Oportunismo

Foto: DVD Vitória de Santo Antão – Volume 1 – Edições RubroVêio

“Uma imagem, vale mais que mil palavras”. Ao ver o prefeito da Vitória dá as “costas” para o encontro do seu partido (DEM) na cidade de Caruaru, e no mesmo dia, e também, na mesma cidade ir à festa dos governistas da frente popular no Sítio Macambira, resume uma história de vida política (para os mais atentos) do atual prefeito. Em 1982 Ivo Queiroz e Marco Maciel apresentavam aos eleitores  vitoriense, Elias Lira, um ilustre desconhecido, como seu candidato a prefeito. Elias  “sentado” na cadeira de Prefeito descarta Ivo e não reconhece o valor de Rodrigues (conhecido como Máquinas para o Progresso) na sua eleição (soma dos votos PDS 1 + PDS 2). Na eleição seguinte “pula” para o lado de Zé Augusto, o maior rival de Ivo. O tempo passou (ARENA-PDS-PFL-DEM) e o atual prefeito da Vitória repete a dose, no momento em que seu partido DEM como também o seu maior líder Marco Maciel estão na “pior”, Elias se “abraça” com o governador Eduardo Campos que, certamente irá lhe acolher e colocá-lo na cota do “mais um” oportunista.

Esta entrada foi publicada em A Lupa e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *