Pitú doa cestas básicas para artistas do Alto do Moura de Caruaru.

  Artesãos, pintores e queimadores de peças que ainda sentem os impactos da não realização do São João são contemplados com a ação solidária

 A Pitú, produtora da cachaça mais consumida do Norte e Nordeste do País, realizou a doação de 500 cestas básicas para profissionais da classe artística do município de Caruaru, Agreste de Pernambuco, que pelo segundo ano consecutivo foram prejudicados com o cancelamento dos festejos juninos em decorrência da pandemia da COVID-19. A ação faz parte do projeto São João Solidário, que mesmo após o período junino continua recebendo doações através da parceria entre a Prefeitura de Caruaru, empresas e instituições parceiras. Para colaborar com qualquer valor, acesse o site: www.saojoaocaruarusolidario.com.br.

Com a doação da Pitú, foram contemplados artesãos, pintores e queimadores de peças do Alto do Moura, bairro situado a cerca de 7 km do centro de Caruaru e que é considerado o maior centro de arte figurativa das Américas pela Unesco. O Alto do Moura reúne centenas de artistas ao redor da Casa-Museu Mestre Vitalino, do Memorial Mestre Galdino, da Feira de Artesanato, da Estação Ferroviária, do Monte do Bom Jesus, do Museu do Barro, do Museu do Cordel, da Casa de Cultura José Condé, dos bares, restaurantes e demais pontos turísticos que ficam ainda mais efervescentes durante o período de São João. Com as restrições comerciais e não realização da tradicional festa, esses profissionais que trabalham no Alto do Moura e aguardam o evento para gerar renda foram bastante afetados.

Em 2019, ano em que ocorreu a última festa junina com público presente, antes do decreto da pandemia, a Pitú foi patrocinadora oficial do São João de Caruaru.

“Nestes difíceis anos de enfrentamento à pandemia, a Pitú permanece com o compromisso de incentivar a tradição do maior e melhor São João do mundo, apoiando os trabalhadores da cadeia produtiva e artística de Caruaru que tanto abrilhantam a nossa cultura nordestina”, ressalta Alexandre Ferrer, presidente da Pitú.

 Sobre a Pitú - A Engarrafamento Pitú, fundada em 1938 por Joel Cândido Carneiro, Severino Ferrer de Moraes e José Ferrer de Moraes, é referência nacional no setor de cachaça. Sendo uma das maiores indústrias de aguardente do Brasil, a Pitú engarrafa e comercializa, aproximadamente, 100 milhões de litros por ano. Com 83 anos de história, a Pitú está entre as 20 marcas de bebidas destiladas mais produzidas no mundo. A fábrica está localizada no município de Vitória de Santo Antão, Zona da Mata do Estado de Pernambuco.

Acompanhem as redes: www.instagram.com/pitu e www.facebook.com/pitu.