Momento Pitú: Viva a Resenha!!

O prato é de miúdos, mas a resenha é grande demais. Claudiano Monteiro, você brilhou completamente nessa escolha, meu consagrado. 

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Bad Léo se deu bem…….

Em recentemente circulada pelo SBT – São Paulo -  o multiartista e produtor cultural antonense, Leonardo Edardna, mais conhecido por BAD LÉO, se deu bem. Evidentemente que não foi com a ex-estrela do antigo quadro televisivo da referida emissora -  “A Banheira do Gugu” -  Helen Ganzarolli. Muito bem relacionado, ele, o Bad Léo, também é  uma dessas estrelas do mundo artístico  que, diga-se de passagem,  também  já conquistou  o seu espaço ao sol.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

MOMENTO CULTURAL: Entre a Cruz e a Espada – por Severina Andrade de Moura.

Eu sofro porque sou balança equilíbrio entre o cheio e o vazio. Paredão onde acham confiança homens de bem, mulheres de brio.

Ouço de lá e de cá os desabafos. Fico no meio, entre a cruz e a espada. Não quero destruir jamais, os laços que se criaram em longas caminhadas.

Às vezes sou mal interpretada. Que importa! Jesus também o foi Quero ser útil em toda minha estrada

E quando eu me for, quero que digam nela eu tive uma grande aliada e se esquecer de mim jamais consigam.

Profª Severina Andrade de Moura, nasceu em Vitória de Santo Antão. Foram seus pais: José Elias dos Santos e Doralice Andrade dos Santos. Viúva de Severino Gonçalves de Moura, com quem se casou em 1962. Fez o curso Pedagógico no Colégio N. S. da Graça. Lecionou em Glória do Goitá e Carpina. Concluiu Licenciatura Plena em Letras em Caruaru (1976). Pós-graduação em Língua Portuguesa na Univ. Católica (1982). Ensinou em várias escolas estaduais e municipais na Vitória e ensina atualmente na Escola Agrotécnica e na Faculdade de Formação da Vitória de Santo Antão. Poetisa por vocação. Colabora na imprensa loca.

Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Momento Vitória Park Shopping.

Por motivos de reparos técnicos na nossa rede elétrica, o Vitória Park Shopping, nesta terça-feira, dia 11 de dezembro de 2018, não funcionará. Retornaremos normalmente na quarta-feira, 12 de dezembro.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Pharmacia Popular.

Antiga Farmácia Popular, onde Manoel de Holanda teve seu primeiro emprego e escreveu suas primeiras crônicas. Nesse sobrado (hoje tombado pelo Governo de Pernambuco como patrimônio histórico do Estado), morava Martha de Holanda, a escritora mais influente no seu tempo pernambucano. Além de ponto comercial, a Farmácia Popular, uma das mais antigas do Brasil em funcionamento, era ponto de encontro e de tertúlias literárias que contavam com a presença, além de Manoel, de expressivos nomes de nossa literatura: Célio Meira (sogro de Zito Mariano), Jorge Campelo (irmão de Áurea Ferrer), Silvino Lopes (famoso jornalista), Ulisses Pernambucano de Mello (famoso psiquiatra, primo de Gilberto Freyre), entre outros. Na parte superior desse sobrado, que se mantém com seus traços originais, funciona a Academia Vitoriense de Letras. A proprietária é Diva, filha de Manoel de Holanda, que cedeu os direitos de uso à instituição de cultura.

(DO LIVRO "O SOBRADO DE SEU MIRO E OUTRAS CRÔNICAS - MANOEL DE HOLANDA CAVALCANTI - PAG 111)
Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Momento Grau Técnico Vitória.

Um índice de empregabilidade que cativa qualquer um. Isso é a prova de que quem quer mudar de vida, escolhe o Grau Técnico como primeiro passo na direção de um futuro melhor.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

ENSINAR E EDUCAR – ESTUDAR E APRENDER – por Sosígenes Bittencourt.

 No meu tempo, Ensinar e Educar eram palavras bem definidas. Ensinar significava, pela origem da palavra, “imprimir conhecimento”, e Educar, pela origem da palavra, preparar para a vida, preparar para o mundo. Daí, a primeira escola do homem ser o lar, no seio da família. Ao chegar à escola, o aluno deveria estar educado para viver no mundo escolar, conviver com colegas e professores, ou seja, tinha de ser um discente a saber respeitar o corpo docente. Assim como, no caminhar até a escola, na rua, entre as pessoas, por onde andasse. Esta função inicial era função dos pais, com quem convivia.

O resultado desta ordem era silêncio em sala de aula, maior capacidade de concentração e, consequente, melhor condição de aprendizado. Porque o aluno, em sala de aula, ele é coletivo e passivo, ou seja, ele recebe a aula em grupo, enquanto que, em casa, ele é solitário e ativo, ou seja, revê as matérias para retê-las. Observem como a educação doméstica é importante no aprendizado. Porque escola não é lugar de distração, é lugar de concentração. É lá que você recebe o conhecimento para retê-lo em casa. Se isso não acontecer, não havendo aprendizado, não se completou o ensino e todo o tempo foi perdido, todo esforço, inútil. Portanto, não adianta escola toda enfeitada, bem mobiliada, com todo o aparato tecnológico à disposição da transmissão do conhecimento, com alunos dispersos e sem a educação doméstica necessária ao interesse pelo projeto educacional. Apesar de acharem que o importante é se comunicar, que falar e escrever corretamente é coisa do passado, este é um péssimo conselho para quem pretende ser sabatinado por um Concurso Público ou ter acesso à Faculdade através de Vestibular. Um advogado que cometa erros comezinhos de gramática pode ter suas petições relegadas a segundo plano por um juiz exigente.

Portanto, falar e escrever corretamente não é irrelevante quando se trata de conquistar emprego ou profissão liberal. No mais, o conselho que se deve dar a qualquer aluno é não estudar para fazer prova. Quem estuda para fazer prova está tentando decorar para responder questões formuladas. O correto e eficiente é entender para decorar. Quem entende, memoriza; Quem memoriza nem sempre entende o que memorizou. Estudar não dói; pelo contrário, nos alivia do desconhecimento, nos conforta. A capacidade de aprender é o mais importante e belo dom da natureza. Estudar e aprender é uma alegria, não é uma tristeza.

Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | 1 comentário

Imbiziga – Zezé do Forró.

CD de Zezé do Forró - música IMBIZIGA, de autoria dos vitorienses Aldenisio Tavares e Samuka Voice. Imbiziga - Zezé do Forró Aldenisio Tavares
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

Academia Vitoriense de Letras, Artes e Ciência promoveu sua última reunião de 2018.

Como uma espécie de “balanço final” aconteceu na manhã do domingo (09) a última reunião ordinária da AVLAC – Academia Vitoriense de Letras, Artes e Ciência – ocorrida na sua sede, no “Sobradinho” localizado na Rua Imperial.

Após a reunião, que teve como pauta  os assuntos administrativo e o momento do acadêmico, o grupo seguiu para o Restaurante Gamela de Ouro para celebrar, com almoço, a tradicional confraternização natalina. Como regra, na tradicional troca de presentes, os livros foram os protagonistas.

Aliás, como sugestão aos muitos leitores do nosso jornal eletrônico, intitulado “Blog do Pilako”, nesse final de ano, nas muitas trocas de presentes que ocorrem nas  respectivas confraternizações – trabalho, família e etc – oferte livros. Nesse contexto, dê preferência de autores vitorienses!!!

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Peladeiros cinquentões mantém a tradição….

Mantendo a tradição de décadas, ontem (09), aconteceu mais edição da “Confraternização dos Ex-Peladeiros do Campo de Zá Guelf”. Coroas na faixa etária dos 50 anos, logo cedo, se “aventura” em uma partida de futebol e depois – a parte mais esperada – mergulham nos “comes e bebes”.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Momento Pitú: Viva a Resenha!!

Quem achar uma dessas por aí, me avise que eu quero garantir nas resenhas de fim de ano. Beleza?
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Com evento, “Depravados” lançou sua programação carnavalesca 2019

Com estilo próprio a Agremiação Carnavalesca “Os Depravados”, na tarde/noite do sábado (08),  lançou sua programação carnavalesca 2019. Em evento direcionado aos parceiros e convidados, ocorrido no espaço “Reza a Lenda”, no bairro do Cajá, as atrações foram anunciadas. Por lá -  como de costume nos eventos realizados por essa galera – muita gente jovem, bonita e descolada. Boa música e um clima diferente.

 A data do encontro/desfile do próximo carnaval (2019) acontecerá no dia primeiro de março. A festa será animada pelo fenômeno Jonas Esticado, o som envolvente do Marcelove e o swing do Roginho. Segundo os organizadores: “o próximo evento será a maior e a melhor de todas as edições”. O primeiro lote já está disponível à venda no site oficial da agremiação.

 
Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Momento Cultural: Angelus – por ALBERTINA MACIEL DE LAGOS.

Vai estertorando o sol em agonia… O seu fim anunciando dobra a Ave Maria! A Natureza chora no seu luto envolvida… e a alma se eleva e ora pela Fé impelida.

Cessa o labutar… tudo, enfim, silencia do sino ao reboar a Ave Maria! E, do Paraíso, aos térreos filhos seus, divinal sorriso envia a Mãe de Deus!

(SILENTE QUIETUDE – ALBERTINA MACIEL DE LAGOS – pág. 41).

Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Momento Vitória Park Shopping.

O Vitória Park Shopping deseja a todos os clientes um Natal e sonhos realizados! São os sonhos que fazem da gente alguém melhor e juntos conseguimos transformar qualquer coisa em realidade. Feliz Natal! 

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O Tempo Voa – Batizado de Paulinho Lima.

Batizado do amigo Paulinho Lima - Matriz de Santo Antão - 1956. Entre outros:  da esquerda para a direita: Olívia Amorim ( mãe de Toinho Amorim), José Amorim, Dr. Jurandi, minha mãe em pé, meu pai, Chico Congo, em pé Ivanildo Garçom, a senhora de óculos era de Recife ( Lenira) e a outra senhora é prima da minha mãe ( Diquinho, filha de Antonio Menezes e Nãna Pereira).

Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Momento Grau Técnico Vitória.

Nossa missão é preparar os melhores profissionais de nível técnico do mercado e você pode ser um deles. Venha construir um futuro mais sólido no Grau Técnico! 

 
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

A BUSCA DA FELICIDADE – por Sosígenes Bittencourt.

O grande obstáculo em ser feliz está na busca da felicidade, é procurá-la onde não está, é buscá-la no mundo, nos seres inanimados. A felicidade está naquilo que depende de você, no abstrato, aquilo que só existe ENQUANTO você produz. Eis o segredo, eis chave, o caminho. O amor não existe ENQUANTO você não produz. Já o mundo não depende de você para existir, ele é concreto. Portanto, o amor é a essência da felicidade. O cineasta Franco Zefirelli disse que “O homem, desde o Egito até nossos dias, é movido por dois sentimentos: A ânsia de amar e o temor da morte.

Não obstante, em que creem os religiosos? O que se lê em João, 14:27, “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize”.

Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

“Tudo de Você Senhor” na voz de Edilma e João Caverna.

Ouça a música “Tudo de Você Senhor“, composta por Aldenisio Tavares, na interpretação de Edilma e João Caverna. A canção é  integrante do CD “O Amor de Deus nos uniu”. Tudo de Você Senhor - Edilma e João Caverna Aldenisio Tavares
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

O Parque dos Dinossauros é aqui…..

Entre o céu e a terra há muitas teorias tentando explicar o surgimento do nosso planeta. Dentro desse assunto,  existe também,  algumas explicações dando conta da possibilidade, em algum momento da chamada “linha do tempo”,  da coexistência dos dinossauros e seres humanos.

Outro dia estava num determinado local, esperando uma pessoa, e passei a observar os detalhes e os movimentos de seres vivos que circulavam no meu entorno. Uma galinha e uma lagartixa. Fotografei os dois ao mesmo tempo....

Olhando para  esses dois bichinos atentamente, confesso que fui conduzindo ao mundo mágico da imaginação, só existente na espaçonave da mente. Num é que eles dois se parecem com aqueles bichos dos filmes de Steven Spielberg...

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Momento Pitú: Viva a Resenha!!

Se derramar no chão, tá devendo uma latinha pra galera! Meu povo, hoje eu acordei instigado pra chamar a turma, comprar umas frutosas e desenrolar uma resenha. Quem faltar vai levar babau, só digo isso.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Espaço Parlamentar: Audiência Pública da Educação

Registramos o convite enviado pela comissão de Educação, Cultura e Assistência Social da Câmara de Vereadores da Vitória que tem como presidente o vereador André de Bau para a Audiência Púbica de Educação. O encontro ocorrerá no próximo dia 10 dezembro, às 13h no Plenário da Casa – Juarez Cândido Carneiro.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Momento Cultural: A Alvorada – POR GUSTAVO FERRER CARNEIRO.

O sol se descortinava na praia Brilhando em meus olhos Caminho só Ar imóvel, quente Vento assobiando ardente Com o som da minha respiração Um monte de pensamentos Um toque agudo sibilante Suspirando com prazer O nascer de um novo dia Uma alvorada arredia De momentos de introspecção

Um aroma gostoso de terra molhada Ou maresia, Um delicada lua ornamentando o amanhecer Em uma fantasmagórica poesia, Plenitude O vento zunindo Um sentimento de dignidade Uma visão do encanto Insondável graça no rosto No perplexo momento Da percepção da vida.

O que ele diz estará dentro do seu peito Todo tempo Para sempre…

Seja longe, seja perto Não sabemos o exato, o correto Para tudo tem um tempo

Mas quando será esse tempo certo?

(MOSAICO DE REFLEXÕES – GUSTAVO FERRER CARNEIRO – pág. 14).

Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Momento Vitória Park Shopping.

Um filme de arrepiar! Se você curte filmes de terror, não pode perder esse lançamento! #Cinema VitóriaParkShopping.
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Festival do Vinho (1983).

Festival do Vinho, realizado pelo Lions Club de Vitória, em 1983, no Clube Vassouras " O Camelo". 
Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Momento Grau Técnico Vitória.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

MENTIRAS ESPETACULARES – por Sosígenes Bittencourt 

A minha geração sempre foi alvo de duas mentiras espetaculares: O Brasil é o país do futuro, e o mundo vai se acabar. O “futuro” seria a “prosperidade”, e o mundo iria ser engolido por uma coivara de fogo, ou inundado por um gigantesco maremoto. O futuro não chegou, o mundo não se acabou, e a gente se acabando.

Sosígenes Bittencourt 
Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Edmilson Banda Show.

Edmilson Banda Show no seu cd “A Companhia Show – vol 2”  - canção de Acioly Neto, A NATUREZA DAS COISAS. [powerpress url=../mp3/edmilson.mp3] Gostou da música? – Baixe a MP3 Aldenisio Tavares
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

deputado Henrique Queiroz foi condecorado na Assembleia Legislativa do Estado.

Da Vitória de Santo Antão, ontem (05), partiu uma comitiva representativa do nosso Instituto Histórico e Geográfico para prestigiar a Sessão Solene, ocorrida no Plenário da Assembleia Legislativa do Estado,  homenageando o deputado Henrique Queiroz pelos seus 40 anos de vida parlamentar.

Na ocasião o deputado Henrique Queiroz recebeu,  também,   do Governador Paulo Câmara,  a Medalha e o Diploma da Ordem do Mérito dos Guararapes, diga-se de passagem a maior comenda do Poder executivo de Pernambuco.

 
Publicado em A Lupa | 1 comentário

Momento Pitú: Viva a Resenha!!

Para em tua límpida cachaça mergulhar! Um peixinho com a branquinha combina muito, meu povo. Será que o pituzeiro Claudiano Monteiro cuidou desse prato sozinho ou chamou a turma pra fazer uma resenha? Façam suas apostas!

 
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Pitú vence mais uma edição do prêmio TOP Marcas em 1° lugar – Cachaça é mais lembrada entre os consumidores

A Pitú, cachaça mais consumida nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, segunda do País e líder absoluta em exportação do produto há quase três décadas, conquistou, em mais uma edição, o primeiro lugar do 13° Prêmio TOP Marcas. No ranking da pesquisa de opinião pública realizada pelo conceituado Instituto JM Consultoria e Pesquisa, em parceria com o Jornal Vanguarda de Caruaru, a Pitú se destaca na categoria Bebida e no segmento Aguardente. A cachaça é a mais lembrada pelos consumidores caruaruenses desde 2010, há exatos oito anos consecutivos.

Em 2018, a indústria genuinamente pernambucana, situada no município de Vitória de Santo Antão, na zona da mata de Pernambuco, completou oito décadas de história com muitos motivos para celebrar. A empresa está em sua terceira geração de gestores e mantém os ‘pilares’ da família nas relações diárias. O planejamento eficiente na sucessão familiar do negócio, os investimentos contínuos em inovação tecnológica, programas de sustentabilidade e ações de marketing, garantem a qualidade do produto e refletem no posicionamento da marca diante o segmento. A companhia está entre as 20 marcas de bebidas destiladas mais produzidas do mundo, comercializando, em média, 98 milhões de litros de cachaça por ano, dos quais 2% representam as vendas no exterior.

“Eu faço parte da terceira geração da empresa, e hoje já existe a quarta. O nosso produto passou a ser um sinônimo de cachaça, e o reconhecimento na categoria Bebida do consagrado prêmio TOP Marcas é o resultado de muita dedicação e empenho de todos que já passaram pela administração da empresa, desde a geração do meu avô até as atuais que permanecem e as que estão começando a adentrar no negócio. O destaque vai para o padrão de qualidade de nossos produtos, a assertividade das nossas campanhas de marketing, a responsabilidade socioambiental em todas as nossas atividades, os investimentos em recursos humanos para proporcionar um ambiente saudável aos nossos funcionários e colaboradores e, claro, a fidelidade dos clientes, fornecedores e consumidores finais com a nossa marca Pitú”, explica Alexandre Ferrer, presidente da indústria.

Lata comemorativa aos 80 anos

Em comemoração ao marco de 80 anos, a Pitú lançou uma edição especial de sua tradicional lata de 350 ml da “branquinha”, com layout especial de aniversário que traz referências de produtos e materiais gráficos da época da criação da cachaça, dando uma estética “retrô” à embalagem. O acabamento fosco e a aplicação de um pantone dourado mostram o quanto uma marca com oito décadas de vida consegue se manter com um espírito jovem.

Mercado externo

Sendo a indústria brasileira líder na exportação de cachaça, a Pitú domina o mercado europeu, sendo a Alemanha o país de maior consumo. Por ano, a Pitú comercializa no exterior 1,7 milhão de litros, dos quais 1,5 milhão são apenas para a Alemanha, que desde 1970 engarrafa e distribui a bebida para toda a Europa. Além do velho continente, a Pitú também está presente em outros países (Estados Unidos, Canadá, México, Chile, China, Japão, Índia, Israel, Emirados Árabes, Tailândia, Austrália, África do Sul, Angola, Guiana Francesa, Peru, Argentina) e em mais de 40 lojas de duty-free espalhadas por todo o mundo.

Características dos produtos

A Pitú é uma aguardente de cana pura, transparente, de sabor marcante e teor alcoólico de 40% vol. É acondicionado em vários tipos de embalagens: garrafas retornáveis de 600 ml (caixas com 12 e grades com 24 unidades), garrafas de 965 ml (caixas com seis e grade com 12 unidades) e latas de alumínio com 350 ml, 473 ml, 710 ml (pacotes com 12 unidades).

Pitu Gold - 100% envelhecida, em barris de carvalho americano, onde permanece até atingir seu sabor inconfundível e sua coloração dourada. Com teor alcoólico de 39% vol. e acondicionada em garrafas de 1L.

Pitu Vitoriosa -  Envelhecida por 5 anos em barris de carvalho francês e refinada em barris de carvalho americano, onde ocorre o aprimoramento da qualidade sensorial e harmonização de cor e aromas. Teor alcoólico de 39% vol. e acondicionada em garrafas de 750ml.

Pitu Limão – Coquetel de aguardente de cana e limão. Com teor alcoólico de 30% vol., envasado em lata de alumínio com 350 ml, comercializado em pacotes plásticos com 12 unidades.

Pitu Cola -  Mistura de aguardente de cana com refrigerante à base de cola, bebida gaseificada refrescante, com teor alcoólico de 5% vol. Acondicionamento em lata de alumínio de 350 ml em pacote com 12 unidades

Do Frei - Bebida alcoólica mista composta de vinho, suco de maçã e de morango, xarope de morango, com teor alcoólico de 11% vol. Envasada em vasilhame de vidro, em litro de 900ml, é comercializada em caixa de papelão (litro).

Bolvana - Vodka suave e cristalina, tridestilada. Com teor alcoólico de 38% vol., acondicionada em garrafas de 965ml.

 

Premiunização da Cachaça é Mais sofisticada

A brasileiríssima cachaça alçou também novos voos, sendo apreciada não apenas pelo seu valor, mas por sua qualidade. As destilarias têm investido em tecnologias avançadas que envolvem desde o plantio até a produção da cachaça, gerando uma bebida cada vez mais elaborada que é envasada em embalagens diferenciadas e sofisticadas.

Seguindo a tendência mundial de Premiunização de produtos, a Pitu possui dois produtos em seu portfólio que se encaixam nessa avaliação: a Pitu Gold e a Pitu Vitoriosa.

Para ser considerada Premium, a cachaça precisa ser envelhecida em barril de madeira por pelo menos um ano.

A Pitú Gold, Cachaça Premium, é envelhecida em barris de carvalho americano por dois anos, e a Pitu Vitoriosa, Cachaça Extra Premium, é envelhecida por no mínimo cinco anos em barris de carvalho francês. Após esse período, a Vitoriosa é transferida para barris de carvalho americano, onde ocorre o aprimoramento da qualidade sensorial do produto através do refinamento e da harmonização de aromas e cor. Como símbolo máximo de sofisticação, a Vitoriosa é o produto conceito da marca pernambucana.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário