Com a aprovação dos deputados Henrique Queiroz e Joaquim Lira o governo Paulo Câmara promoveu mudança duvidosa!!

Repercutiu mal a mudança estrutural no combate à corrupção na administração e serviços públicos,  proposta pelo governador Paulo Câmara com o apoio da maioria dos deputados estaduais, dentre os quais os representantes da Vitória de Santo Antão: Henrique Queiroz e Joaquim Lira.

Nas muitas informações disponíveis na imprensa a gritaria é grande. Com exceção dos representantes diretos do governo do estado e dos parlamentares da base, praticamente todos os atores envolvidos nessa questão estão repudiando a mudança. Valendo salientar , mo entanto, que a mesma se deu em caráter de urgência,  ou seja: sem o debate necessário.

Mesmo não sendo conhecedor de detalhes dessa operação, acredito que submeter  ao crivo direto do palácio às operações  que visam desbaratar esquemas de corrupção dentro da  própria máquina pública é algo que não cheira bem, sobretudo após as revelações da  força tarefa da Operação Lava-Jato em que deixou bem claro à existência da chamada “corrupção endêmica” nos  vários níveis da engrenagem da nossa fétida republica.

Fica-nos, portanto, a esperança de que o governador Paulo Câmara e os seus fiéis deputados possam, o quanto antes, se utilizar da imprensa para explicar  ao povo pernambucano a verdadeira intenção da mudança. Aliás, a nação brasileira não suporta mais tanta ação duvidosa por parte dos seus governantes……

Esta entrada foi publicada em A Lupa. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Com a aprovação dos deputados Henrique Queiroz e Joaquim Lira o governo Paulo Câmara promoveu mudança duvidosa!!

  1. JORDANIA disse:

    O comportamento desses elementos, do título, são o espelho dos seus genitores na administração pública.
    Matutem dígnos municípes as administrações públicas em nosso município : dos ancestrais do primeiro sujeito, desde o início do acesso à política em Vitória, e do segundo indivíduo a partir de seu pai ???!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *