Na loja da CLARO, não tem telefone.

Hoje no Brasil os donos da “bola” são as operadoras de telefonias. Fazem o que quer, com seus clientes. Entre tantos absurdos, deixam seus telefones sem “falar”, deixam você nas centrais de atendimento, que depois de esperar por um bom tempo, não resolvem  nada, além CLARO, de cobrar caro por um serviço, que cada dia que passa, vem piorando.

Sou cliente da CLARO desde do tempo da BCP, ou seja, estive no “lote” dos primeiros clientes que acreditaram nessa empresa. Os anos se passaram e foi através dos sinais capitados pelas suas antenas que minha vida seguiu: notícias boas e ruins, negócios rentáveis e outros nem tão promissores, como também algumas risadas e encontros foram conseguidos através do aparelhos celular.

Muito bem, o departamento de relacionamento da CLARO entrou em contato comigo, dias atrás, disponibilizando um novo aparelho e uma série de outros benefícios, através do CLARO CLUBE, para que, caso fosse de meu interesse, comparecesse a uma de suas lojas de atendimento para desfrutar dos tais “benefícios”.

Sendo assim compareci, na última segunda feira (19), em uma loja no Shopping Center Recife e fiz a transação comercial. Fui bem atendido pela senhora Adriana, que me convenceu a trazer para casa um aparelho Iphone 4, um aparelho, segundo comentários top de linha.

Chegando na minha casa (na própria segunda-feira-19) fiz todos os  procedimentos, através do computador, no  programa iTunes, para poder “falar” pelo meu novo aparelho. Para meu descontentamento o aparelho continuou sem sinal da operadora. Na terça feira liguei para central de atendimento, através do 1052 onde fui orientado pelo atendente a entrar em contato com a loja que tinha transferido a minha linha, para outro chip do meu novo aparelho.

Tendo que deslocar-me do interior para capital, procurei antes, entrar em contato com a loja para ver se resolveria a bronca pelo telefone, ai veio a péssima notícia:

Quando entrei no site do Shopping para procurar o telefone da loja, encontrei o numero (81) 9415-5000. Ao ligar fui atendido por uma senhora identificada por Sandra, do escritório da Claro em Recife, que após todas as minhas explicações, inclusive informando que era do interior, comunicou-me que a loja não tinha telefone e que a mesma só fazia atendimento presencial. Com minha insistência, ela transferiu a ligação e me deixou de molho sabe-se lá por quanto tempo. Insisti e depois de várias tentativas de contato, uma outra senhora atendeu, com o nome de Bianca, me dizendo a mesma coisa.

Ora! Como pode, nos dias atuais, uma empresa ou loja não ter um numero de telefone onde os clientes possam entrar em contato?  E o pior, uma loja oficial de uma das maiores operadoras de telefonia móvel do País, a CLARO. Conclusão: desde de que troquei de aparelho fiquei “incomunicável” e ficarei até amanhã (22), isso porque só terei tempo de ir, presencialmente à loja na quinta. São por essas e outras que essas empresas (telefonia) vem liderando o Rank nas listas dos órgãos de defesa do consumidor em todo Brasil.

Será que amanhã vou  conseguir resolver o meu problema?

Esta entrada foi publicada em A Lupa, Editorial. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a Na loja da CLARO, não tem telefone.

  1. José Arnaldo disse:

    hoje a operadora que melhor oferece os serviços é a VIVO, estou satisfeito com os serviços prestados.

  2. rona disse:

    Amigo acabei de r q as lojas claro nehuma tem telefone de contato para os clientes …q lixo, vi uma prmoçao na claro e nem tem como ligar para saber e o 1052 ao transferir a ligaçao deixa mudo aff

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>