

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

Momento Vitória Park Shopping

O Novembro é Azul por um motivo muito importante: no Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer. Por isso a prevenção é tão importante. O VPS apoia esta causa e lembra aos seus clientes e amigos sobre a necessidade de ir ao médico. Sua vida fica melhor com prevenção! 💙

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Momento PITÚ

Caldinho de feijão, de peixe e Pitú. Tem coisa melhor? Simbora aproveitar o fim de semana cheio de caldinho, minha #NaçãoPituzeira!#vivaaresenha

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Momento Cultural: Arrepios – por GUSTAVO FERRER CARNEIRO

Gustavo Ferrer Carneiro Despercebidos E inocentes Lá vem os arrepios Mexer com a alma da gente Outra vez as sensações A vontade de um carinho Mais profundo De um beijo guardado De saudade do mundo Que vivemos conscientemente E que fica para sempre em nossas lembranças Entre sussurros, recordo momentos E não me arrependo De atos ou fatos vividos Mesmo que loucos ou transgredidos Pois meu corpo em sintonia Agradece ao teu em constante harmonia E talvez por pura teimosia Não paro de te amar E de sentir tua falta Não tenho pressa Tenho calma Quero conhecer não só teu corpo Mas tua alma Para isso, te imploro, Me beija, teu beijo é um presente Que adoro E o teu abraço Deixa meu corpo ardente Te amando sem cansaço Um beijo amado Que vai subindo e vai descendo Desliza no meio das nádegas Sobe pelas costas Até encontrar tua nuca Teus cabelos afastando Tuas orelhas volteando Arrepiando e buscando Teus lábios entreabertos Com essa sede de viver Aguenta, coração Experimenta a sedução Tenta e atenta Nessa total imensidão Abusa Elambuza Tiro a roupa Te deixo louca Sua Suor salgado Sal impregnado Tua pele na minha Minha carne na tua Em meus lábios Me matas a sede Na fonte dos teus prazeres Sede de meu tesão Pura transgressão Teu sexo No meu sexo Infringindo preconceitos Ou regras Braços e abraços Bocas e línguas Desejos hostis Deixa correr Deixa rolar Na cama ou na lama Na vontade de te amar Vamos Agora a sempre Amar pensando no mundo Um você e eu, juntos Um gozo que seja profundo No amor em um corpo único... (MOSAICO DE REFLEXÕES – GUSTAVO FERRER CARNEIRO – pág. 19).
Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Reunião do IHGVSA (2003)

ZITO MARIANO, HÉLIO CAMPOS, JORGE ESTEVÃO, DJALMA DA FARMÁCIA, DIVA HOLANDA, EUNICE XAVIER, SEVERINA MOURA, MARLI PEDROZA, CARLOS FREIRE, CRISTIANO PILAKO, JOÃO ALVARES ENTRE OUTROS. FOTO REGISTRADA EM MAIO DE 2003.

 
Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Momento Grau Técnico Vitória

Garanta o seu futuro profissional estudando na maior rede privada de Ensino Técnico do país. São diversos cursos para você escolher o que mais combina com os seus sonhos e começar a mudar de vida agora mesmo. Quem pensa no futuro, faz Grau Técnico. #GrauTecnico

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

FRAGMENTOS

Aprendi a gostar do que faço, para fazer o que gosto. Sosígenes Bittencourt
Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Toni Amorim: 50 anos de composições

Homenageamos o compositor vitoriense Toni Amorim, disponibilizando a música "CIÚME, TEMPERO DO AMOR" de sua autoria, interpretada pelo também vitoriense Ricardo Rico. A música é integrante do álbum Toni Amorim: 50 anos de composições.

Ricardo Rico - Ciúme, Tempero do Amor de Toni Amorim Aldenisio Tavares
Publicado em Editorial | Deixar um comentário

Segunda Festa da Saudade: VÍDEO OFICIAL – SHOW DE BOLA!!!

Relembrar as coisas boas nos faz um bem danado. Diz uma máxima popular que na vida não existe felicidade, e sim “momentos felizes”. De sorte que registramos, em boa medida, na  Segunda Festa da Saudade, ocorrida no dia 16 de setembro, no Clube dos Motoristas “O Cisne”, uma espécie de “momento de felicidade coletiva”.

Confeccionado pela empresa vitoriense Duo Studio Produções, com imagens de Bruno Freitas, entrevista e roteiro de Priscylla Ingrend, estamos publicando o vídeo oficial da Segunda Festa da Saudade. Nele, as imagens não mentem. Num cenário de alegria, descontração e confraternização, indiscutivelmente, celebramos um bom momento social/dançante, na Terra da Pitú.

Com homenagem ao amigo festeiro, Paulo Freitas, entrevistas exclusivas, muita música e dança, aproveitamos para dedicar esse roteiro aos nossos patrocinadores e, principalmente, a todos amigos que compareceram para concretizar a festa conosco.

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

A imprensa na Terra de Antão Borges Alves…

No próximo domingo, 05 de novembro, nossa cidade, Vitória de Santo Antão, comemora os 151 anos da chegada da imprensa. Com o jornal “O Vitoriense”, impresso em gráfica própria pelo seu proprietário, Antão Borges Alves,  inaugurou-se nas nossas terras um novo tempo, sobretudo na vida artística.

Realcemos, porém, que o primeiro equipamento para se produzir jornal só chegou ao Brasil em 1808, com a chegada da Família Real, fugida da Europa por conta tropas francesas, lideradas pelo lendário Napoleão Bonaparte.

Vitória foi a quinta cidade de Pernambuco a ter jornal próprio. Repousa no nosso Instituto Histórico um sem números de exemplares de todos os títulos catalogados, cerca de duas centenas. É bem verdade que nesses cento e cinquenta e um ano de imprensa as coisas mudaram. Com a chegada do rádio, da Televisão e da internet a configuração da imprensa mudou.

Na figura do jornalista José Edalvo, editor-diretor do Jornal da Vitória, quero  parabenizar  todos aqueles que fizeram e fazem da arte da pena um ideal de vida. VIVA A IMPRENSA ANTONENSE!!!

Publicado em Editorial | 1 comentário

Colégio Projeção: UMA BOA INICIATIVA!

Dias atrás, através de um vídeo postado nas redes sociais, acompanhei a vista de um grupo de alunos (crianças) aos monumentos da nossa Vitória de Santo Antão. Nessa aula de campo, por assim dizer, os pequeninos estudantes recebiam as devidas explicações da professora. Faziam suas anotações e certamente seriam arguidos posteriormente.

Pois bem, até então, nunca havia tomado conhecimento que outro educandário tenha realizado tal atividade. Iniciativas como essa só produz coisa boa. Se apropriando do conhecimento essas crianças passarão reproduzi-los, sobretudo aos pais. O “não saber” é principal motivo da indiferença.

Portanto, contar nossa história de maneira prática, realçando  os nossos monumentos e os motivos pelos quais eles foram construídos, indiscutivelmente,  oportuniza mudança de atitude na população. Eis aí, então, um bom motivo para aplaudir a iniciativa do Colégio Projeção.

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

Internauta Nôzinho comenta no blog

Comentário postado na matéria "Palestra sobre a história da Vitória na reunião festiva do Lions Clube.".

Grande Pilako Fiquei feliz por ter sido você o palestrante na ocasião de nossa festiva na noite de 31/10.E ainda mais pela fala simples, porém marcante em nosso feitos e fatos que marcou a história de nossa Vitória de Santo antão.Muito obrigado pela honra de nos ter dado esse privilégio.

Nôzinho

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

Convite – AVLAC

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

Momento Vitória Park Shopping

Escolha o seu e aproveite o fim do mês no#GrupoCine!
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Momento Cultural: Jesus Cristo – por João do Livramento

garanhuns 003-1 Para falar de Jesus Cristo Nós precisamos entender Que ele sofreu todo calvário Pra nossa alma não perecer Esta dívida da humanidade Eu e você é quem produz A cada dia nós pregamos Jesus Cristo em nossa cruz As cusparadas em sua face São proferidas por rejeição A filosofia do jesus homem Que não adentra o coração Gananciosos o esbofeteiam E o açoitam todos mesquinhos Cada aborto é o que terce Sua coroa de espinhos É flagelado pelos corruptos E por mentirosos caluniado Os violentos com suas lanças Sempre o atingem abrindo o lado No indigente as suas sedes Com amargor são saciadas Porém se a sede for de justiça As suas pernas serão quebradas Só cessará tal sofrimento Se a humanidade compreender Que quando fere seu semelhante A Jesus Cristo faz padecer João do Livramento.
Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Momento PITÚ

A minha #NaçãoPituzeira sabe que uma resenha massa tem que ser com responsabilidade. Por isso, na hora de dividir uma pituzinha com a galera nada de pegar na direção, viu? Quero ver os pituzeiros e as pituzeiras dando exemplo. #vivaaresenha

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Lançamento do livro do Professor José Miranda.

Foto registrada durante o Lançamento do livro do professor José Miranda. Ano não registrado.

Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Momento Grau Técnico Vitória

Focando na sua capacitação, todos os cursos oferecidos do Grau Técnico contam com uma disciplina de Informática para que você possa aperfeiçoar os seus conhecimentos! #GrauTécnico#PenseNoFuturo

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Fragmentos

É preciso fazer boa leitura da realidade. Porque o mal que tu percebes pode ser o princípio de um bem a ser percebido. Sosígenes Bittencourt
Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Forró de Severina – Nordestinos do Forró

Ouça a música FORRÓ DE SEVERINA, composta por Aldenisio Tavares e Samuka Voice, na voz de "Nordestinos do Forró". Forró de Severina - Nordestinos do Forró Aldenisio Tavares
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

Apelidos Vitorienses: BAIANO.

Sem ter nenhuma referência ao estado da federação que atende pelo nome da Bahia, o amigo vitoriense,  João Caetano Batista Filho, foi rebatizado pelo apelido de “Baiano” de maneira que o próprio não encontra explicação. Desse ele: “minha prima, na brincadeira, me chamou de João Baiano”.

Pois bem, contou-nos o senhor João Caetano Batista Filho -  hoje com sessenta e quatro anos -  que foi sua prima, que se chama Rosa e morava na cidade pernambucana de Igarassu, ao vir passar um final de semana na sua casa, em Vitória, que lhe “batizou” por baiano. “Na escola, as pessoas me chamavam por João ou Joãozinho”, falou o “Baiano”.

Desde pouco mais dos dez anos que o senhor João é chamado pela alcunha. Ao servir o Exército Brasileiro, através do nosso Tiro de Guerra, seu nome de “guerra” passou a ser Caetano. Aliás, nos dias atuais,  só as alguns companheiros dessa jornada é que não lhe chamam pelo apelido. O seu instrutor, Major Eudes, e o companheiro de turma, o amigo Ozias Valentim, são dois bons exemplos.

Portanto, eis aí um vitoriense que ficou mais conhecido na cidade pelo apelido de que pelo o  próprio nome. Assim sendo, o senhor João  Caetano Batista Filho é mais que destacamos para fazer parte do nosso genuíno projeto,  que atende pelo nome de “APELIDOS VITORIENSES”.

Publicado em Apelidos Vitorienses III | Deixar um comentário

Palestra sobre a história da Vitória na reunião festiva do Lions Clube.

Na categoria de palestrante participei, na noite de ontem (31), da reunião festiva do Lions Clube Vitória Centenário. Tendo como tema central a história da nossa Vitória de Santo Antão, durante os poucos mais de cinquenta minutos em que estive ao microfone, elencamos, entre outras coisas,  o sentido do surgimento da nossa cidade, suas datas importantes e os seus respectivos significados, o melhor e o pior momento da nossa história, nossas transformações econômicas e sociais, assim como o surgimento da “figura dos bichos” no secular carnaval vitoriense.

Após os informes regimentais da instituição o encerramento do encontro foi celebrado com  um lanche  reforçado. Aos diretores da instituição, agradeço pela oportunidade que me foi dada para falar sobre a história da nossa polis, afinal, O CENTRO DO MEU MUNDO É A MINHA CIDADE.

 
Publicado em Editorial | 2 comentários

Batfino ou João Vitor: qual vai ser o “otário”?

Dias atrás, após o time colombiano vencer o Sport Clube Recife na Ilha do retiro, pela Copa Sul-Americana, testemunhei o debate futebolístico entre dois torcedores emblemático da Vitória de Santo Antão. Batfino e João Vitor, rubro-negro do Leão e Tricolor do Arruda, respectivamente, são amigos, independente de qualquer coisa, aliás, como deveriam ser todas as pessoas que gostam de futebol, mesmo que sejam torcedores de times  diferentes. Brigar por conta de futebol é algo descabido!

Pois bem, conversa pra lá, conversa pra cá, o amigo João Vitor, gozador por natureza, disse, em tom de deboche,  que era torcedor do Barranquilla desde criancinha. Batfino, sentiu-se ferido!! Cantou-lhe uma aposta, dizendo: “pego um gol e sou Sport no jogo da volta. Casa cem reais, otário!”.

Pois bem, eu, na qualidade de torcedor do  tipo “Paraguai” do timbu, fiquei no meio desse “fogo-cruzado”. Veja o vídeo e tire suas conclusões:

Publicado em Editorial | Deixar um comentário

O internauta Manoel Carlos comenta postagem sobre os 500 anos da Reforma Protestante.

Em função da minha postagem de ontem (31), realçando os 500 anos da Reforma Protestante, o amigo e internauta Manoel Carlos, produziu um comentário que reproduzo abaixo. Entre outras coisas,  ele coloca: “o protestantismo é um primeiro e irreversível passo rumo ao ateísmo”. A frase é forte e polêmica. Boa leitura:

"Querido Pilako a dita “reforma protestante” é tida por muitos estudiosos como algo que não surgiu pronta, como pensam alguns, mas foi ao longo de décadas, séculos se moldando ao gosto de muitos teólogos, governos, etc. Vários mitos são hoje propagandeados sobre a mesma. Alegam alguns que a dita “libertou” o homem da escravidão de verdades dogmáticas, e que nesta toada ajuda a fundar um estado moderno. Será mesmo? O filosofo Olavo de Carvalho em artigo primoroso analisa os desdobramentos da dita reforma. Veja: “Um dos mitos preferidos da cultura americana é o de que a Reforma protestante foi uma das fontes principais da liberdade religiosa, dos direitos individuais e da proteção contra os abusos de um governo central. Some-se a isso a falsa crença weberiana (ou semiweberiana) de que a “ética protestante” gerou o capitalismo, e a única conclusão possível é que o cidadão de hoje em dia deve a Lutero e Calvino, no fim das contas, praticamente todos os benefícios legais, políticos e econômicos de viver numa democracia moderna. Mas tudo isso é propaganda, não História. Desde logo, a supressão da autoridade política da Igreja – um dos objetivos declarados da Reforma, que nisso concordava perfeitamente com Maquiavel – liquidava toda mediação espiritual institucionalizada entre o governo e o povo, reduzindo a sociedade a um campo de disputa entre duas forças apenas: de um lado, uma poeira dispersa de consciências individuais com suas crenças subjetivas infindavelmente variadas e variáveis; de outro, a vontade de ferro do governante, consolidada na doutrina da “Razão de Estado”, necessidade incontroversa à qual ninguém podia se furtar. Não é preciso dizer qual dessas duas forças acabou por prevalecer. O clássico estudo de Bertrand de Jouvenel, Du Pouvoir, Histoire Naturelle de sa Croissance (1949), demonstrou de uma vez por todas que o crescimento do poder do Estado, com a consequente atrofia das liberdades individuais, é a mais nítida constante da História ocidental moderna, pouco importando se falamos de “democracias” ou de “ditaduras”.” (http://www.olavodecarvalho.org/heranca-e-confusoes/) Caro amigo: moralmente os frutos da reforma protestante são fracos: os Luteranos de hoje nada lembram o próprio Lutero. O Lutero que rompeu com Roma (talvez num primeiro momento não tenha rompido com o catolicismo) manteve seu amor a Maria Santíssima, cria na Santa Eucaristia, reverenciava as Imagens Tridimensionais, pugnava pela Sucessão Apostólica dos seus Bispos e padres, e, inclusive, era dogmático. Lutero aparenta ter querido mais romper com a submissão a um poder temporal do que com o catolicismo propriamente. Mas, de toda sorte, a evolução da dita reforma, se olhada pelos frutos modernos ver-se-á que é um fracasso retumbante, moralmente. Alguns, caro pilako, querem pontuar que desde seu surgimento o capitalismo se instala. Veja esta análise: “Em meados do século 18, decorridos nada menos do que dois séculos da Reforma protestante, a França católica ainda era o país mais próspero e culto da Europa, enquanto a Alemanha, berço de Lutero, jazia no atraso econômico e cultural mais abjeto, ao ponto de que o alemão não tinha sequer se consolidado como língua de alta cultura (os intelectuais escreviam em francês ou latim). Ainda em meados do século 19, foi em Paris que pela primeira vez um governante alemão, Otto von Bismarck, percebeu que era importante para cada nação ter uma classe média educada, modelo que ele então procurou implantar no seu país, apenas com signo religioso invertido, perseguindo os católicos e fomentando a educação protestante.”

Pilako “o protestantismo é um primeiro e irreversível passo rumo ao ateísmo”. Os países que primeiro foram engolidos pelo luteranismo e pelo calvinismo (e, no caso da Inglaterra, pelo Anglicanismo) são aqueles que, hoje, rejeitam os valores cristãos. Liberam antes de todos os demais países as drogas, equiparam uniões gay ao matrimônio, permitem a eutanásia e o aborto e possuem baixíssima natalidade. A promoção do ateísmo pelo protestantismo foi intencional? Certamente que não. Mas foi uma consequência inevitável do esvaziamento da doutrina cristã ao bel prazer de cada teólogo e “paxtô” protestante. Dessa dita “reforma”, só pode resultar relativismo e descrença. Disso Lutero deu um eloquente testemunho, com seu desespero e suicídio. Sempre, em todas as épocas e partes do mundo, existiram ateus. Mas o protestantismo, meio sem querer, incentivou e é, com certeza, o pai do ateísmo ocidental moderno, como ideologia, quaisquer que seja a forma que esse assuma".

Manoel Carlos Junior.

Publicado em Editorial | 4 comentários

Convite – AVLAC

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Momento Vitória Park Shopping

A #MisterVictor tem uma linha de camisas sociais, trabalhadas em uma modelagem moderna, que são lindas para a noite e também para o trabalho. Já conhecia? Vem conhecer! 😎👔 #MisterVictor #VitóriaParkShopping

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário