Diz que é da Vitória, mas…

Recentemente, através do Facebook, deu-se o chamado  “efeito manada”: diz que é da Vitória mas… Muito bem, antes de adentrar no lado positivo da brincadeira – dando um de professor Sosígenes – observei que muita gente escreveu o MAS (mais) de maneira inadequada. Outra observação, porém, é que quase ninguém atentou para o seguinte detalhe: não somos “DE” Vitória, somos DA Vitória de Santo Antão, até porque nossa Vitória (cidade) não é uma vitória qualquer, remete-nos à vitória ocorrida no Monte das Tabocas…….

Deixando essas observações pra lá, até porque isso, ao final, não faz parte da preocupação da esmagadora maioria da população essa brincadeira, sob o ponto de vista pedagógico, desenterrou uma série de referências históricas antonense – pessoas, locais, situações e etc. Eis aí, portanto, o lado,  extraordinariamente,  positivo dessa brincadeira e aproveito, permitam-me,  para emendar: diz que é da Vitória, mas não nunca fez uma visita  ao Instituto Histórico e Geográfico da Vitória…

Esta entrada foi publicada em Editorial. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *