MOBILIDADE comprometida na Vitória.

buraco1

A questão da MOBILIDADE  em nossa cidade tende, nos próximos dias, ficar ainda mais complicada no que diz respeito aos deslocamentos dos veículos pelas ruas centrais da cidade. Com a armação dos brinquedos do Parque de Diversão no Pátio da Matriz, por ocasião da Festa do Glorioso Santo Antão, os motoristas e motoqueiros só terão apenas uma opção de via (centro), para trafegar no sentido Matriz/ Livramento.

Levando em consideração que a Rua Valois Correa (rua da simetria), é destino dos ônibus urbanos e do  transporte alternativo (kombi e Besta), assim como, em toda sua extensão (lado esquerdo) serve de estacionamento, gostaria de saber da AGTRAN o seguinte:

Como todos nós sabemos, nessa rua, as paradas do transporte coletivo não obedece às regras técnicas, ou seja, para-se em qualquer lugar, basta alguém pedir para descer,  como ficará, então,  a questão do fluxo?

Outra coisa também: ontem (07) observei, num pequeno espaço de 100 metros da movimentada Rua José Rufino, também conhecida como principal do Cajá, três retenções no fluxo de veículo por questão de buracos existentes, alguns deles, inclusive, com mais de um mês sinalizado por um pneu.

buraco2

buraco3

buraco4

Como podemos observar, aparentemente, atuar na questão da MOBILIDADE, para que a população sofra menos com os impactos nocivos do caos no trânsito da nossa cidade,  não é de interesse dos que fazem a gestão do Governo de Todos.

Esta entrada foi publicada em A Lupa, Editorial. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>