RETROSPECTIVA 2016: O FATO MAIS RELEVANTE DO ANO.

JUSTIÇA ELEITORAL LOCAL: MEDIDAS ACERTADAS.  

Anotamos como o fato mais positivo do ano de 2016 o conjunto de medidas tomadas pela Justiça eleitoral da nossa Comarca, uma vez que vivenciamos um ano com disputas pelo poder municipal. De partida, o Voto Biométrico, de certa forma deu uma “enxugada” no sistema e queimou muita gordura imprestável.

O revezamento dos  eventos políticos, imposto pelos magistrados locais, na minha modesta opinião, foi muito acertado. Produziu, em certa medida, algo de bom para os eleitores que não estavam envolvidos diretamente com as campanhas, fazendo com que os eventos políticos atrapalhassem menos o cotidiano da cidade.

Por fim, os procedimentos realizados no dia do pleito foram medidas providenciais. Se antecipar aos problemas é a forma mais  racional e equilibrada de minimiza-los. Contudo o que tange às grandes mudanças necessárias ao processo como um todo, para chegarmos a uma disputa razoavelmente equilibrada, reconhecemos que não cabe aos condutores locais.

RETROSPECTIVA 2016: Fatos Políticos e Administrativos

CARNAVAL SEM INVESTIMENTO

A gestão do Governo de Todos encerra o seu ciclo de oito anos na coordenação do carnaval vitoriense, em 2016, de forma melancólica. Sem nenhum investimento nas agremiações carnavalescas,  a prefeitura promoveu um carnaval sucateado: sem ornamentação, sem iluminação e sem a menor organização.

A CIDADE NO ESCURO

O ano na cidade da Vitória também foi marcado pela escuridão nas ruas, em praticamente todos os bairros do município. Com a transferência dos serviços de iluminação pública da CELPE para a gestão do Governo de Todos, o setor foi sucateado e até a iluminação do  Centro Comercial foi esquecida.

IMOVEIS DO MUNICÍPIO SÃO NEGOCIADOS.

O prefeito Elias Lira promove a maior sequência de  desafetação da história do município. Ruas, prédios no Centro Comercial e galpão as margens da BR 232, são transacionadas em troca de asfaltamento de ruas, calçamento de ruas e construção de ponte. Algumas operações foram questionadas pela justiça.

ESCOLHA DO CANDIDATO PELO PREFEITO.

A escolha do candidato a prefeito do grupo liderado por Elias Lira foi traumática para seus liderados. Os secretários Ozias Valentim e Paulo Roberto travaram uma verdadeira guerra interna que rachou o conjunto. Paulo Roberto acabou ganhando a parada e Ozias cedeu, ocupando a vaga de vice na chapa majoritária. A decisão unilateral de Elias Lira não agradou a maioria do grupo "amarelo".

INVASÃO AOS ESPAÇOS PÚBLICOS

O ano de 2016 também foi marcado por invasões a espaço público. Além dos prédios no Centro Comercial e às  margens da movimentada Avenida Henrique de Holanda a própria prefeitura, por ocasião de uma reforma em um posto de saúde no bairro de Águas Branca, também invadiu o passeio público.

O PRÉ-CANDIDATO A PRESIDENTE ÁLVARO DIAS EM VITÓRIA.

No feriado da independência, 07 de setembro, o senador pelo estado do Paraná e pré-candidato a presidente da República, Álvaro Dias, visitou a cidade em agenda política, com o então candidato a prefeito Zé Catinga.

FUNCIONÁRIO DA PREFEITURA EM GREVE POR SALÁRIOS ATRASADOS

No  mês de setembro a cidade também ficou marcada pelos movimentos grevistas deflagrados pelo funcionalismo público municipal. Atrasos de salários, entre outras reivindicações, foram os motivos pelo os quais  levaram as pessoas às ruas para cobrar  dignidade e respeito.

ESPIONAGEM, PERSEGUIÇÃO E AGRESSÃO NA CAMPANHA ELEITORAL.

O processo eleitoral também foi marcado por cenas de filmes de James Bond. O candidato a prefeito Paulo Roberto, ao saber que estava sendo filmado,  em um ato de campanha no bairro da Militina, no dia 13 de setembro, perde o controle emocional e, em perseguição automobilística, parte para agressão. As cenas são gravadas e disponibilizadas através das redes sociais.

ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS PROTESTAM PELO SUCATEAMENTO DOS ÔNIBUS.

Durante vários sábados do mês de setembro os estudantes universitários, através do movimento #RegulaBusão, ocuparam a Avenida Mariana Amália para protestar contra o  sucateamento dos ônibus dos estudantes, promovido pela gestão do Governo de Todos.

DEBATE ELEITORAL NO CAV.

No dia 20 de setembro aconteceu o primeiro debate eleitoral na nossa cidade, promovido por uma instituição independente. O evento de caráter cívico eleitoral foi promovido pela  ADUFEPE – Associação dos Docentes da Universidade Federal de Pernambuco e ocorreu na Quadra do CAV. Dos cinco postulantes, apenas três compareceram: Henrique Filho, Edmo Neves e Zé Catinga.

AGLAILSON JUNIOR É ELEITO PREFEITO DA VITÓRIA.

No domingo 02 de outubro a chapa formada pelo deputado Aglailson Junior (PSB) e pelo vereador Doutor Saulo (SD), prefeito e vice,  respectivamente, é consagrada vencedora na disputa eleitoral local, com 30.935 sufrágios. Na mesma noite, em movimento festivo, vencedores e correligionários comemoraram pelas principais ruas da cidade.

CASA DIOGO DE BRAGA COM 19 VEREADORES.

Eleitores vitorienses elegeram pela primeira vez dezenove vereadores para representa-los. A saber: Marcone da Charque – PSD (2.858), Irmão Duda – PSDC (2.812), André de Bau PSD (2.744), Mano Holanda – DEM (2.693), Lourinaldo Junior – PMDB (2431), Celso Bezerra – PSDB (2.240), Romero Querálvares – PSB (2.068), Edmilson de Várzea Grande – PMDB (1.937), Jota Domingos – PTC (1.842), Novo da Banca – PSD (1.757), Xanuca – PSD (1.574), Toninho – PRB (1.502), Marcos da Prestação – PV (1.493), Silvia do Geral – PSB (1.413), Danda da Feijoada – PPS (1.292), Zequinha Moto Taxi – DEM (1.139), Baixa Emiliano – PTC (993), Geraldo Filho – PR (875) e Frazão – PRP (740). Todos diplomados no dia 19 de dezembro.

MAIS UMA MULHER NO PARLAMENTO. 

A Técnica em Enfermagem, Silvia Moura de Jesus – Silvia do Geral – foi a quarta mulher da história política local a conseguir um assento na Casa Diogo de Braga. Com  forte trabalho  social na área da saúde,  Silvia já havia disputado o mesmo cargo antes, sem sucesso.

ANDRÉ CARVALHO: UMA VOTAÇÃO EXPRESSIVA. 

Com a proposta de um mandato colaborativo o jovem ativista social,  André Carvalho,  não conseguiu um assento na Câmara de Vereadores, mas saiu das urnas com a oitava maior votação individual da eleição. Filiado ao PSOL,  André teve no movimento estudantil sua mais forte bandeira.

DESMONTE DA MÁQUINA ADMINISTRATIVA.

A gestão do Governo de Todos na primeira semana após as eleições municipais, realizada no dia 02 de outubro, promoveu um verdadeiro desmonte administrativo: demitiu funcionários não efetivos, fechou unidades de saúde e cancelou serviços essenciais à população, sobretudo aos mais carentes.

COLETIVA DE IMPRENSA: EQUIPE DE TRANSIÇÃO. 

No dia 20 de outubro o prefeito eleito Aglailson Junior convocou uma coletiva de imprensa para anunciar sua equipe de transição. O evento aconteceu no Teatro Silogeu. Lívio de Oliveira Amorim foi nomeado o coordenador geral da equipe.

ENTREGA DOS APARTAMENTOS: MINHA CASA, MINHA VIDA.

No final do mês de outubro a prefeitura da Vitória e a Caixa Econômica Federal promovem sorteio e a entrega dos últimos apartamentos do conjunto residencial Jardins da Vitória, localizado no bairro de Militina, dentro do projeto do Governo  Federal -  Minha Casa, Minha Vida. Ao total,  896 novas unidades foram entregues.

ÔNIBUS DOS ESTUDANTES PARAM

Após inúmeros protestos e muitos comentários nas redes sociais,  sobre às precárias condições e insegurança no transporte coletivo oferecido aos estudantes, sob a coordenação do Poder Público Município, o prefeito Elias Lira retira-os de circulação,  deixando os universitários sem transporte para conclusão do anos letivo de 2016.

AMBULANTES INVADEM AS CALÇADAS NOVAMENTE

A gestão do Governo de Todos,  numa ação orquestrada,  permitiu, logo após as eleições municipais, que os comerciantes ambulantes invadissem as calçadas do Centro Comercial e as praças da cidade. A ação fez parte do desmonte administrativo municipal, promovido pelo prefeito Elias Lira.

  DIPLOMAÇÃO DOS ELEITOS

No dia 19 de dezembro aconteceu no auditório do Ministério Publico da nossa Comarca a solenidade de  diplomação dos eleitos nas eleições de outubro. No evento compareceram todos eleitos no pleito. O evento foi coordenado pela juíza  da 18ª Zona Eleitoral,  Malu Marinho Sette e pela  promotora pública Joana Cavalcanti.

FUNCIONÁRIOS OCUPAM PRÉDIO DA PREFEITURA

O dia 21 de dezembro é marcado pela  ocupação no prédio da prefeitura. Após atrasos nos salários e o não pagamento do décimo terceiro a parcela dos  funcionários e aposentados, manifestantes ocupam dependências do prédio  sede do Poder Municipal, prometendo só sair com o restabelecimento dos respectivos pagamentos.  Gestores silenciam.

RETROSPECTIVA 2016: Fatos Marcantes e Sociais

VITÓRIA 360 ANOS. 

Anotamos o mês de janeiro de 2016 como à passagem dos 390 anos da chegada do português Diogo de Braga em nossas terras. Oriundo da Ilha de Santo Antão, localizada no Arquipélago do Cabo Verde,  Diogo de Braga veio com a família para morar e trouxe sua devoção ao eremita Santo Antão.

  JOSÉ MARQUES DE SENNA: SAI DE CENA. 

No dia 26 de abril Vitória perde o artista José Marques de Senna. Com contribuição nas mais variadas formas de expressões artísticas Zé Marques de Senna, como era mais conhecido, foi o principal nome da cidade na cultural carnavalesca mais representativa do nosso município: Os Carros Alegóricos. 

OS DEZ ANOS DO CENTRO ACADÊMICO DA VITÓRIA

No dia 31 de maio o Centro Acadêmico da Vitória lança selo comemorativo dos dez anos da chegada da instituição na nossa cidade. Vários eventos marcaram a passagem da primeira década do CAV na nossa cidade.

  PRIMEIRA FESTA DA SAUDADE.

No dia 06 de agosto a Agremiação Carnavalesca Saudade,  promoveu no Clube dos Motoristas “O Cisne” uma festa dançante animado pela Orquestra Super Oara. O evento, entre outros objetivos, teve como finalidade resgatar os grandes bailes ocorridos em décadas passadas,  nos tradicionais clubes da cidade.

MORRE O COMPOSITOR BENEDITO DE CACHOEIRINHA

Após nove meses em tratamento seu Benedito, mais conhecido como “Bené de Cahoeirinha”, morre no dia 19 de setembro. Além de gozar do respeito e da admiração dos que lhe conhecia, Seu Bené foi um dos maiores compositores da nossa terra. Entres  as muitas composição estão os hinos dos times do Vitória e do Vera Cruz.

INTERNET NA ELEIÇÃO MUNICIPAL.

As eleições municipais 2016 elegeu a internet como principal ferramenta para difusão de ideias e boatos na cidade. Se antes o jornal, o rádio e até TV local ocuparam, respectivamente,  seu papel de protagonistas no processo eleitoral local, em 2016, a internet avançou e tornou-se  a  ferramenta mais ampla para as campanhas políticas.

ESTUDANTES OCUPAM CENTRO ACADÊMICO

No dia 18 de outubro os universitários do Centro Acadêmico da Vitória ocupam as instalações físicas da instituição de ensino,  em protesto contra votação de  um Projeto de Emenda à Constituição no Congresso Nacional. A ação fez parte de um movimento ocorrido em nível nacional.

ESTUDANTES VITORIENSES NAS RUAS.

No dia 25 de outubro estudantes vitorienses,  contrários à PEC- 241,  se manifestaram em passeata pelas principais ruas da cidade. O movimento foi uma reprodução de várias manifestações que ocorreram em todo País.

  SESQUICENTENÁRIO DA IMPRENSA VITORIENSE. 

No dia 04 de novembro a direção do Instituto Histórico e Geográfico da Vitória reuniu jornalistas da velha e da nova safra,  para comemora a passagem dos 150 anos da imprensa escrita na cidade, iniciada em 05 de novembro de 1866,  pelo vitoriense Antão Borges Alves.

FALECIMENTO DO SENHOR ELMO CÂNDIDO CARNEIRO

Após várias semanas internado na cidade do Recife, na noite do dia 10 de dezembro, faleceu o presidente do Engarrafamento Pitú, Elmo Cândido Carneiro. Com atuação nas mais variadas frentes sociais, assim como no campo do empreendedorismo, Seu Elmo da Pitú recebeu homenagem em todo Estado de Pernambuco e também da Jornal Folha de São Paulo.

RETROSPECTIVA 2016: Fatos Culturais, Artísticos e Esportivos 2016.

ESPAÇO ESPORTIVO É INAUGURADO No dia 23 de janeiro o espaço esportivo, intitulado Arena S2 é inaugurado com jogo festivo. Por iniciativa do jogador profissional Sueilton Aguiar, natural da Vitória, a Arena S2 recebe vários profissionais do gramado e convidados para partida festiva.

CAMPEONATO PERNAMBUCANO DE JUDÔ

No dia 13 de março nossa cidade sediou a primeira fase do Campeonato Pernambucano de Judô. O evento  aconteceu no Ginásio esportivo da Faculdade Osman Lins. O certame foi disputado em várias categorias -   masculino e feminino.

VITÓRIA: CAMPEÃO ESTADUAL DE FUTSAL Foi no mês de junho que, após 32 anos, nossa cidade, Vitória de Santo Antão, conquistou o campeonato estadual de futsal. Com uma vitória por 3x0 na prorrogação, diante da equipe caruaruense, o time do Vitória levantou a taça de campeão. LIVRO APELIDOS VITORIENSES

No dia 06 de agosto o blogueiro Cristiano Pilako lançou seu primeiro livro, intitulado: Apelidos Vitorienses. A obra foi a primeira do gênero na cidade e teve como objetivo revelar a origem da alcunha de alguns  vitorienses que são mais conhecidos pelo apelido do que pelo próprio nome. O evento de lançamento ocorreu na Praça de eventos do Vitória Park Shopping,

ÍRIS: CAMPEÃO INVICTO

No dia 21 de agosto, em jogo eletrizante contra a equipe do Corinthians, o time do Íris sagrou-se campeão vitoriense de juniores. A partida aconteceu no Estádio Carneirão e terminou empatada em 2x2. Invicto, o Íris levantou a taça.   LANÇAMENTO DO LIVRO DE PEDRO RIBEIRO.

No do 05 de setembro o premiado escritor Pedro Humberto Ferrer de Moraes lançou o livro realçando a vida do importante vitoriense Pedro Ribeiro destacando a sua decisiva participação na  Guerra do Mascates,ocorrida  em 1710. O evento aconteceu  no Plenário da Casa Diogo de Braga.

  ENCONTRO DE COMPOSITORES VITORIENSES

Os compositores membros da Academia Vitoriense de Letras, Artes e Ciência, Aldenisio Tavares e Stephen Beltrão lançaram  CD  autoral com vinte músicas (10 de cada). O evento aconteceu nas dependências da Casa do Imperador, no dia 23 de outubro.

 

LANÇAMENTO DA 16ª EDIÇÃO DA  REVISTA DO INSTITUTO HISTÓRICO. Na noite do sábado, dia 03 de dezembro, foi lançada a XVI edição da Revista do Instituto Histórico e Geográfico da Vitória. O evento ocorreu no Restaurante Pizza Grill e contou com a presença de sócios e convidados. Na ocasião, a nova diretoria eleita também tomou posse.

CD CARNAVALESCO -  “NAS NUVENS”

No dia 04 de dezembro os compositores Aldenisio Tavares e Guilherme Pajé, em parceria, lançaram  uma coletânea carnavalesca relembrando os compositores, cantores e instrumentistas da Vitória e de nomes consagrados do Estado que já se encontram “NAS NUVENS”.

  LIVRO: ENGENHO GALILEIA.

Aconteceu no Teatro Silogeu José Aragão, no dia 09 de dezembro, o lançamento do livro “A revolução de 1964 e a história do Engenho Galileia” escrito pelo membro da Academia Vitoriense de Letras, Artes e Ciência, professor Serafim Lemos do Nascimento.

1ª SALÃO DE ARTE VITORIANA.

Entre os dias 16 e 22 de dezembro aconteceu o 1º Salão de Arte Vitoriana. O evento cultural aconteceu no Casarão dos Deus e Melo e teve  como foco o realce da arquitetura vitoriense, nas suas mais diversas expressões. O professor de pintura, Aldênio Marques foi o idealizador do evento que contou com trabalhos de vários vitorienses.

Registramos a colaboração das noticias esportivas do blogueiro Márcio Souza.

RETROSPECTIVA 2016: Fatos Religiosos e Empresariais 2016

A CERVEJARIA VITORIENSE.

O dia 23 de abril de 2016 foi o dia em a fábrica de cerveja Pattlou começou operar na nossa  cidade. Voltado para um público consumidor diferenciado o empreendimento foi construído na localidade de Terra Preta e já  produz  cinco rótulos diferentes.

  ORDENAÇÃO NA MATRIZ

No dia 09 de julho foi ordenado Padre Jesuíta, o vitoriense Cleiton Nery de Santana. O evento religioso aconteceu na Igreja Matriz de Santo Antão e foi celebrado pelo Arcebispo da Arquidiocese de Olinda e Recife,  D. Antônio Fernando Saburido.

PASTOR OSEAS: UMA UNÂNIMIDADE. 

O mês de agosto foi marcado pelos vários eventos para celebrar a aposentadoria do conceituado e querido Pastor Oseas Santos. Com trinta e seis anos de atuação pastoral na Vitória de Santo Antão e uma grande folha de serviços prestados à nossa comunidade, o religioso também foi agraciado com o título de cidadão vitoriense.

Exposição Dom Helder 

No mês de setembro o  Instituto Histórico e Geográfico da Vitória abrigou a rica  exposição contando a história – 1909 a 2009 – de Dom Helder Câmara, um dos mais importantes religiosos católicos do Brasil.

  ROTA 300 ANOS DE APARECIDA

Cumprindo o planejado pelo  vicariato da Arquidiocese  de Olinda e Recife – de visitar 121 paróquias –  na noite do dia  20 de novembro aconteceu a procissão com  a imagem de Nossa Senhora Aparecida pelas principais ruas da cidade. O evento religioso fez parte da Rota 300 anos de Aparecida, coordenado em todo Brasil pela CNBB.