Família Deus e Melo

5265370f35bc865987efbd383ceb1243

Pilako,

  • O centro do mundo, sem sombra de dúvidas é a nossa cidade ….
  • Os pilares das cidades são as famílias que nelas vivem …. Sendo assim, a sustentação do mundo são as famílias…

O tempo realmente voa ….

Sabemos que somos muitos, não conseguimos nem precisar exatamente quantos. Certamente já somos muito mais que 100 (sem contar os agregados*), até porque contagens EXTRA-OFICIAIS apontam para um mundo inteiro de “Deus e Melo”.

(*) Agregados: Aqueles que entram na nossa família casando-se com um “Deus e Melo”, ou seja, indivíduos que se denominam “Deus e Melo”, mas que para isso dependem de situação matrimonial confirmada.

Espalhados por todo o Brasil e até mesmo no exterior, o nosso clã já disseminou o nosso espírito festivo e turrão pelos quatro cantos, por essas e outras nos encontramos no inicio de cada ano desde 2008.

Nossos encontros vêm se tornando a cada ano mais importante e necessário …. Diga-me, onde alguns dos nossos e mais alguém vai encontrar tanta alegria, gritaria e farra juntas?

Das certezas que temos na vida (cada um de nós), uma delas é que somos “Deus e Melo” …. Até porque nosso temperamento nunca nos deixaria negar este traço da nossa biografia. Não que isto nos envergonhe, achamos que nenhum “Deus e Melo” de verdade consegue sentir vergonha de ser como é, afinal de contas, faz parte do nosso espírito, do nosso jeito, da nossa cara …. E ai eu pergunto se não realizássemos estes nossos encontros, onde encontraríamos tantos que, como nós, sente tanto orgulho da história que carregamos marcadas em suas identidades?

É isso Pilako, tudo que escrevemos acima serve unicamente para registrar/informar a nossa festa, o nosso encontro anual, a 6ª edição (2008, 2009, 2010, 2011, 2012 e 2013) que ocorrerá no dia 06 (seis) de janeiro de 2013 na histórica CASA DOS “DEUS E MELO”, no nosso CASARÃO, na nossa eterna CASA GRANDE, na Rua Rui Barbosa, Vitória de Santo Antão. Vamos ter AQUELA feijoada, regada a muita cerveja, cachaça, boas risadas e muitas lembranças.

Este ano nosso encontro também marcará o início das comemorações dos 40 anos do bicampeonato da AADM – Associação Atlética Deus e Melo – nos Jogos de Verão de Vitória de Santo Antão, feito este que marcou toda uma geração e fez grande o nome da nossa família na cidade. Pretendemos festejar esta conquista principalmente com os “Deus e Melo” mais velhos e os da minha geração (provavelmente os únicos que entenderão a importância do fato) com uma festa e quem sabe um jogo de veteranos/futsal (se tivermos número suficiente de jogadores em condições) no mês de outubro deste ano.
 
Segue abaixo, para que sejam publicadas em seu BLOG, na coluna “O TEMPO VOA”, arquivos com fotos do acervo da nossa família de festas realizadas na CASA GRANDE DOS DEUS E MELLO nas décadas de 60 e 70 e mais recentemente no ano de 2008.

Foto 01 – 1965 – Festa de final de ano dos “Deus e Melo”. Nesta época éramos 29 (Esmeraldino, Mirandolina (que não está na foto) seus 08 filhos e seus 19 netos. Os demais são todos agregados:

1965 (FESTA DE FINAL DE ANO DOS DEUS E MELO)

Foto 02 – 1972 – Festa de encerramento dos IV Jogos de Verão quando fomos campões gerais dos jogos pela 1ª. vez:

1972 (FESTA DOS IV JOGOS DE VERAO)

Foto 03 e 04 – 1973 – Programação dos V jogos de Verão / Festa de encerramento dos V jogos de verão quando nos tornamos bi-campões gerais dos jogos:

1973 PROG V JOGOS DE VERAO 1973(FESTA DOS V JOGOS DE VERAO)
Foto 05 – 2008 – Primeiro encontro dos “Deus e Melo. A mesma foto do convite acima:

2008 (1o. ENCONTRO DOS DEUSV E MELLO)

Sérgio de Deus e Melo

Esta entrada foi publicada em Editorial, O Tempo Voa Documento. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a Família Deus e Melo

  1. Sérgio de Deus disse:

    Pilako,

    Agradecemos a postagem.

    As grandes famílias de uma cidade fazem sua história. A nossa, a do amigo e tantas outras da nossa querida Vitória de Santo Antão fazem a nossa história.

    Não sei se amigo sabe que dos sete lá de casa apenas um é nascido em Vitória, os demais são todos de Garanhuns que um dia moraram, estudaram, namoraram (os sete)/casaram com pessoas de famílias de Vitória (cinco dos sete, um deles eu), que moram em Vitória (três dos sete além dos nossos pais) e que se tornaram Vitorienses de coração.

    Sinta-se convidado a participar de nossa festa. Sua presença será uma grande satisfação para todos nós.

    Sérgio de Deus

  2. ana maria de deus braun disse:

    OLÁ. fICIQUEI CONTENTE EM CONHECE A FA,ILIA dEUS E SOBRENOME DE MEUS AVÓS PATERNO SOBRENOME DE FAMILIA DE MEU PAI E MEU E DE MEUS IRMÃOS , que bom sabe que existimos . Resido no RJ, e sou filha e neta de Capixaba de Vitoria ( Jucutuguara) ES.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *