Varanda do Tadeu: com seu fechamento a cena musical vitoriense fica empobrecida!

Dentre as inúmeras frases musicais existentes escolhi a do Moacyr Franco para sintetizar o momento, com relação ao fechamento do espaço festivo/gastronômico, intitulado “Varanda do Tadeu”: “o que era doce e o que não era se acabou”.

Por iniciativa particular do seu proprietário o “Restaurante Varanda do Tadeu” encerrou suas atividades no último sábado (11), ao comemorar seu décimo primeiro aniversário de fundação. Indiscutivelmente nossa cidade, Vitória de Santo Antão, fica empobrecida musicalmente.

Preservado sob o bom gosto musical, a promoção dos novos talentos locais e até dos anônimos “cantores de chuveiro”,  o Restaurante  “Varanda do Tadeu”, ao longo da sua existência,  manteve o ritmo do pulsar do coração, guiou-se  pela métrica da emoção sem nunca haver  perdido a dose certa da embriaguez que a boa musica estabelece com as pessoas, sobretudo com aquelas que aprenderam degustar com os ouvidos e e digerir com a cérebro.

Na qualidade de cantor “consagrado” e principal atração da casa, ao longo de todos esse tempo, o amigo Tadeu Souza, no último sábado, ao  entrar em cena e interpretar  uma das músicas do Rei Roberto Carlos, resumiu tudo: “ se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi”. Veja o vídeo:

Fechar ciclos, concluir projetos, mudar de rumo e seguir com altivez é tarefas para os fortes, mesmo quando o coração aponta noutra direção. Independente de qualquer coisa a vida continua para os “amantes da boa música” que se acostumaram  a ouvir, na tarde dos sábados, no Varanda, o melhor do que existe na música popular brasileira, afinal, não é em qualquer lugar do Brasil que se escuta, ao vivo, Nelson Gonzaga, Ataulfo Alves, Dalva de Oliveira, Benito de Paula, Luis Américo, Agepê, Martinho da Vila, Alcione, Reginaldo Rossi e etc e etc…

Concluo essa postagem parabenizando a família “Souza” pela contribuição musical ao município da Vitória de Santo Antão, sob todos os pontos de vista. Ao amigo Tadeu e a sua esposa Cleide, assim como toda equipe que fizeram o Restaurante ‘Varanda do Tadeu”, até o último sábado, 11 de novembro de 2017, resta-nos,  nesse momento, apenas dizer, com saudade, OBRIGADO, OBRIGADO e OBRIGADO!!!!

Esta entrada foi publicada em A Lupa, Editorial. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a Varanda do Tadeu: com seu fechamento a cena musical vitoriense fica empobrecida!

  1. manoel carlos disse:

    Uma lástima. Lugar agradável, respeitoso, familiar.
    A boa música sempre foi mais um dos referenciais da Varanda do Tadeu.
    Mas hj só nos resta dizer: MUITO OBRIGADO TADEU!

  2. Cleide Souza disse:

    Obrigado à você que sempre nos prestigiou e divulgou a Varanda Tadeu Souza no seu blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *