Apelidos Vitorienses: BROTHER.

img_1087

Dando continuidade à nossa coluna: Apelidos Vitorienses, onde procuramos catalogar os conterrâneos que são mais conhecidos na cidade pela alcunha de que pelo próprio nome, hoje, destacaremos a história que deu origem ao nome social do senhor Luis José de Santana.

Contou-nos o senhor Luis Santana que antes as pessoas, de maneira geral, o chamavam de Lula. Mas ao ingressar no quadro funcional da empresa Vitória Comercio de Peças Ltda, que tinha como nome fantasia VIPEÇAS,  a parir de 1987,   o então  colega de trabalho, Ataliba Pessoa de Albuquerque, “mudou” seu nome.

Segundo o senhor Luis, em função do incomodo com a claridade, ele sempre gostou de usar óculos escuros. Todas as vezes que Luis adentrava na empresa o colega Ataliba o saudava com a seguinte expressão: Diga aêee meu irmão… Diga aêeee Brother… (a tradução de irmão, para o idioama inglês).

O amigo Luis, pessoa com um astral maravilho e sempre alegre e entusiasmado, gostava  sempre da saudação e  começou cantarolar  a música  “o amigo de Nova Iorque”, interpretada pelo renomado artista brasileiro Jorge Bem Jor.

Brother pra lá, meu irmão pra cá, o quer fato è que, hoje, o vitoriense Luis José de Santana é mais conhecido na cidade pelo apelido de que pelo próprio nome, ficando assim, portanto, catalogado na coluna Apelidos Vitorienses do Blog do Pilako. Veja vídeo com Brother:

Esta entrada foi publicada em Apelidos Vitorienses II. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *