Latas da Pitú estampam ilustração do Abril pro Rock 2019 A 27ª edição do festival terá um dia exclusivo para shows de artistas mulheres

Em meio à efervescência do Manguebeat no Brasil, mais precisamente no Recife, capital pernambucana, surgia a necessidade de um espaço que reunisse todas as produções musicais e expressões de arte que estavam eclodindo junto com o Movimento, que mais tarde virou referência nacional e quiçá internacional. Foi quando o produtor cultural Paulo André Moraes realizou, em um domingo do mês de abril de 1993, a primeira edição do hoje já consagrado festival Abril pro Rock, reunindo 1,5 mil pessoas ou melhor, “mangue boys” e “mangue girls”, para assistirem aos shows das 12 bandas locais convidadas e do Maracatu Nação Pernambuco no extinto espaço de eventos Circo Maluco Beleza. Até hoje, o festival continua existindo e resistindo, apresentando produções da cena independente do Brasil inteiro e também do exterior, além de continuar revelando artistas e dando espaço para as produções locais.

Entendendo a importância do Abril pro Rock para a histórica da cena musical do País e para a formação cultural de jovens, a Engarrafamento Pitú é patrocinadora oficial do festival desde 2011, ano em que iniciou a produção de latas com embalagens temáticas para o público do Abril pro Rock e colecionadores. Especialmente para esta 27ª edição do festival, que acontecerá nos dias 12, 19 e 20 de abril no Baile Perfumado, no Recife, a Pitú irá lançar três milhões de unidades das latas personalizadas de 350 ml de cachaça em todos os seus pontos de vendas do Brasil. As latinhas também estarão disponíveis no evento.

A programação do Abril pro Rock este ano traz um dia exclusivo para a produção musical de artistas mulheres. A sexta-feira, 19 de abril, terá shows expressivos, a exemplo das ativistas russas do Pussy Riot, da cantora Letrux, das paraibanas do Sinta a Liga Crew, das pernambucanas do Arrete e do 808 Crew. E acompanhando a temática do evento, que destaca o poder e a força da mulher na música e em todos os espaços que ela queira ocupar, a embalagem especial da Pitú estampa a ilustração oficial do Abril pro Rock. Na arte, que contempla toda a identidade visual do festival, uma mulher segura uma guitarra nas costas e levanta o braço mostrando o punho.

O presidente da Pitú, Alexandre Ferrer, explica que a embalagem temática já é aguardada pelo público “rockeiro” e também por colecionadores de todo o País, sendo um elemento que estreita as relações afetivas entre a Pitú, o festival e o consumidor de cachaça. “As latas do Abril pro Rock procuram seguir sempre a mesma linha de comunicação adotada pelo festival e sempre são desenvolvidas em conjunto com a organização do evento, assim procuramos fazer uma melhor identificação entre a Pitú e o Abril Pro Rock e, dessa forma, conquistar o público”, detalha Alexandre Ferrer. A adaptação da tradicional embalagem da Pitú com a ilustração do Abril pro Rock tem assinatura da agência pernambucana Ampla Comunicação.

Latas temáticas – De 1998 até agora, a Pitú já lançou mais de 60 latas com layout comemorativo. Todo ano os colecionadores podem adquirir o produto personalizado em datas especiais, como o Carnaval, Abril Pro Rock, São João e Réveillon, além de aniversários da empresa e outros acontecimentos significativos, a exemplo da Copa do Mundo.

Sobre a Pitú – A Engarrafamento Pitú, fundada em 1938 por Joel Cândido Carneiro, Severino Ferrer de Moraes e José Ferrer de Moraes, é referência nacional quando o assunto é cachaça e neste ano de 2019 chegou aos 81 anos. Sendo uma das maiores indústrias de aguardente do Brasil, a Pitú engarrafa e comercializa, em média, 98 milhões de litros por ano, dos quais 2% representam as vendas no exterior. Genuinamente pernambucana, a fábrica da Pitú está localizada no município de Vitória de Santo Antão (PE), na Avenida Áurea Ferrer de Moraes S/N, onde é possível também conhecer um pouco da trajetória da empresa por meio do acervo do seu Centro de Visitação, que reúne histórias e relíquias da marca pernambucana.

No Brasil, a Pitú é líder nos mercados Norte e Nordeste e a segunda cachaça mais consumida em todo o País. Já no mercado externo é líder absoluta há quase três décadas, sendo a maior exportadora de cachaça do Brasil. Por ser uma cachaça para todos os gostos, a Pitú se mantém entre as 20 marcas de bebidas destiladas mais produzidas no mundo. Na Europa, a Pitú comanda o mercado e tem a Alemanha como o país líder em consumo. Outros países do Velho Continente, também importantes para a marca, são Áustria, Suíça, Portugal, Espanha, Itália, Reino Unido, Irlanda e França. Nos demais continentes a Pitú também está presente e se mostra líder em alguns países, como nos Estados Unidos. A bebida marca presença relevante na Argentina, Austrália, Canadá, Chile, Índia, México, Angola, Tailândia, África do Sul e Emirados Árabes. O volume médio de exportação anual da Pitú é de 2 milhões de litros.

Assessoria de Imprensa.

Esta entrada foi publicada em A Lupa. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *