Não ria se puder – Sosígenes Bittencourt

Outro dia, um advogado me contou que um cidadão reuniu uns amigos e foi à casa de um ladrão buscar o que lhe havia sido roubado. Depois da façanha, concluiu que além do televisor e o DVD recuperados, havia trazido um fogão no meio.

Moral da história: Ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão.

Sosígenes Bittencourt

Esta entrada foi publicada em Fala, Vitória!. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *