NO TEMPO DE EU MENINO – Talco Johnson


Isso foi no tempo que se atacava fralda com broche. Depois, lavava-se a fralda com Sabão Jabacó, pendurava no arame e passava a ferro de carvão.

Uma vez, um professor exigente sentou-se num restaurante pertinho da Mesbla, no Recife, e pediu uma Brahma Chopp estupidamente gelada e dois ovos cozidos. A garçonete, recém-contratada, querendo mostrar bom atendimento, logo perguntou: – O senhor usa sal nos ovos?

Aí, o professor, insuportavelmente, caxias, implicou: – Não, garota, uso Talco Johnson.

O castigo pelo enxerimento foi ter que deglutir os ovos sem sal e perder a garçonete de vista.

Sosígenes Bittencourt

Esta entrada foi publicada em Editorial. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *