Artista antonense Fernando Nascimento: um sujeito Fora de Série…..

“Ninguém se perde no caminho da volta porque voltar é uma forma de renascer”. A frase, de autoria do sociólogo José Américo de Almeida,  talvez seja a maneira mais completa e ao mesmo tempo mais curta para sintetiza à volta do antonense Fernando Nascimento ao seu torrão natal.

Ainda jovem, deixou sua terra na direção do Rio de Janeiro para ingressar na Marinha Brasileira. Pelos mares, pisou nos cinco continentes e dialogo com o mundo através das artes, sobretudo pela pintura. Sensível às diferenças humanas consegue, com o raro talento  concedido aos poucos abençoados pela inspiração  divina, compreender a magnitude da transformação do imaginário em pinturas concretas que quase se expressam em movimento.

Sem medo de errar, poderia dizer que uma das coisas boas que aconteceu na nossa Vitória de Santo Antão, nos últimos anos, foi o seu retorno às origens. Recentemente, o artista Fernando Nascimento atendeu ao meu pedido e confeccionou as telas que  foram  ofertadas aos homenageados/familiares da 9ª  edição da Feijoada da ABTV.

Além do artista sem limites, o Fernando Nascimento é dessas pessoas não nascem em linha de produção. Não se encontram em dúzias ou aos milhares. Fernando é dessas amizades que devemos regar,  adubar e nutrir,  todos os dias. Sem sombra de dúvida, Fernando Nascimento é um artista antonense “Fora de Série”……

Esta entrada foi publicada em A Lupa. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *