Juízo Final

“Darás conta noutra vida, da vida que aqui levaste, do bem que não fizeste e do mal que praticaste”. Pensamento extraído do livro Migalhas de Poesias do escritor vitoriense e meu avô Célio Meira. Certamente este pensamento não serviu de fonte inspiradora para o folclórico ex-prefeito José Aglailson quando em uma participação na TV Vitória, há exatos dois anos, no dia 08 de julho de 2009, falou que: “Eu e Elias só temos mais ou menos uns oito anos de vida. Quando a gente morrer, eu vou pra perto de DEUS e Elias vai para perto do DIABO.” Bem, para Deus nada é impossível, mas o comentário por ocasião desta declaração é que de uma coisa ninguém teve dúvidas, seja lá para onde for céu ou inferno os dois estarão juntinhos.

Ressaca

Foto tirada em frente à Prefeitura Municipal

A cena retratada até parece uma  “ressaca de  catástrofe urbana” sofrida por alguma enchente ou terremoto. A nossa Vitória vem sofrendo com uma “miopia administrativa” de maneira tal que ficou quase  impossível transitar pela cidade, quer seja a pé ou de carro, sem ter o sentimento que a população foi abandonada pela gestão.

Pirituba abandonada pela Prefeitura

Na tarde desta terça-feira, recebemos em nossa redação os representantes da comunidade de Pirituba, Sebastião Filho (mais conhecido como Beto do Pró-asfalto), Graciele (artesã) e Cosma Gomes (Chôcha).  Preocupados com a falta de atenção dos gestores municipais, os representantes nos listaram uma série de considerações, com o intuito de tentar mobilizar alguma melhoria em suas comunidades com a ajuda deste meio de comunicação. Teto do Matadouro caindo, Centro de Inclusão Digital sem internet, reforma da escola inacabada, falta de médicos e buracos nas ruas são apenas algumas dessas queixas.

Com a notícia que circulou recentemente no Informativo A Voz, na edição 105, publicada no mês passado, que o prefeito Elias Lira projeta viabilizar a revitalização da lagoa, Beto foi taxativo: "o prefeito não colocou nem lamparina que custa R$ 350,00 vai fazer o projeto da lagoa que custa 8 milhôes? Isso é promessa vazia de ano pré-eleitoral. Eu desafio o prefeito a viabilizar este projeto até o final de sua gestão."

Quanto a uma feirinha de produtos na localidade, Beto declarou que esse é um projeto antigo em parcerias com a Universidade Católica de Pernambuco e Escola Agro Técnica (atual IFPE), sendo o referido projeto uma articulação sua quando ainda era sub-prefeito nomeado pala atual gestão. Contudo por motivos de desgastes com o secretariado que não demonstrava interesse na implementação das politicas públicas necessárias, foi desligado no final do ano passado (2010). Ao final parabenizou o surgimento do nosso blog e desejou muito sucesso nesse novo meio de comunicação. Reinterando que o blog ouvisse os apelos da Comunidade de Pirituba.

Agência de fachada (?)

Por conta das transformações econômicas em nossa cidade, os vitorienses precisam urgentemente se preparar para não perder postos de trabalhos para moradores de cidades vizinhas. Até o presente momento a Agência do Trabalho em Vitória, que era para está  funcionando na antiga estação ferroviária na praça Leão Coroado, há muito tempo está fechada. Com o bom momento que vive Pernambuco as agências do trabalho em outras cidades estão bombando. Já a de Vitória talvez seja a única  do Estado que não tem trabalhadores para atender os desempregados. “Seria cômico, se não fosse trágico”.

São João Nômade

Foto extraida do site www.worldofstock.com

Nas atividades do mundo moderno o improviso é coisa do passado. Planejar, antes de tudo, é a forma segura, inteligente  e econômica de obter sucesso. Os eventos realizados pela Prefeitura do Governo de Todos no São João  2011, segundo comentários de diversos forrozeiros, ficaram muito abaixo da média  das cidades do mesmo porte e tradição de Vitória. Programações desencontradas sem horários dos shows, falta de iluminação no trajeto ao Parque, desorganização no comércio de bebidas e carência na segurança, são apenas algumas das falhas apontadas. Mas, não poderia ser diferente, vejamos: ao longo do “seu governo” Elias determinou que as festividades  juninas  fossem realizadas  em três lugares diferentes (Praça Leão Coroado, no final da avenida e no Parque de Exposição), seria uma espécie de “Evento Nômade”, além do que, no próximo ano não se poderia contar com o espaço do Parque, já que ele foi doado pela a Prefeitura para o empreendimento do Shopping (podendo chegar em quatro lugares diferentes). Ficou  faltando também bandas de “peso”, para bombar no quesito  público e turbinar as  apresentações das atrações da terra, que  aliás, foi a única nota afinada do evento, esperamos que por ser daqui, não se massacre com atrasos nos cachês como foi feito com os músicos no carnaval.

Oportunismo

Foto: DVD Vitória de Santo Antão - Volume 1 - Edições RubroVêio

“Uma imagem, vale mais que mil palavras”. Ao ver o prefeito da Vitória dá as “costas” para o encontro do seu partido (DEM) na cidade de Caruaru, e no mesmo dia, e também, na mesma cidade ir à festa dos governistas da frente popular no Sítio Macambira, resume uma história de vida política (para os mais atentos) do atual prefeito. Em 1982 Ivo Queiroz e Marco Maciel apresentavam aos eleitores  vitoriense, Elias Lira, um ilustre desconhecido, como seu candidato a prefeito. Elias  “sentado” na cadeira de Prefeito descarta Ivo e não reconhece o valor de Rodrigues (conhecido como Máquinas para o Progresso) na sua eleição (soma dos votos PDS 1 + PDS 2). Na eleição seguinte “pula” para o lado de Zé Augusto, o maior rival de Ivo. O tempo passou (ARENA-PDS-PFL-DEM) e o atual prefeito da Vitória repete a dose, no momento em que seu partido DEM como também o seu maior líder Marco Maciel estão na “pior”, Elias se “abraça” com o governador Eduardo Campos que, certamente irá lhe acolher e colocá-lo na cota do “mais um” oportunista.

Suprassumo

Balas SupraSumo - Foto: Marcelo Carvalho

Segundo a UBD (União Brasileira de Divulgação) o prefeito da Capital do Forró, José Queiroz, foi consagrado com o Prêmio Qualidade Total, ficando classificado entre os 20 melhores prefeitos do NORDESTE. Foi  organizada uma grande cerimônia para marcar o fato em uma casa de recepção na cidade de Caruaru. Segundo o Jornal da Vitória, edição nº189, esse mesmo instituto (UBD) também consagrou o prefeito da Vitória, só que entre os 20 melhores prefeitos do BRASIL, ou seja, o prefeito de nossa cidade seria uma espécie de  "Suprassumo" da administração pública. Sem querer dúvidar da credibilidade da UBD, uma notícia dessa não era para o prefeito Elias deixar passar em branco, afinal, isso é muito bom para nós vitorienses, não é todo dia que se tem um gestor classificado como modelo. Mesmo sendo uma informação do mês de março, pela grandiosidade da notícia, o prefeito não poderia perder essa oportunidade de fazer mais “zuada” que a cidade de Caruaru, que apenas classificou-se entre os 20 primeiros lugares do nordeste.

Ataque dos porcos

Na manhã desta quarta-feira, no movimentado bairro do cajá, nossas lentes flagraram mais uma cena de descaso da gestão pública. Fica complicado para as donas de casa manterem suas calçadas limpas, quando a “família de porcos não respeitam regras sociais”. Seria bom que o prefeito  determinasse, na sua administração, quem vai ser o responsável por proibir que pessoas “criem” seus animais com lixos alheios.