O nosso Monte das Tabocas é prioridade para o Exército Brasileiro.

Apesar do momento pandêmico ao qual todos nós estamos submetidos e que sugere o isolamento social, na tarde ontem (26), em função da relevância da “missão”, por assim dizer, o nosso Instituto Histórico, sob o égide do incansável professor Pedro Ferrer, em caráter especial, abriu suas portas para receber uma comitiva do Exercito Brasileiro que cuida exatamente do “Projeto Memória Militar”,

Na comissão do Instituto – Pedro Ferrer, Jones Pinheiro, Cristiano Pilako e Fernando Nascimento.

Representando o Exército –  General de Brigada PAULO AFONSO BRUNO DE MELO – Diretor de Patrimônio Histórico e Cultural do Exército, Coronel MARCELO DE MELLO RIBEIRO – Assistente do Diretor de Patrimônio Hist. e Cultural do Exército, Coronel CLÓVIS ROGÉRIO DE ALCÂNTARA MELO – Do Comando Militar do Nordeste, Coronel ANDRÉ MONTEIRO – Gerente do Projeto Memória Militar, Capitão SALAS – Assessor do Projeto Memória Militar; 2º Sargento ROBERTO – Membro da Comitiva – INSTRUTORES DO TIRO DE GUERRA local – 07 004 –  Subtenente VALTER FIRMINO DA SILVA – Chefe da InstruçãoSubtenente EDGLEY DA SILVA – Instrutor.

Pois bem, após assistir  vídeo institucional a comitiva conheceu parte do acervo da “Casa do Imperador”, evidentemente,  com um olhar atento principalmente às questões voltadas ao contexto da épica  Batalha das Tabocas. Em seguida, o grupo tomou destino no sentido da vistoria –  “IN LOCO” –  à  circunscrição territorial mais emblemática do nosso torrão – Sítio Histórico da Batalha das Tabocas – Monte das Tabocas.

Ao que tudo indica e pela relevância da comitiva do Exército que aqui esteve, no bojo de macro “Projeto da Memória Militar” que, entre outros objetos, buscar salvaguardar, preservar e promover fatos, lugares e pessoas de relevo da nossa história, o nosso Monte das Tabocas será inserido no contexto  (promoção) do Monte dos Guararapes e demais fortes da capital, até o porque o mesmo (Monte das Tabocas) tem valor histórico similar aos demais quando o assunto diz respeito às questões históricas da Pátria Brasileira.

Assim sendo, na qualidade de antonense sintonizado com as questões históricas da nossa cidade, fiquei muito satisfeito e esperançoso com essa possibilidade – que me pareceu  bastante consistente – de preservação  e promoção do nosso Monte das Tabocas sob a “batuta” do Exército Brasileiro. Na ocasião, fizermos um pequeno vídeo com o General Paulo Afonso onde o mesmo  realçou suas primeiras impressões do espaço histórico.

Como bem falou o General Paulo Afonso, o esforço e a união deverão ser de todos. Poder Público local (prefeitura e câmara de vereadores), empresas privadas, Instituto Histórico,  professores de história, alunos e de toda sociedade antonense para resgatarmos e promovermos esse verdadeiro patrimônio de todos os brasileiros, localizado no nosso município.

Abaixo, vídeos da visita: 

Esta entrada foi publicada em A Lupa. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *