Momento Cultural: Martha de Holanda.

Espasmo… Vertigem do sétimo sentido do sol,
nos braços da terra…
Espasmo… O silêncio desvirginizando o tempo
no leito das horas…
Espasmo… A orgia da vida, na bacanal da morte…

Meu amor! Espasmo…
O meu beijo na tua boca…
Meu amor! Espasmo…
O teu beijo na minha boca…

Espasmo… A noite estava, com as estrelas,
arrumando o céu, para receber o dia.
O luar veraneava, longe, levando a sua bagagem de luz
E as ventanias passavam, correndo, para assistir ao
parto prematuro da primeira aurora.
E eu me desfiz dentro de mim…

Espasmo… A natureza parecia enxugar o seu vestido
cor de ouro debruado de azul, hemoptise do poente.
As nuvens voltavam, cansadas do trabalho das trajetórias,
a tomavam a rua das trevas.
Os pássaros acabavam de dar o seu último concerto do dia
na ribalta dos espaços, e recolhiam-se felizes nos bastidores
das folhas.
E eu me procurei em ti…
Espasmo… As raízes entregavam-se à terra,
para a eterna renovação dela mesma.
Os elementos tocavam-se na confusão das origens,
O éter, na elasticidade, dobrava-se
volatizando-se por todo o universo.
E, eu, te senti em mim.

Martha de Holanda, vitoriense, filha de Nestor de Holanda Cavalcanti e de Matilde de Holanda Cavalcanti, nasceu a 20.III.1909 e faleceu no Recife a 24.VI.1950. Casou-se com o poeta Teixeira de Albuquerque aos 8.XII.1928.

Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Momento Vitória Park Shopping.

A Weronu já está inaugurada em nosso mall! Você tem mais uma opção de loja aqui no Vitória Park Shopping. A loja Weronu conta com: calçados, acessórios e bolsas exclusivas! Tanto para o público feminino quanto para o masculino. Venha conferir a infinidade de lindas opções para você ou para presentear.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O Tempo Voa: CORRIDA CICLÍSTICA MONTE DAS TABOCAS

ESQUERDA P/ DIREITA: CORREDOR DE JABOATÃO, CORREDOR DE BEZERROS, ARROZ, JOEL NETO, ZEZINHO, OZIAS. Foto: Acervo pessoal de Zezinho. – Ano não registrado.
Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Momento Grau Técnico Vitória.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

NÃO RIA SE PUDER – por Sosígenes Bittencourt

Filhos de imigrantes japoneses são nissei. Netos de imigrantes japoneses são sansei. Filhos de brasileiros com cara de japonês nunsei. Sosígenes Bittencourt Perguntaram como seria topless em chinês. Resposta: Xen-Xu-Tian E como se fala pobre em chinês? Xen-Nada E “descalço”, como seria? Xen-Xinelo
Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Amor Maior – na voz de Serginho

Amor Maior – na voz de Serginho . Amor Maior - Serginho Aldenisio Tavares
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

Um amigo para a vida toda……….

Semana passada, em um blog, li um artigo que me fez refletir bastante. Falava de uma realidade comum (morte), mas com um requinte de ineditismo, pelo menos pra mim e para nossa cultura. Aliás, dizem alguns entendidos  que em função do avanço da ciência, nos últimos dois séculos, cada dia que passa estamos “desnaturalizando” a morte.

O artigo tratava de um telefonema sui generis entre dois homens maduros que se conheciam desde os bancos escolares. Separados pelas questões naturais da vida adulta, até a última sexta (02) em definitivo, os dois se falaram pela última vez alguns dias antes de um deles comunicar  sua morte programada, lá dou outro lado do mundo (Holanda). O papo foi  exatamente assim:

– “Como vai?, Zé Paulo”. – “Tudo bem, rapaz, o que há de novo?”. – “Estou ligando para me despedir. – “Como???” – “É que vou fazer eutanásia na próxima sexta” (hoje, dia de finados).

Após o primeiro impacto da noticia, como se fosse um murro na barriga, narrou o Zé Paulo, o Agnaldo narrou os motivos pelos quais havia tomado a aludida  decisão. Entre outras coisas, em função de um câncer, estava apenas com 51kg e a cada cinco dias perdia mais um.

Quando questionado sobre a legalidade do ato, o Agnaldo disse que na Holanda era permitido e que já havia tomado todas providencias legais. Aliás até descreveu como seria:

"Até quarta, iria se despedir de amigos e parentes. Quinta, mulher e filhos. Sexta de manhã, só a mulher. No começo da tarde, chegariam juiz, tabelião, o médico da família, enfermeiro. E às 16 horas, em sua cama, tomaria uma injeção. Não sentiria dor, assim lhe prometeram”.

Em função da diferença de horário –Brasil/Holanda – sua viagem sem volta ocorreria exatamente às 12h da sexta (02). Confesso que antes de ler o aludido  artigo nunca havia falado no senhor Agnaldo, no entanto, de certa forma, fiquei sensibilizado com o seu calvário e com a sua leveza na decisão, até porque ele também pediu ao Zé Paulo para  que fosse transmitido aos amigos em comum o seu falecimento programado – dia de finados.

Desde a leitura do artigo, aqui e acolá, fiquei a lembrar do senhor Agnaldo (sem nunca haver antes tomado ciência da sua existência). Na sexta (02), já por volta das 11h – lá na Holanda 15h – já tava ligado em pensamento (eita...... falta um hora para Agnaldo morrer). Às 12h em ponto,  fiquei totalmente ligado. Parecia que estava lá........

Bom! O senhor Agnaldo nem foi o primeiro nem será o último sujeito a programar sua morte,  mas, desde a leitura do artigo realçado, passei a admirar esse camarada,  que ligou para o amigo para pedir-lhe que avisasse a outros amigos que ele iriam morrer..........Esse sim! Foi um amigo para toda vida e para a vida toda.......Feliz quem gozou da sua amizade!!!

 

 

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Convite: Abertura dos Jogos – Colégio 3 de Agosto.

Registramos o convite do Colégio Municipal 3 de Agosto para o evento de abertura dos Jogos Internos que acontecerá no próximo dia 08 ( quinta-feira ) às 17h na Quadra do referido educandário. Aproveito para agradecer a direção na pessoal do seu gestor Max Bley.
Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Exame toxicológico: o que é e para que serve?

Muito se tem falado sobre esse exame, e muitas dúvidas estão surgindo. O exame toxicológico detecta a presença de substâncias ilícitas no organismo. Ele é exigido aos motoristas que precisam renovar ou classificar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH ) nas categorias C, D e E. 

Esse exame é solicitado também aos motoristas profissionais, na admissão ou desligamento de empresas, e aos candidatos a vagas em alguns concursos públicos, como polícia militar, federal, rodoviária, guarda municipal e bombeiros. Quem desejar fazer o exame de forma independente, para identificar substâncias ilícitas no organismo, pode também.

O Laboratório Silvano Sarmento, que fica em Vitória de Santo Antão, tem uma equipe preparada e uma unidade dedicada a coleta do exame toxicológico. Tendo em vista as particularidades para a realização do teste. O laboratório coleta as amostras do cabelo ou pelos corporais e envia para a análise. Para os cabelos precisam ter no mínimo 3,5 cm de comprimento. E para os pelos, 1,5 cm.

Uma dúvida bastante comum é sobre a janela de detecção, as drogas ingeridas e com quanto tempo de uso a droga acusa no exame. Após a ingestão de substâncias ilícitas, elas demoram de 6 a 7 dias para ficarem impregnadas na queratina dos cabelos – parte que será analisada no laboratório. O tempo que a droga continua no fio varia em função de diversos fatores, como o metabolismo de cada organismo, quantidade de drogas ingerida e frequência de uso.

Muita gente não sabe, mas o rebite acusa no exame toxicológico. É uma droga que promete tirar o sono dos motoristas, mas é derivada da anfetamina ou metanfetamina que pode possuir cocaína. Sua atuação no sistema nervoso altera neurotransmissores e, assim, mantém os indivíduos em estado de alerta.  A ação da droga dura de 4 à 12 horas.

O exame toxicológico identifica o rebite ingerido nos últimos 3 meses. Ou seja, apenas um comprimido pode invalidar o exame e, assim, impedir do motorista renovar a carteira de habilitação.

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran),  determina que seja analisado se a pessoa ingeriu alguma substância ilícita no histórico mínimo de 90 dias retroativos.

O exame toxicológico só é feito em laboratório particulares.

Outras informações:

Seguem as drogas que o exame toxicológico identifica:

 -anfetamina (presente no rebite, assim como outras drogas, como a cocaína);

-cocaína e derivados, como o crack;

-codeína;

-ecstasy, conhecido como “bala” (mdma, mda, mde);

-maconha e seus derivados, como skunk e haxixe;

-metanfetaminas, como meth, ice e speed;

-heroína;

-morfina;

-mazindol.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Momento Pitú: Viva a Resenha!!

Com essa cachaça eu durmo até de conchinha!  É o seguinte, temos aqui uma integrante da #NaçãoPituzeira que chegou tirando onda pra valer. Só pela foto já dá pra dizer que Milena Sanchetto é profissa na arte da resenha. Mulher, chama eu pra participar na próxima!
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Exposição de Carros Antigos – Vitória – 24 de novembro.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Momento Cultural: CASULO – por Rosângela Martins.

 

O meu casulo é como um ventre:

Lar, descanso, refúgio, parada.

Não há dor ou maldade que entre.

Tranqüilo, seguro, minha morada.

E, feito uma borboleta, sinto-me em formação.

Cada som, cada odor, parece me chamar.

Aguça meus sentidos, minha imaginação...

Desperta em mim o desejo de voar.

Mas minhas asas são delicadas e pequenas

E meu vôo é rasante e bem curto.

Mesmo sendo eu consciente e serena,

A minha vontade é apenas um surto.

Porque os cordões ainda estão amarrados.

Nas teias emboladas e grudentas me prendo.

Meus planos e sonhos, abandonados.

Levados pela correnteza a qual me rendo.

"Casulo", poesia selecionada no concurso nacional novos poetas 2013, que faz parte do livro de antologia de poemas publicada em 2013. Rosângela Martins
Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Momento Vitória Park Shopping.

Procurando um notebook super moderno e prático? Passa na @nagemcombr! Aqui você encontra novos modelos da Samsung São notebooks com desempenho, durabilidade e muito leve, perfeito para levar para onde você quiser. Venha conferir!

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Reunião do Instituto Histórico (2003).

Reunião do Instituto Histórico - entre outros: Eunice Xavier, Diva Holanda, Djalma Gomes, Pilako, João Àlvares, Lopes, Hélio Campos, Jorge Esteves, Carlos Freire, Zito Mariano, Marli Pedrosa e Severina Moura - registro em 2003
Publicado em O Tempo Voa, Sem categoria | 1 comentário

Momento Grau Técnico Vitória.

Mudar de vida é tarefa para quem tem coragem de se arriscar. Se você quer um futuro melhor, a gente tá aqui pra isso! Faça Grau Técnico.

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Gueixa, a sedução pela arte – por Sosígenes Bittencourt.

Engana-se, redondamente, quem acha que a gueixa é uma versão oriental de nossa prostituta. A gueixa lá no Japão, e a prostituta aqui na esquina. Primeiro, porque para ser gueixa é preciso muitos anos de estudo, enquanto para ser prostituta não é preciso nenhum estudo, o que até facilita.

A gueixa é uma profissional que aprende, desde cedo, a milenar arte de seduzir, dançar e cantar, com ritos e indumentária tradicionais. A prostituta é uma profissional do sexo, desregrada, que negocia o corpo, não tendo, por isso, que aprender coisíssima nenhuma.

A gueixa não pode ser desfrutada por um Zé Ninguém, só servindo a políticos, grandes empresários e artistas, porque podem contratar os seus conhecimentos.

A gueixa sabe como desestressar um cidadão, tem de estar ciente da política internacional e não tem que fazer sexo com o seu cliente. A prostituta sabe como estressar um cidadão, não tem obrigação de entender nem de fundo de cozinha e tem de fazer sexo, mesmo que não saiba nem queira absolutamente nada com a vítima.

Enfim, a gueixa é um cicerone da cultura japonesa, tendo obrigação de conhecer o Japão milenar e contemporâneo, enquanto a prostituta é uma representante de nossa cultura mercadológica, segundo a qual tudo na vida tem preço e nenhum valor.

Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Imbiziga – Zezé do Forró.

Do novo CD de Zezé do Forró, ouça a música IMBIZIGA, de autoria dos vitorienses Aldenisio Tavares e Samuka Voice. Imbiziga - Zezé do Forró Aldenisio Tavares
Publicado em Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

O premiado mestre antonense, Fernandes Rodrigues, será uma das estrelas no 11º Salão do Artesanato de São Paulo.

Embarcou hoje (05) para São Paulo o consagrado mestre antonense Fernandes Rodrigues. Lá, no 11º Salão do Artesanato, maior vitrine do artesanato brasileiro, que acontece de 07 a 11 do corrente, o nosso premiado conterrâneo, juntamente com artistas de todo País, serão as estrelas do encontro. Entre outras coisas, o evento tem por finalidade promover cultura e negócios.

De sorte que o nosso amigo, Mestre Fernandes Rodrigues, empunhará a bandeira da Vitória de Santo Antão e certamente, através do seu talento e sua perseverança no trabalho que escolheu como objetivo de vida conseguirá destaque. Viver bem da sua arte é algo que não tem preço, como bem evidenciava uma mídia publicitária de famoso cartão de crédito. Parabéns Fernandes Rodrigues....

Publicado em A Lupa | 1 comentário

“Festa da Vitória” no Pátio da Matriz……

Na noite do domingo (04) a rotina do Pátio da Matriz foi quebrada com música. Intitulada como a “Festa da Vitória”, várias atrações se revezaram em cima do potente Trio Elétrico  Xavante  para exaltar a vitória nas urnas do candidato a deputado estadual Aglailson Victor. Na ocasião fizemos um registro da primeira apresentação musical – MC Japão. Veja o vídeo.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Momento Pitú: Viva a Resenha!!

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

“Os Depravados” da Vitória é sinônimo de seriedade, organização e sucesso!!

Sintonizados com o público jovem da cidade “Os Depravados” avançou em várias frentes quando assunto é festa. Na qualidade de agremiação carnavalesca efetivou uma marca: a junção da música tradicional com a “parada do momento”. Na sua prévia, a ousadia de um evento aberto ao público. Já no seu “Baile” congrega a juventude que apenas pensa em namorar e se divertir.

Ao longo da última década os “meninos” conseguiram construir uma imagem positiva na cidade. Com efeito, eles representam garantia de sucesso em tudo que empreendem. Diferentemente de qualquer outro lugar,  “Os Depravados” daqui, da Vitória de Santo Antão,  é sinônimo de seriedade, organização e sucesso!

Na noite da quinta (01), véspera de do feriado santo, marquei presença no "Baile dos Depravados", ocorrido no Haras Bela Vista. Como sempre, um Sucesso! Destaque para os detalhes na ornamentação que bem refletiu o clima do encontro. Mais uma vez, não podemos deixar de parabenizar essa galera!!!

Publicado em A Lupa | 1 comentário

Momento Cultural: Faceirice Precoce – por ALBERTINA MACIEL DE LAGOS.

– Escutem: (mostrando cinco dedos)

Hoje completo cinco aninhos!…

E o meu nome?… todos o conhecem.

Vou pronunciá-lo: – Daciana!…

Lindo!… que melodia dimana!

E quanto a minha pequena – grande personalidade,

Vou (modéstia à parte), descrevê-la:

– Tenho a beleza da flor

e já, de imponente sultana

é o meu todo encantador!

Tenho uma boa mãezinha,

um painho carinhoso,

manos, avós, tiazinhas…

quanto o meu lar é ditoso!

– Duas estrelas, os meus olhos,

dois mundos, dois paraísos…

Da vida, entre os abrolhos,

fulguram os meus sorrisos (olhando o próprio tamanho):

Reparem como estou crescendo!…

No colégio vou entrar

para ir logo aprendendo

a ler, escrever e contar!

Passem bem

Tchau!

(SILENTE QUIETUDE – ALBERTINA MACIEL DE LAGOS – pág. 52).

Publicado em Fim de Semana Cultural | Deixar um comentário

Momento Vitória Park Shopping

A saúde masculina também merece cuidado. O Vitória Park Shopping apoia a iniciativa do Novembro Azul, conscientizando sobre a importância da prevenção e diagnóstico do câncer de próstata. Só com consultas regulares ao médico e exames em dia podemos combater a doença e salvar muitas vidas. Previna-se!

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Tota Fotógrafo

Tota Fotógrafo - Restaurante Recanto Gaucho - aniversário de 50 anos de Zito Mariano - registro 1978.  
Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

Momento Grau Técnico Vitória.

O resultado de todo esforço tem um sabor especial e só sente aqueles que nunca desistiram de tentar! E aí, você é um desses?
Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

CONVERSANDO LOROTA – por Sosígenes Bittencourt.

Um dia, eu estava conversando lorota numa roda de mulheres faladeiras quando uma delas se saiu com uma conversa meio fútil, mas interessante ao mesmo tempo. É que eu perguntei por uma menina que conheci, meio namoradeira, moradora do bairro, e a língua de trapo pegou um ar desgraçado. A mulher virou-se numa chibata moral.

Disse que morou vizinha à família da escrachada; que o pai dela tinha uma venda de esquina, dessas de balcão de madeira, que vendia, de caramelo a candeeiro, de aguardente de cabeça a remédio pra dor de barriga, e falava mais do que o homem da cobra.

O defeito do pai da camarada é que batia com o nó dos dedos no balcão da venda e dizia que o dinheiro que tinha, nem Deus acabava. Ora, pelo que a linguaruda sabia, Deus tira a vida do homem, que dirá sua mercadoria. E largava o pau no condenado.

A gente se afastava da faladeira, porque, de tão entusiasmada, saltando de um pé só, uma veia pulada no pescoço, gritava e cuspia que nem uma doida.

Bem… para encurtar a conversa, contou que, de “repentemente”, foram surgindo mercadinhos por todo canto, como se fosse uma praga divina.

Os mercadinhos tinham preço, sortimento na moda, o cliente pegava nas compras com a mão, revirava, cheirava, apalpava e levava numa cestinha para pagar no caixa. Ninguém perdia tempo nem tinha conversa mole: – Muito obrigado, tenha um bom dia! Quando se perguntava na rua: – Tu ainda estás comprando na venda de seu Fulano? – o interrogado respondia: – Deus me defenda!

Daí, o dono da venda quebrou, a filharada se dispersou, e me sobrou a menina que a faladeira só não a chamou de santa, porque Deus é Pai. Eu namorei com ela, comprei leite de vaca para o menino dela, mas nunca a vi tão avacalhada nem tanto adjetivo ruim como os que aquela marocas lhe imputou. Tem jeito?

Linguarudo abraço!

Sosígenes Bittencourt

Publicado em Fala, Vitória! | Deixar um comentário

Querida Cidade na voz de Carlinhos.

CARLINHOS canta a música QUERIDA CIDADE de TONY AMORIM. [powerpress url=../mp3/carlinhos.mp3] Gostou da música? – Baixe a MP3 Aldenisio Tavares
Publicado em Sem categoria, Vitória dos Artistas | Deixar um comentário

Estouro da Caixa Econômica: o cangaço do mal no século 21.

Num passado não muito distante a sociedade nordestina dividia-se entre o amor e o ódio ao chamado CANGAÇO, tendo na figura do LAMPIÃO ( Virgulino Ferreira ) sua maior expressão. Sob o julgo dos “Coronéis” e "Cobradores de Impostos", o pobre sertanejo era tratado apenas como engrenagem de produção, mesmo depois da Lei Áurea (1888). Fruto do sentimento da impotência,  surgiu a revolta. Como resposta, nesse sentido, surgiram os grupos de cangaceiros que, entre outras coisas, protagonizaram a chamada justiça com as próprias mãos. A história é dinâmica e devemos sempre olhar às múltiplas interpretações dos fatos.

A chamada “VOLANTE” – uma espécie de grupo policial especializado e treinados com as mesmas técnicas dos cangaceiros – surgiu para combater essa insubordinação social. Ao final, depois de muitas refregas,  lograram êxito e, como todos sabem, as cabeças dos “bandidos cangaceiros” foram exibidas, como troféu,  nas praças das  grandes cidades.

Bom, o tempo passou e estamos vivendo em outro tipo ordenamento social e jurídico, assim como educacional e comportamental, não obstante, ser a natureza humana algo ainda pouco evoluída. A sociedade  planetária, como um todo, infelizmente,  ainda continua padecendo de um grande pacto pela vida, no sentido mais filosófico da frase, bem mais do que como tema de peça publicitária de uma gestão governamental.

Na madrugada de hoje (01) – dia de todos os santos – o nosso Glorioso Santo Antão nos protegeu de um banho de sangue. Bandidos, bem diferentes  na origem e no sentimento dos cangaceiros de outrora, invadiram o mais impostante corredor financeiros e comercial da cidade para  decretar  o terror e "Estado de Sítio" invertido!! Em ação rápida e cinematográfica, explodiram os caixas eletrônicos da agencia da Caixa Econômica Federal.

Para essas quadrilhas  fortemente armadas, com requintes de organização internacional só espiada nos filmes americanos, ao que parece, o céu é limite. Uma coisa é meter bronca numa cidadezinha distante 350 km da capital,  cuja delegacia cochilam apenas dois homens da lei. Outra coisa é “casar e batizar” na Capital da Zona Mata na qual encontra-se em sentinela um Batalhão de Polícia inteiro, um destacamento do Corpo de Bombeiros e sem numero de delegacias especializadas.

Para nós, simples mortais, resta-nos reforçar a fechadura do portão de nossas casas e cerramos  as portas dos nossos pontos comerciais mais  cedo, ainda na claridade do dia. O curioso disso tudo é que o problema não é novo! Não algo inédito! Não obra do acaso! Fica, portanto,  mais uma vez o governador desmoralizado e a policia humilhada.

 Para nós, população, pagadores de impostos de toda natureza, fica  a  triste constatação de  que a tecnologia aplicada aos serviços públicos estão mais ágeis e mais sofisticadas no sentido de separar o bocado certo no suado  e custoso dinheiro que adentra nos nossos bolsos em forma de salário. Que Santo Antão continue nos protegendo.........

Segue, abaixo,  vídeo que circulam nas redes cosias.

   
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Será que a “Daniel Telecomunicações” está “adoentada”?

Como uma espécie de métrica musical nos últimos meses, pelo menos para mim, o fornecimento de internet, distribuído pela empresa “Daniel Telecomunicações”, vem sofrendo quedas semanais. Do nada, fico sem internet........

Ao ligar para o suporte, algo instantâneo e compreensivo, o atendimento é sempre muito respeitoso. Não tenho do que reclamar ao trato auditivo. Mas  já com relação ao restabelecimento da normalidade funcional poderia dizer que nem sempre ocorre com a mesma velocidade e sinergia  necessária. Tudo isso, claro, sem levar em consideração os transtornos provocados pela tal interrupção, até porque, sem o sinal da internet não seria possível  fazermos  chegar até você essa postagem, através do nosso jornal eletrônico, intitulado “Blog do Pilako”.

Fico feliz em saber e observar que a aludida empresa cresceu e avançou. Sou cliente ininterrupto há mais de sete anos, aliás, aqui na nossa redação, quando consulto as prateleiras da memória, ainda consigo observar o próprio Daniel operacionalizando as instalações e perguntando-me: “Pilako o que vai ser aqui?”

Quem já elogiou em outros momentos também tem o direito de criticar quando assim achar que cabe, até porque, antes de escrever essas linhas, já o fiz (reclamei mais de uma vez)  diretamente aos canais disponíveis na própria empresa, ao que parece não foi considerada como importante. O faço,  agora, dessa maneira, porque em outros momentos também o fiz,  de  maneira pública,  reconhecendo à boa prestação dos serviços da já citada empresa.

Espero que a "Daniel Telecomunicações”,  pelo menos para mim, volte a fornecer um serviço com a qualidade que lhe fez ascender  à líder absoluta do mercado antonense. Não quero crer que a empresa do meu amigo Daniel esteja “adoentada”, isto é: acometida da patologia que é conhecida como “Crise do Crescimento”, na qual a  busca desenfreada pelos  novos clientes provoca uma  deserção  em cadeia nos mais antigos. Assim sendo espero não ser o primeiro da lista!

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

O MOMENTO REQUER CERTOS CUIDADOS – por professor Rogério

SOMENTE aqueles que não conseguem controlar a sí mesmo, que não tem rédeas sobre seus sentimentos e emoções e aqueles que não se interessam pelo bem estar e paz na nossa sociedade é que se deixam envolver por comentários de ponta de rua e de mesa de bar que, via de regra, são alicerçados pela desinformação, comentários vazios, vaidades , desequilíbrios e quando não ; pelo miúdo desejo da visibilidade, que o torne centro das atenções dos demais...

Já outros partem para a arrogância , para a imposição dos frágeis argumentos e normalmente fazem uso da tola estrategia de tentar ridicularizar os seus oponentes com piadas chulas, afim de fugir do embate ,já que não consegue acompanhá -los, em nível satisfatório, no campo das idéias.

O bom de tudo isso é que passamos a entender melhor o que se passa no interior de cada um, o caráter vem à tona, a índole transparece ...

QUE TAL SE AO INVÉS DE ACEITAR E OU NEGAR, PASSEMOS A F I L T R A R AS INFORMAÇÕES ???

prof.Rogério L. Santos

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário