Último adeus ao amigo “Macena da COMPESA”.

De maneira súbita e totalmente antes da hora, pelo menos para os seus familiares e inúmeros amigos, o Macena foi chamado para a morada do pai. Da noite do dia 24 para a madrugada do dia 25 (por volta 4:h), após a tradicional ceia natalina na casa do sogro o amigo Macena sentiu-se mal  e não resistiu ao infarto. Aos 52 anos,  “Macena da Compesa”, como mais conhecido, era um  camarada apaixonado pela vida e um brincante por natureza. Hoje, pela manhã, recebeu as últimas homenagens. Seu corpo foi sepultado no Cemitério local.

Esta entrada foi publicada em A Lupa. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Último adeus ao amigo “Macena da COMPESA”.

  1. Débora disse:

    Meu pai, meu amigo, espero q esteja em um bom lugar e muito feliz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *