Lá de Portugal, “falou” o professor Pedro.

Recebi, ontem (25), mais um e-mail do amigo professor e presidente do Instituto Histórico  e Geográfico da Vitória. Desta vez, “falou-me” de Portugal. Certamente esse foi o seu último contato do outro lado de Oceano Atlântico. O professor deve chegar hoje, segunda dia 26. Bem vindo Pedoca, aos braços dos seus irmãos antonenses.

pedoca

“Encontro-me em Lisboa. Para trás a tecnologia e a precisão germânicas. Lisboa fala-nos de mais perto. Vejo em cada sobrado, em cada esquina um pouco da História do Brasil. Lisboa nos invade com seus monumentos e nomes de ruas. Aqui a praça Luís de Camões, acolá o largo do Chiado com Fernando Pessoa. Não sei se mais famosa a estátua ou o próprio Pessoa. Todos querem guardar um souvenir ao lado do poeta maior da língua portuguesa. Descendo a rua/ladeira Almeida Garret desparamo-nos com a livraria Bertrand a mais antiga do mundo. Eles exibem o certificado do “Guinness Book”. É atraente, prazeroso caminhar pelas ruas da Baixa do Chiado, subir ao Castelo de São Jorge. Valeu rever Lisboa. Nem melhor, nem pior que Berlim ou Munique, diferente. Lisboa cativa-nos com sua brejeirice, com sua espontaneidade, com seus fados: “Lisboa velha cidade, de encanto e beleza…..; Teus olhos castanhos…; Ai Mouraria…” Nisto vamos nos deixando levar ao passado que não volta mais, como diz o fadista”.

Pedoca, o lindo….

Esta entrada foi publicada em Editorial. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Lá de Portugal, “falou” o professor Pedro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *