O que realmente representa a pirâmide da Pátio da Matriz?

Na nossa Vitória de Santo Antão, no tempo pretérito, um grupo de notáveis lideraram um movimento que teve como objetivo maior – para marcar a passagem do século XIX para o XX – a construção de um monumento homenageando o Nosso Senhor Jesus Cristo. Essa narrativa está disponível nos livros que contam a nossa história. Até recentemente, nunca havia escutado outra versão.

Eis que, dias atrás, fiquei sabendo que existe outra versão, dando conta que o mesmo (obelisco) teve como principal  “articulador” o então prefeito da nossa polis – Coronel José Xavier Cavalcanti Wanderley – que tinha fortes ligações com a Maçonaria em nossa cidade. Não obstante, o mesmo, ser descrito pelos registros oficiais, por assim dizer, como “prestigiosa e venerada figura das classes conservadoras e membro de tradicional família pernambucana”.

A história é dinâmica! Em conversas outras já haviam me questionado que o obelisco em forma de  pirâmide não seria o formato mais acertado para  homenagear a figura singular do cristianismo. Na qualidade de pessoa identificada com a história e, consequentemente, com os fatos que construíram nossa sociedade, doravante, irei me aprofundar nesse contexto.

Esta entrada foi publicada em A Lupa. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *