Momento Restaurante e Pizzaria do Léo – “Novos Horários de Funcionamento”.

SERVIÇO: 

Restaurante e Pizzaria do Léo (antigo Recanto do Ceará).

Funcionamento – presencial e Delivery –  terça a domingo – 11h às 23h.

Contatos: 2160-1080 / 9.8564.1651 – @DOLEO.REST

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Praça da Restauração: pedras já estão afundando……

A nossa “aldeia” – Vitória de Santo Antão – foi desbravada pelo português Diogo de Braga,  em 1626. Segundo consta nos livros que narram a nossa história, tudo começou a partir do que hoje  conhecemos como “Pátio da Matriz”. O tempo passou e no entorno da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Livramento surgiram  outras comunidades. Foi só a partir da segunda metade do século XIX que o bairro do Livramento começou ganhar forma.

Já bem povoado e com espaços residenciais e comerciais consolidados, como por exemplo o Pátio dos Currais, o bairro, no transcorrer  das seis primeiras décadas do século XX, começou ganhar o seu principal conjunto de praças. Nesse contexto, exatamente em janeiro de 1954, pelas mãos do então prefeito Manoel  de Holanda “nasceu” a Praça da Restauração – uma homenagem direta às comemorações do tricentenário do importante fato histórico que ficou catalogado como “Restauração Pernambucana”.

Muito bem, por ocasião da “recente” reforma ocorrida no citado equipamento público – Praça da Restauração -  na segunda gestão do Governo de Todos (2013/2016), além de outras observações, à época, aqui pelo blog, questionei à retirada das pedras do piso da praça, pois,  as mesmas, por serem  material de excelente qualidade e estarem em perfeito estado de conservação, no meu modesto entendimento,  poderiam muito bem ser mantidas. Lembremos que foi investido nessa obra, algo em torno de 2 milhões de reais do dinheiro do contribuinte.

Resumo da ópera:

Hoje,  pela manhã, ao caminhar pela aludida praça – Praça da Restauração e que algumas pessoas teimam em chamar  de “Praça do Jacaré” – observei que, com mais ou menos 7 de anos de uso, o piso já começou a ceder e se soltar, ou seja: com uma chuvada forte tudo poderá ir de água abaixo, já que esse material é encaixado ou coisa que o valha....

Apenas a titulo de comparação:

o piso da obra que foi realizada pelo prefeito Manoel de Holanda, com mais ou menos 70 anos,  encontrava-se  em perfeito estado de uso e conservação. Atualmente, com pouco mais de 7 anos de aplicado esse tal  material,  ao que parece, se não houver uma rápida intervenção, já já a “vaca” irá para o brejo......

Publicado em A Lupa | 1 comentário

O Tempo Voa: Otoni Rodrigues.

O vitoriense Otoni Rodrigues fazendo a Festa da Marocas - Belo Jardim - 1970. Na foto, "Dona" Maria José, criadora do referido evento. 

Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

OSMAN LINS E JORGE AMADO: O ELO AMERICANO -por Ronaldo Sotero.

Quem poderia unir o escritor vitoriense Osman Lins (1924-1978) e o baiano Jorge Amado(1912-2001)? O responsável desse elo é o professor da Universidade de Queens, em New York, o americano Gregory Rabassa, falecido aos 94 anos, em 2016, considerado o tradutor-mor da literatura latino-americana. De Osman ele traduziu Avalovara e de Amado, Capitães da areia.

Além dos dois escritores nordestinos, Rabassa traduziu de Machado de Assis (Quincas Borba e Memórias Póstumas de Brás Cubas). A ucraniana Clarice Lispector também foi traduzida pelo mestre americano. Não é para qualquer um ter a dimensão internacional do vitoriense nascido na Rua do Rosário, bairro da Matriz, Osman Lins, traduzido, inclusive para outros idiomas, a exemplo do francês e alemão. A Universidade de Brasília mantém o núcleo de estudos osmanianos, através da professora Elizabeth Hazin.

Em 2016, a Unicamp (Universidade de Campinas) adotou como livro do seu concorrido vestibular, a peça "Lisbela e o prisioneiro", de autoria do escritor vitoriense. Ele é considerado um dos três maiores escritores do romance latino americano, ao lado do Prêmio Nobel, o colombiano Garcia Márquez e do argentino Júlio Cortázar, na visão do professor Gregory Rabassa. Em destaque, os livros Avalovara e Capitães da Areia com as edições em português e inglês.

O reconhecimento dos vitorienses ao seu escritor maior através da leitura de sua obra é, sobretudo, gesto de grandeza a quem levou o nome de sua cidade ao mundo em vários idiomas.

RONALDO SOTERO. 
Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Mudanças nos ônibus: pontuou positivamente a prefeitura/AGTRAN….

Hoje, dia 10 de março de 2021, é um dia histórico para o funcionamento do nosso trânsito e, em particular, à mobilidade urbana -  diretamente ligada ao transporte público de passageiros.

Em editorial do Jornal “ O Vitoriense” (28 de fevereiro 1966), com o título “A Cidade Cresce”, o ex-prefeito Mestre Aragão, há exatos 50 anos, entre outras coisas, disse: “Quer o vitoriense ter uma visão panorâmica da cidade? Suba os morros que a circundam, nos diversos bairros, distenda a vista pelos quatro pontos cardeais, ou então, a sobrevoe numa das aeronaves do Aeroclube local”.

Uma pena que nas últimas décadas os prefeitos que comandaram a cidade não tenham conseguido enxergar que Vitória cresceu e  avançou,     tornando-se  um lugar com característica de metrópole,     não mais suportando  ser gerida tal qual  uma cidadezinha do interior. Não à toa, ostentamos o título de Capital da Zona da Mata.

Refiro-me, pontualmente,  à  acertada medida do prefeito Paulo Roberto, através do diretor da AGTRAN, Marcelo Torres, em modificar a lógica do transporte  local, ou seja: que os ônibus que circulam na cidade devem ter como ponto de partida e chegada o bairro de origem. As vias centrais – super movimentadas, sobretudo em horários de pico -  é espaço, apenas, para circulação. Evidente que essa operação, inicialmente, trará algum tipo de transtorno aos passageiros.

Imagino que para a prefeitura/AGTRAN tomar essa iniciativa, certamente já deve ter estudado  a melhor forma de enquadrar o “novo terminal” no bairro, com informações como  local, horário, itinerário e etc.

Outra coisa que também deve ser “mexida” é nos horários: antes, boa parte  dos  ônibus “partiam” do centro  ao mesmo tempo (para não ter seus passageiros "roubados"), causando assim um constante congestionamento desnecessário. Quero crer que esse detalhe também já foi observado.

O transporte coletivo de passageiros  em nossa cidade  sempre foi um “buraco negro”: poucas informações, sem regras claras e sem o menor respeito aos usuários.  As novas tecnologias estão disponíveis para um melhor aperfeiçoamento do sistema. Desde o inicio do nosso jornal eletrônico -  intitulado Blog do Pilako -  que produzimos conteúdo sobre essa questão – transporte público -, inclusive, por ocasião das “Live(s) com os candidatos a prefeitos e vice da Vitória (em 2020), cobramos de todos  os postulantes um posicionamento sobre essa questão.

Hoje, portanto, é um dia histórico. Doravante, tenho a absoluta certeza, que nenhum gestor da nossa cidade, mais adiante, tenha coragem de desfazer  essa ação, hora  empreendida pelo diretor AGTRAN, senhor Marcelo Torres. Para concluir, contudo, não podemos imaginar que as coisas serão solucionadas com apenas uma mudança estrutural. O quesito “Mobilidade Urbana” é algo dinâmico e sempre haverá mudanças e melhoramentos por fazer. Parabéns pela atitude de hoje.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Momento Restaurante e Pizzaria do Léo – “Quarta-feira da Pizza”.

SERVIÇO: 

Restaurante e Pizzaria do Léo (antigo Recanto do Ceará).

Funcionamento - presencial e Delivery -  terça a domingo - 11h às 23h.

Contatos: 2160-1080 / 9.8564.1651 - @DOLEO.REST

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Bolsonaro e Lula: entendimento pelas lentes do “Código de Hamurabi”.

 

Sob todos os pontos de vista, a recente notícia de que o ex-presidente ou mesmo ex-presidiário,  Luiz Inácio Lula da Silva, doravante, é um homem livre merece uma série de retoques e analises. Mas, independente de qualquer coisa,  não deixa de ser uma “virada de mesa” surpreendente. Por incrível que possa parecer, a volta do expoente máximo do petismo ao tabuleiro político, no atual contexto, é um excelente e extraordinário  negócio para as duas correntes  políticas antagônicas, hoje representadas  pelo “bolsonarismo” e o  “lulismo”.

Por condições óbvias não me atreverei a fazer qualquer analise técnica no sentido do arcabouço jurídico vigente que embasou tal reviravolta, muito menos  sobre o conjunto de motivação do eminente ministro da nossa  suprema corte que “meteu a caneta”,  monocraticamente,  nessa parada. Não, não tenho a menor condição técnica! Mas,  na condição de brasileiro comum, tal qual a esmagadora maioria dos leitores dessas linhas, não fiquei indiferente ao recente acontecimento jurídico que certamente entrará para a história da nossa república.

Na qualidade de civilização pós-iluminismo,  já chegamos à lua, já estamos nos preparando para “turistar” em Marte, somos capazes de mutações genéticas e transplantes inimagináveis,  já estamos vivendo num mundo globalizado em rede e tantas outras coisas maravilhosas  que desfrutamos,   no contexto cientifico.  Tudo isso nos fornece um inequívoco atestado da evolução civilizatória.

Já com relação à evolução da natureza humana,  apesar de tantos bons exemplos (coletivos e individuais), as vezes, tenho a impressão que desembarcamos  numa estação qualquer, na inexorável viagem na linha do tempo. Com efeito, viajemos  à Mesopotamia ( espaço geográfico que corresponde, hoje, ao Iraque), ao “tempo” do Rei Hamurabi – 1792 a 1750 a.C.

Por lá, 282 Leis regulavam aquele “mundo” – hoje, visto como a mais antiga legislação que conhecemos  - uma espécie de origem do direito.  A chamada Lei de Talião é o ponto fundamental  e principal do conhecido código - Código de Hamurabi. O termo – Talião – vem do latin “talionis”, que significa “como tal” ou “idêntico”. Daí é que surge  a expressão: “ olho por olho, dente por dente”.

O curioso e interessante desse  famoso  “arcabouço jurídico”, por assim dizer, é que sua aplicação, na essência, distinguia   as classes sociais, ou seja: olho por olho, dente por dente não  se aplicava  isonomicamente  entre os diversos  entes que compunham a sociedade de então, formada basicamente por “awilu” (poderosos), mushkenu (povo) e wardu (escravos de guerras).

Voltando ao episódio jurídico que recoloca o ex- presidente Lula no jogo político -  por enquanto. O contexto em que as coisas aconteceram  pareceu-me  ser um desses lances do velho  “Código de Hamurabi”, ou seja: "eles lá,  sabem muito bem o que fizeram".  O entendimento da Justiça Brasileira não é algo para principiantes,  muito menos  para nós,  povo e simples mortais  que somos obrigados a  conviver  com uma justiça lenta, cara, ineficiente e muitas vezes injusta. Em terras tupiniquins, ao que parece,  o velho “Código de Hamurabi” continua em voga.  Isto é: "cachorro grande"  só pode brigar e se entender com similares............. O resto é  resto.........

Publicado em A Lupa | 1 comentário

Momento Pitú

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

LIVE 88 – AO VIVO – “Dia Internacional da Mulher” com a produtora cultural Hérika Araujo..

Recebemos para uma LIVE ESPECIAL - DIA INTERNACIONAL DA MULHER,  na tarde de hoje (08), a produtora cultural e ex-candidata a prefeita da Vitória, Hérika Araujo.

Antes anunciado uma outra convidada, mas que por motivos pessoais não pode participar, desenvolvemos com Herika Araujo uma "leitura" sobre os diversos olhares sobre a mulher na sociedade. Sobre a tão atualizada e badalada "cultura do cancelamento" nas redes, disse ela: " Pilako, essa onda de cancelamento é antiga". Com relação a implementação de  políticas públicas , dedicadas às mulheres, a nossa convidada conclamou mais participação das mulheres na vida partidária.

ASSISTA A LIVE COMPLETA AQUI.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Novo Decreto Estadual em Vitória foi parcialmente cumprido…

A paralisação das atividades comercias  sempre será algo amargo. Ruim para todos os envolvidos. É desconfortável para o consumidor,  é custoso para a cadeia produtiva   e, principalmente,  impopular para todos os governantes envolvidos. Face ao descontrole visível da pandemia do novo coronavírus em nosso País medidas restritivas estão sendo tomadas em praticamente todos os estados.

Em Pernambuco o governador emitiu mais um decreto que segue valendo até o próximo dia 17 de março. Com efeito, em nossa “aldeia” – Vitória de Santo Antão -, no último sábado, dia 06 de março, vivenciamos mais um dia histórico, ou seja: por motivo sanitário a Feira Livre foi proibida de funcionar.  O comercio formal do centro,  idem.

Segundo informações dos comerciantes da área da feira e de populares,  no inicio da manhã, a feira da “Rua da Águia” estava de “vento em popa”. Imagens por volta do meio dia (06/03/21), revelam  que houve modificação no ritmo comercial, mas as atividades não pararam,  tal como desejava a prefeitura local. Já as lojas do centro, por volta do meio dia, estavam praticamente todas fechadas.  Durante a noite do sábado (06) e do domingo (07), no Bairro da Matriz e adjacências,  observou-se um certo “deserto”.

Se a prefeitura tiver realmente interesse em cumprir o que determina o decreto estadual,  no próximo final de semana, sobretudo em relação à feira livre, deverá empreender algumas ações extras. Dentre as quais, destacamos:  recolhimento dos bancos dos feirantes das ruas,  logo após o encerramento da feira da sexta. Se assim não proceder, dificilmente terá “penas” para fazer cumprir o que determina o decreto estadual, recentemente assinado pelo Governador Paulo Câmara.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Convidada não poderá participar da LIVE – Dia Internacional da Mulher.

Pilako,  bom dia! Primeiramente agradeço pelo honrado convite para participar da Live do seu renomado blog, justamente num dia tão importante como hoje -  08 de março – Dia Internacional da Mulher. Infelizmente, por motivo alheio ao meu desejo, não irei poder participar. Peço-lhe mil desculpas e dez mil desculpas aos seus fiéis internautas. Com toda certeza estaremos cumprindo essa agenda mais adiante.

Sthefania Rodrigues.

Nota do Blog:

Para não cancelar a Live Especial Dia Internacional da Mulher, antes anunciada, já  entramos em contato com uma outra convidada não menos preparada - para mantermos a pauta. Portanto, confirmamos a presença da Produtora Cultural Hérika Araujo para falarmos de políticas públicas voltadas para as mulheres. 

Live do Blog do Pilako - segunda-feira, o8 de março, às 17h. 

 
Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Dia Internacional da Mulher – por Pedro Ferrer.

Dia 8 de março, dia Internacional da mulher. Para homenagear as mulheres antonenses ou amigas da Vitória de Santo Antão o Instituto criou a MEDALHA EUNICE XAVIER. Há cinco anos o Instituto Histórico promove solenidade na qual outorga a medalha Eunice Xavier, às mulheres que se destacaram socialmente no exercício de sua profissão.

Eunice Vasconcelos Xavier foi um exemplo de amor e dedicação a sua terra natal. Nela exerceu o magistério e ocupou por vinte anos, com zelo e denodo, a presidência do Instituto. Em oportuna hora os sócios do Instituto criaram esta medalha que leva o nome da professora Eunice.

Continuamos a enfrentar o vírus. Todos sabem das restrições impostas pelos gestores. Deste espaço queremos homenagear as mulheres, especialmente as antonenses e de maneira particular a mulher negra.

Seguindo o exemplo e pegando carona na oportuna programação da AMNB prestamos esta homenagem a mulher negra. É uma ocasião de luta contra o racismo.

“A Articulação de Mulheres Negras Brasileiras lançou uma agenda que toma o título : MARÇO DE LUTAS CONTRA O RACISMO E PATRIARCADO. As ações abrangem os Dias Internacionais da Mulher e de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial, durante o mês inteiro, incluem campanha nas redes sociais, site, e materiais audiovisuais criados exclusivamente para o Março de Lutas. A agenda de Março De Lutas em 2021 é um conjunto de ações coletivas para reafirmar a resistência negra no Brasil. O objetivo é que as mulheres negras brasileiras protagonizem uma chamada para compartilhar práticas, experiências, viabilizar denúncias para potencializar o enfrentamento ao racismo, o sexismo e a lesbitransfobia que impactam a vida das pessoas negras, especialmente as mulheres” (Fonte AMNB).

Os interessados poderão obter mais informações através dos canais abaixo.

Março de Lutas / Agenda AMNB Site com Programação detalhada: http://amnb.org.br/marcodelutas Fotos de Divulgação: http://bit.ly/FotosAMNBImprensa Redes: https://www.instagram.com/amnboficial/ Local das Lives: http://bit.ly/YoutubeAMNB

Professor Pedro Ferrer - presidente do Instituto Histórico e Geográfico da Vitória. 
Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

LIVE bate-papo especial “Dia Internacional da Mulher” com a vitoriense Master PNL Sthefania RodrIgues.

LIVE dedicada ao Dia Internacional da Mulher - avanços e retrocessos da nossa sociedade  - segunda-feira (08), às 17h. 

Convidamos para construir conosco esse momento a Master PNL, Mentora de Mulheres, Palestrante e empreendedora vitoriense, Sthefania Rodrigues. Entre outros assuntos, abordaremos os múltiplos papeis da mulher na atual conjuntura social.    

Live Bate-papo – Dia Internacional da Mulher. 

Segunda-feira – 08 de março– às 17h.

Transmissão pelo Blog do Pilako.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

O feriado de 06 de março em canção pelos parceiros musicais Pilako e Aldenisio Tavares.

Amanhã, sábado, dia 06 de março, é feriado estadual.  Pois bem, lembremos que por ocasião do Centenário da Revolução Pernambucana – também conhecida por a “Revolução dos Padres” – ocorrido no ano de 1917, o então Governador de Pernambuco, Manoel Borba,  adotou oficialmente como bandeira do nosso estado a mesma usada pelos revolucionários de 1817 – a que conhecemos hoje. No mesmo ano (1917), em Vitória de Santo Antão, pela liderança do então prefeito Eurico do Nascimento Valois, surgia, face à data comemorativa,  a Praça Leão Coroado, antes, local conhecido como "Largo da Estação".

Pernambuco state of Brazil flag on flagpole waving cloudy sky background realistic 3d illustration

Após muita discussão e amplo debate com a sociedade pernambucana, sobretudo com as entidades ligadas à história, por intermédio da proposta dos deputados Isaltino Nascimento e Terezinha Nunes, ficou instituído o dia 06 de março como feriado  civil no âmbito do Estado de Pernambuco, ou seja: a Data Magna do Estado.

Ainda no transcurso do ano de 2018, como bom observador, “descobri” que  a referida  data da quarta-feira de cinzas do carnaval de 2019 cairia justamente no dia 06 de março, isto é: feriado apenas em Pernambuco. Atento aos detalhes do fato histórico,  ocorrido em 1817 nas terras dos altos coqueiros  e  sintonizado com os festejos de momo,  despertei para o fato inusitado.

A  tão “indesejada” e “ingrata” quarta-feira de cinzas seria oficialmente feriado apenas em nosso estado. Eis a oportunidade perfeita para uma mídia exclusiva e diferencial,  pontualmente ligada  ao carnaval de Pernambucano. No contexto,  e com antecedência, através de contatos próximos, ainda tentei despertar os governantes e promotores de eventos do nosso estado para essa extraordinária oportunidade de negócio. Sem sucesso!

Para não deixar passar em “branco” esse acontecimento auspicioso – uma quarta-feira de cinzas sendo feriado oficial -,  juntamente com o parceiro de outras composições, Aldenisio Tavares, mergulhamos na ideia e produzimos uma canção alusiva ao acontecimento. Abaixo, portanto, segue o resultado da obra, lançada em clima de festa e compromisso cívico.

.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Instituto Histórico: “Exposição Maria Mãe de Jesus” – por Pedro Ferrer.

O Instituto Histórico começou 2021 a todo vapor. Sua diretoria recebeu,  ontem (04),  a visita de dirigentes do Museu de Arte Sacra de Pernambuco que fica sediado no antigo Palácio do Bispo em Olinda, no Alto da Sé, cujo diretor é Dom Bernardo Alves, ex-abade do Mosteiro de Olinda. Dom Bernardo se fez acompanhar do Coordenador do Educativo, historiador Iron Mendes de Araújo Júnior.

Os visitantes foram recepcionados pelo Monsenhor Maurício Diniz e pelos diretores do IHGVSA, Pedro Ferrer e Fernando Nascimento. Da Casa Paroquial seguiram, acompanhados para a Igreja do Rosário. Primeiro passo foi analisar as condições do templo que deverá acolher uma exposição de imagens representativas de “MARIA MÃE DE JESUS”. A exigência maior foi a segurança. Do Rosário nos deslocamos até a sede do IHGVSA.

Dom Bernardo e o professor Iron saíram encantados com nosso acervo e organização. No final fizemos uma visita ao Museu Sacro da Matriz de Santo Antão. Nesta ocasião tratamos do ponto mais importante: a transferência do acervo do Museu da Matriz para a igreja do Rosário. Foram abordados diversos itens: entidade mantenedora, injunção jurídica, segurança, participação das empresas privadas, do governo Municipal e da Câmara de Vereadores, mobilização da sociedade, especialmente dos professores e amantes das artes. Os acertos finais ficaram para uma outra reunião que terá lugar em Olinda. Aliás este foi o terceiro contato que tivemos com a direção do Museu Sacro de Pernambuco.

Professor Pedro Ferrer - presidente do Instituto Histórico e Geográfico da Vitória. 
Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Pátio da Matriz.

Vitória de Santo Antão- Pernambuco- Brasil. Seu passado e sua história no túnel do tempo - Praça D. Luiz de Brito- (Praça da Matriz) - Ao fundo a nossa suntuosa Igreja Matriz de Santo Antão, padroeiro da cidade. Antigo cartão postal- editado nos anos 1970.

Acervo do Cartofilista e pesquisador pernambucano – Josebias Bandeira de Oliveira.

Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário

LIVE 87 – AO VIVO – “Impactos da Pandemia no Comercio da Vitória” – com os presidentes da ACIAV e do CDL.

Recebemos para uma LIVE, na tarde de hoje (04, os presidentes da ACIAV (Associação Comercial), Antonio de Lemos, e o presidente da CDL (Câmara de Diretores Lojistas), Marcos Alexsandro.

Tendo como conteúdo principal "Os Impactos da Pandemia no Comercio Local", os dois lideres classista realçaram números interessantes. Sobre os diversos segmentos comerciais, apesar do susto inicial, de maneira geral, podemos dizer as atividades foram beneficia com os vultuosos aportes financeiros face o auxilio emergencial do governo federal. Chamados para opinar sobre as duas próximas semanas, em função do novo decreto estadual, os mesmos se mostraram cautelosos.

ASSISTA A LIVE COMPLETA AQUI.  
Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Auxilio Emergência do Carnaval: pouca efetividade por parte da prefeitura.

Na qualidade de presidente da ABTV – Associação dos Blocos de Trio da Vitória -, por solicitação do presidente da comissão de Cultura e Assistência Social da Câmara de Vereadores da Vitória, vereador Lourinaldo Júnior, participei de uma reunião que teve por objetivo trocar informações com os membros da referida comissão no sentido da concessão do Auxilio Emergencial do Carnaval.

Questionado sobre as dificuldades da operacionalidade do tal benefício, expliquei que até o presente momento, apesar de já haver cobrado mais de uma vez ao secretário de cultural do município, Demétrius Lisboa, documentos que apontem os caminhos da excussão do convenio, na prática, pouco poderia contribuir com informações concretas, não obstante ser detentor de uma boa experiência relacionada ao nosso carnaval. Desde o primeiro momento venho alertando sobre as minhas preocupações no sentido das devidas prestações de contas, face às exigências burocráticas comuns a processos dessa natureza.

Por parte dos membros da aludida comissão – vereadores Lourinaldo Júnior, Celso Bezerra e André Carvalho – ficou-me a impressão que os mesmos também não são conhecedores de amplas informações vinculadas ao processo (na prática) do benefício carnavalesco. Além do vereador Novo da Banca, também participaram do encontro os advogados Bruno Moraes (assessor do vereador André Carvalho) e Jairo Medeiros  (assessor jurídico da ABTV). Novas ações foram programadas.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Tudo é História: é a segunda vez que a Feira Livre da Vitória para por questões sanitárias.

Em virtude dos desdobramentos de mais um avanço da pandemia  do novo coronavírus a tradicionalíssima Feira Livre da nossa “aldeia” – Vitória de Santo Antão – estará suspensa nos próximos dois sábados, ou seja: dia 06 e 13 de março de 2021.  Isso merece registro.  Estamos vivenciando mais um fato histórico no nosso lugar que -  salve pesquisa mais aprofundada -  só encontrei apenas uma passagem nos arquivos em que a Feira Livre deixou de funcionar ( sábado -  completamente) ,   em virtude de questões sanitárias.

Falo do surto de cólera morbus no Brasil.

Foi ainda no inicio da segunda  metade do século XIX que ocorreram os primeiros casos em nosso País. A contaminação teve inicio no Estado do Pará e se alastrou pelas cidades portuárias, em função do forte deslocamento de navios. Pernambuco também teve seus dias de horror.

Consta nos livros que contam a história dos nossos antepassados que Vitória foi à porção territorial cujos efeitos da aludida praga se deu em maior vulto. Por aqui,  morreu muita gente. Pobre, rico, branco, preto, macumbeiro,  católico  e etc foram castigados sem distinção. Ao final, em dois meses de holocausto, calculou-se que um terço da população antonense tenha sucumbindo. Valendo salientar que no tempo pretérito pouco se sabia sobre a doença – atualmente também pouco se sabe sobre o COVID-19.

Na ocasião, pessoas enterravam um parente hoje, amanha,  não sabiam se estariam vivos. Com medo de perecer nas estradas, alguns católicos passavam o dia rezando ao lado das covas  abertas,   para não correr o risco de não serem  sepultados condignamente.

Conta-se, também, que foi nesse período, em função do caos instalado na recém criada cidade da Victória (1843), que a Feira Livre – principal alavanca econômica da época – TAMBÉM PAROU. Aliás, vale a pena lembrar: no ápice da crise, recomendou-se à população abandonar  o lugar, derrubar  os imóveis e atear  fogo no que restasse.

Portanto, estamos vivenciando mais um momento histórico na nossa cidade e, consequentemente,  oportuno à reflexão. A vida é dinâmica e os fatos corroboram.....Aos olhos do que conhecem e se interessam pelos acontecimentos,  TUDO É HISTÓRIA....

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Momento Restaurante e Pizzaria do Léo – “Novos Horários de Funcionamento”.

SERVIÇO: 

Restaurante e Pizzaria do Léo (antigo Recanto do Ceará).

Funcionamento - presencial e Delivery -  terça a domingo - 11h às 23h.

Contatos: 2160-1080 / 9.8564.1651 - @DOLEO.REST

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

O DESABAFO – por Lucivânio Jatobá.

Não deixem que a minha covardia me faça silenciar! Não posso silenciar: a culpa desse TSUNAMI DE HORROR, que estamos observando e sofrendo nos últimos meses FOI DAS ELEIÇÕES DO ANO PASSADO. Alertamos tanto aqui..., ESCREVEMOS TANTAS MENSAGENS, inutilmente!

Que tivessem sido adiadas as eleições! Afinal, para que servem mesmo as eleições no país? Que benefícios trazem? Para que servem muitos prefeitos e Câmara de Vereadores? Quem é eleito? O melhor? O mais culto? O mais patriota? O mais dedicado? O mais inteligente? O mais honesto?

Mas insistiram. Envolveram inteligentemente, mediante a Mistificação das Massas pela propaganda política, muitos brasileiros, milhões de brasileiros,no espetáculo da mentira, preparando a todos para que assistissem a um Circo dos Horrores, um espetáculo dantesco.

Os arrastões com puxassacos sem máscaras gritando nomes e pedindo votos para inexpressivos, incultos, inexperientes, o escambau... era o que mais se via, inclusive nas comunidades carentes, com cidadãos sem planos de saúde.

Abraços eram dados! Máscaras faciais? Nem pensar. O desleixo, no tocante aos cuidados à não contaminação pelo virus chinês, era total! O insuportável Guia Eleitoral, em todas as capitais do país, mostravam as aglomerações, os arrastões comandados por políticos que, com RARÍSSIMAS EXCEÇÕES, para nada servem a não ser para... E a contaminação pelo virus chines continuando, de forma exponencial.... silenciosa e eficazmente.

"As consequências viriam depois"- como assegurava o Conselheiro Acácio, figura ímpar de O Primo Basílio. Viriam, sim, depois.... e já chegaram, já tomaram conta do país, como uma invasão de tropas da SS e da SA.

Em Pernambuco, no Ceará, no Rio Grande do Norte, Amazonas, na Região Sul , enfim, em todos os quadrantes do território nacional, as pessoas, agora, morrem aos montes nos hospitais, sem que se saiba o que fazer, como no remoto início do Século XX ou no Medievo. O horror, pior que o decorrente de uma Guerra Mundial, instalou-se. A angústia da morte invadiu a nossa mente, sufocando-nos, adoecendo-nos.

Impotentes, desesperados, os crentes imploram ao Ser Supremo, como recurso derradeiro, Misericórdia....

As igrejas, os templos, os terreiros... as mesquitas estão, por força da Lei dos Homens, fechados, impedindo-se assim que os desesperados façam suas orações, seus batuques e se agarrem como náufragos a um pedaço de madeira.

Nada mais a fazer... A Guerra Biológica atingiu o ápice. O inimigo é preparadíssimo e oculto.

Hay que tener paciencia ou...

(Desculpem-me, amigos, pela mensagem tão azeda, tão pessimista. Ao terminar de ler as notícias desse dia 3 de março de 2021, escrever o que estou sentindo foi o mecanismo de defesa do ego que minha mente encontrou).

  Professor Lucivânio Jatobá. 

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Momento Pitú

Uma Pitú Gold muito bem acompanhada, diga-se de passagem. Chega abriu o apetite. Eita, que essa pituzeira botou quente. 

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

LIVE bate-papo sobre os impactos da pandemia no comercio da Vitória.

LIVE sobre os impactos da pandemia do novo coronavírus na comercio local -  amanhã, quita-feira (04), às 17h. 

Convidamos para construir conosco esse momento o presidente da ACIAV (Associação Comercial), Antonio de Lemos,  e o presidente do CDL (Câmara de Diretores Logistas), Marcos Alexsandro. Entre outros assuntos, abordaremos os efeitos do auxilio emergencial federal na economia local e a perspectiva de uma nova paralisação das atividades.   

Live Bate-papo – Impactos da Pandemia no nosso Comercio. 

Quinta-feira – 04 de março– às 17h –

Transmissão pelo Blog do Pilako.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Momento Restaurante e Pizzaria do Léo – “Quarta-feira da Pizza”.

SERVIÇO: 

Restaurante e Pizzaria do Léo (antigo Recanto do Ceará).

Funcionamento - presencial e Delivery -  terça a domingo - 11h às 23h.

Contatos: 2160-1080 / 9.8564.1651 - @DOLEO.REST

Publicado em Anúncios | Deixar um comentário

Auxilio Emergência do Carnaval em debate!

Na qualidade de presidente da ABTV – Associação de Blocos e Trio da Vitoria – registro  recebimento do convite, por parte da comissão de Cultura e Assistência Social da Câmara de Vereadores da Vitória , para participar, na próxima quinta-feira (04), às 11h, da reunião que tem por objetivo discutir o processo de acesso ao auxilio emergencial destinado aos profissionais e entidades  diretamente  envolvidos no carnaval da Vitória.

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

O Tempo Voa: time de futebol.

Torneio de futebol - Campo da Antiga sede da AABB - 1973 - na foto: Fernando Gouveia, Antonio Silveira e Dryton Bandeira - agachados: Sylvio Gouveia, Marcelo Bessa e Jarbas Lemos. 

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Covid-19, odaliscas e Maomé – por Pedro Ferrer.

Quem em criança, passando pela adolescência, na idade adulta e até mesmo na decrepitude não sonhou com as belas mulheres árabes confinadas e isoladas nos misteriosos haréns, afogadas em véus, lenços e joias, balançando sensualmente os quadris ou contraindo o cobiçado baixo ventre? Fui um apaixonado pelas mulheres árabes. Nunca as tive aos meus braços; lamentável, profundamente lamentável.

Visitei dois países árabes: Egito e Marrocos; no primeiro passei 15 dias, no último, dez. De quebra, caminhei por duas vezes em Istambul na Turquia, que na origem e na essência não é um país árabe. Parece-me ser a religião o único elo entre árabes e turcos.

Na fascinante Istambul, o palácio Topkapy, construído por Maomé II, é uma majestosa construção. Durante séculos o palácio serviu de residência aos soberanos otomanos. Um setor do palácio bastante visitado, pelo seu histórico e por sua aura sensual, é o harém. Para mim, foi decepcionante. Como lindas mulheres, centenas, eram confinadas em pequenos cubículos com escassa luminosidade e precária ventilação? Uma barbárie tratar as belas e sedutoras concubinas e odaliscas com tamanho descaso.

Mas, o que tem harém, odaliscas, concubinas, a ver com COVID 19?

Vamos lá. Diz o popular: “se Maomé não vai à montanha, a montanha vai a Maomé”. Torcendo o provérbio, Maomé não veio; nós não fomos, todavia as seduções vieram. Pegaram carona no COVID 19. Num piscar adotamos costumes islâmicos: isolamento e confinamento e uso de véus ou lenços sobre a face.

O sonho de visitar um país árabe concretizou-se no dia a dia. Os véus e lenços árabes desembarcaram com força entre nós. É credo, é cultura, é costume, as mulheres árabes usarem véus cobrindo o rosto. O vírus obrigou nossas mulheres a usarem um véu modelito máscara.

Variados são os lenços e véus que encobrem as árabes, cujos modelos, alguns extravagantes, variam de região para região, de tribo para tribo: hijab, niqab, burka, chador etc. Todos significam proteção, seja apenas ao rosto ou ao corpo por completo: “cobertura ou roupa que tapa”. O hijab e o niqab que cobrem a cabeça e o rosto, deixando uma abertura diante dos olhos seriam os que mais se aproximam das nossas máscaras. Achando pouco obrigou nossos marmanjos a usarem o véu modelito máscara.

Sentado na varanda da minha casa, na rua Imperial ou na praça Diogo Braga, vejo transitar centenas de mulheres por dia, um incansável vai e vem. Mulheres que poderiam ser minhas odaliscas. Pena que não as sejam. Na Diogo Braga, local de embarque e desembarque das lotações que seguem para o Outeiro, o tumulto é maior. Carrego e descarrego de passageiros. Mulheres e homens, carregam máscaras na fuça. Tudo, por causa de um “virusinho” de nada. Mudança de hábitos. Maomé, de sacanagem, em segredo com o vírus, empurrou-nos outros hábitos. Não apenas o hijab ou niqab ou máscara. De todos, os mais satânicos e mais graves, foram o isolamento e o confinamento. De resto brecou nossa economia.

Prof. Pedro Ferrer - presidente do Instituto Histórico e Geográfico da Vitória. 

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

Túlio Gadêlha: 1 milhão em emenda parlamentar para a APAMI e o Hospital João Murilo.

As emendas parlamentares participativas indicadas pelo deputado federal Túlio Gadêlha para Vitória de Santo Antão tiveram resultado final neste sábado. Apesar de ter sido inicialmente informado que apenas uma instituição receberia a verba, o Hospital João Murilo de Oliveira (HJMO) e o Apami receberam R$ 500 mil cada, devida a votação acirrada.

As votações, que aconteceram de maneira on-line, encerraram à meia-noite da quarta-feira (24). Cada instituição acumulou cerca de 2,1 mil votos.

Emendas parlamentares participativas são recursos do orçamento público direcionados pelos membros do Congresso Nacional ou Assembleias Legislativas estaduais, para que a comunidade decida, por meio de votação, onde o dinheiro será investido. Tal proceder aproxima a sociedade das decisões públicas e gera mais transparência.

"Esse é um recurso fundamental para nossa saúde pública. Especialmente pelo compromisso de Túlio com nossa cidade. Tivemos deputados federais bem votados em Vitória, mas nunca, nenhum deles enviaram essa quantidade de recursos para o município e em tão pouco tempo, quase 3 milhões de reais. E generosamente, ele decidiu enviar recurso tanto para Apami quanto para o João Murilo", comentou o vereador André Carvalho (PDT).

Socorro Muniz, diretora do hospital Apami, afirmou ter aguardado ansiosa pelo resultado da votação . "Desejo agradecer ao vereador André Carvalho por ter nos inserido nessa campanha, num momento tão difícil ! Salvar vidas , será sempre o nosso lema".

A diretora do Hospital João Murilo de Oliveira, Roberta Câmara, parabenizou e agradeceu o trabalho feito por André Carvalho e Túlio Gadêlha na indicação das emendas na cidade. "É muito justo e legítimo que a população possa escolher a melhor forma da utilização do Recurso Público. A Vitória é da população de Vitória de Santo Antão, a vitória é de todos que fazem o HJMO, a vitória é do SUS".

Os recursos serão destinados à melhoria do serviço de urgência e emergência do HJMO e para a criação de 10 leitos de UTI para o hospital APAMI.

ASSESSORIA - ESPAÇO  PARLAMENTAR. 
Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

“Tumor Administrativo”: os bons ventos da renovação política!

Sem maiores aprofundamentos no conceito da chamada “renovação política” para o momento, nos últimos dias, circularam pelas redes sócias vídeos constatando o que “todo mundo já tá careca de saber”, ou seja:  o desastre urbanístico, sanitário, patrimonial e tantos outros que se queira elencar - algo semelhante ao estouro da Barragem de Brumadinho. 

Trata-se do conjunto da feira livre e dos mercados históricos da nossa "aldeia". - Vitória de Santo Antão. Evidentemente que não precisamos lembrar que este “apagão administrativo” não foi obra apenas de uma gestão, de um grupo ou mesmo de uma só figura. Nas últimas quatro décadas o “consórcio administrativo” antonense, ao longo do período,  cuidou de manter as coisas piorando......

Por uma conjugação de fatores eis que, no primeiro ano da terceira década do século 21, assumi na prefeitura local  um sujeito que prometeu alavancar/resgatar, entre outras coisas,   o patrimônio cultural da terra de Diogo de Braga. Em recente transmissão “ao vivo” pela internet, o prefeito Paulo Roberto abriu o debate sobre esse verdadeiro  “tumor”  administrativo local.

Em outra frente, por assim dizer, 4 “marinheiros de primeira viagem”   - vereadores  de um mesmo partido (PP) em primeiro mandato (Beto de Bigode, Biu de Genaro, Filipe Cezar e Carlos Henrique )  –, em postagem recente nas redes sócias,  também cuidaram de levantar a tampa do mesmo  “esgoto fétido” que os políticos da nossa cidade -  com mais quilometragem  - fazem questão de ficar bem distante, ou mesmo ignora-lo por completo.

Na qualidade de cidadão sintonizado com as boas causas do nosso lugar, gostaria de dizer que pelo menos uma coisa já mudou: estão tocando no assunto. Minha esperança, no sentido que se cuide  do referido problema com a devida seriedade, confesso, continua muita tímida,  bem diferente do meu desejo  que é do tamanho do universo.

Assim sendo, para encerrar,  sem nenhum demérito aos políticos aqui nominados, quero creditar esse positivo e inesperado  movimento, realizado pelo prefeito e os 4 vereadores da bancada do partido progressista, a uma  das exigências do processo democrático, ou seja: RENOVAÇÃO – renovar sempre – essa é a regra de ouro!! Esperemos as cenas dos próximos capítulos......

Publicado em A Lupa | Deixar um comentário

O Tempo Voa: Festa de Aniversário.

Comemoração natalícia - Christianne Breckenfeld e Suely Santana - registro de 1980. 

Publicado em O Tempo Voa | Deixar um comentário