O gargalo continua……

O registro fotográfico acima ocorreu na manhã de hoje, 08, sexta-feira, às 8:31h, justamente na Rua Doutor José Rufino Bezerra Cavalcanti, no trecho próximo à Igreja Assembleia de Deus e da “Casa do Pobres”. Lembremos a referida via “despeja” veículos numa outra via ao mesmo tempo – rua defronte à Casa dos Pobres.

Muito bem. Não é admissível que os técnicos da AGTRAN ainda não tenham atentado para esse descompasso, no que se refere ao melhoramento da nossa mobilidade urbana. Todos os dias os condutores de veículos que trafegam no local aludido são obrigados a se “espremer” –  para seguir por aí –  enquanto um estacionamento é mantido no local, ao meu ver, sem muita lógica.  Aliás, até um cavalete, “guardando a vaga” de alguém faz parte do cenário. Uma verdadeira aberração! Já pensou de todo motorista, agora,  resolvesse colocar um cavalete na rua, para quando ele chegar sua vaga de estacionamento já esteja separada?  Não custa nada lembrar: segundo o regramento do trânsito isso é ilegal.

Já falei diversas vezes que  não sou técnico na matéria (trânsito) –  apenas um curioso -,   mas não consigo entender essa inação dos que cuidam para que o nosso trânsito tenha uma melhor fluidez. Aliás, já dei até uma sugestão, aqui pelo blog:  experimentem retirar, por 30 dias, essa permissão de estacionamento ( ao lado da Igreja) para ver se melhora ou piora o fluxo de veiculo nesse trecho?

Em trânsito, matéria complexa e dinâmica, não existe verdade absoluta. Continuaremos observando esse espaço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *