Avenida Mariana Amália – por Lucivânio Jatobá.

Pilako,
A Avenida Mariana Amália era a minha ” Avenida Copacabana”: enorme ( para meus olhos e perspectiva de menino) e linda demais. Recordo do meu pai no início dos anos 1960, comprando o Diário da Noite, todos os dias da semana. Lembro ainda da Comemoração da Copa de 1962, ali na avenida. E recordo dos Carnavais daquela década, indo comprar farinha de trigo para participar do mela-mela, depois, na Praça do Livramento e na Rua Ruy Barbosa, defronte do Cine Diogo Braga…
Grande abraço!
Lucivânio Jatobá

Esta entrada foi publicada em A Lupa. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *