Imobilidade Urbana

[portfolio_slideshow timeout=10000, nav=false, size=medium, showtitles=false, trans=scrollHorz, thumbs=false]

Com o crescimento da frota de automóveis e motos em nosso País, o assunto da mobilidade urbana deixa de ser um tema apenas para simpósios e conferências, entrando definitivamente na ordem do dia das administrações públicas, que sejam, federais, estaduais ou municipais.

Em Vitória ainda encontramos um amadorismo sem precedentes nesta área fundamental na qualidade de vida da população. Só para se ter uma ideia, encontramos situações em que com uma simples intervenção da Prefeitura, melhoraríamos muito a fluidez do trânsito. Para dar um exemplo prático, o motorista ao deixar a Avenida Henrique de Holanda para pegar a rua Manoel Borba ou mais na frente a subida da Bela Vista é necessário quase parar o carro se desejar entrar nessas ruas,  causando uma sensível retenção no fluxo de veículo, além de causar irritação aos motoristas que vem logo atrás,  aumentando assim, em muito, os riscos de acidentes, tudo isso, por conta de alguns buracos que estão infernizando a vida de quem por ali tem que trafegar,  não sabemos se por falta de conhecimentos técnicos ou por falta de vontade administrativa essas falhas vem acontecendo em nossa cidade.

Esta entrada foi publicada em A Lupa, Editorial. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Imobilidade Urbana

  1. Pingback: Serviços com barro |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *