Apelidos vitorienses: JOÃO POTÓ.

Na  nossa Coluna Apelidos Vitorienses, hoje, vamos revalar o motivo pelo qual o senhor João Ferreira do Nascimento ficou mais conhecido na cidade pelo seu apelido – João Potó – do que pelo próprio nome.

Contou-nos o senhor João Ferreira do Nascimento que quando ele ainda era jovem, na década de 1950, gostava de jogar bola e também se destacava por ter um bom preparo físico, aliás  desenvolvia  uma velocidade acima da média da maioria dos seus colegas.

Nessa época, até então, as pessoas lhe chamava apenas por João ou João de Baixa – uma referência direta ao seu pai (Baixa Jiló). Contudo, uma música que fazia sucesso à época,  lá pelas bandas do Sertão, falava assim: “ trabalhadores do Sertão…vamos agora apresentar João Potó…..João Potó é o maior…….”.

Pois bem, em uma determinada manhã,  no Campo do Dique, em função de uma jogada futebolística em que João estava participando, no mesmo momento em que a música estava tocando em um  rádio, gritou  o torcedor “Dadai Pichilinga”: “João Potó é o maior.. João Potó é o maior…”.

Pronto, desde esse acontecimento o senhor João Ferreira do Nascimento passou a ser chamado por todos pela alcunha de “João Potó”.  Essa  é, portanto, a história que fez mais um vitoriense ser mais conhecido na cidade pelo apelido do que pelo próprio nome. Veja o vídeo:

Esta entrada foi publicada em Apelidos Vitorienses II, Editorial. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *