Os políticos de maneira geral em estado de alerta máximo!!

Assistir pela TV a “espetacularização” da prisão do governado do estado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, ocorrida na manhã de hoje (29), nos provoca pelo menos dois sentimentos. Evidentemente que tantas outras leituras devem ser feitas……

A primeira é de vergonha. Um sujeito eleito pelo povo ser arrancado do palácio direto para o presídio. Isso, de certa forma, quebra o sentido do simbolismo que uma autoridade governamental nos passa.

A segunda é de satisfação coletiva. É que o Brasil, após a deflagração da Operação Lava-Jato, mudou!! No meu tempo de juventude esse tipo de situação nunca foi vista. Aliás, diziam alguns, em voz alta e segura: “aqui, só quem vai para cadeia é pobre, preto e prostituta”.

À cada prisão realizada e, consequentemente, um novo acordo de delação premiada estabelecido, uma vez que incorpora-la é a decisão mais racional, se puxa mais um fio,  de mais  um grande novelo de corrupção sistêmica enraizada nos poderes constituídos da republica.

Avante,  Lava-Jato!! O Brasil só será passado a limpo quando o crime não mais compensar. O Rio de Janeiro e a capital federal, Brasília, convenhamos,  são dois emblemáticos pontos de partidas para a chamada assepsia nacional. O caminho é longo e a estrada é tortuosa…….

Esta entrada foi publicada em A Lupa. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *