De Vitória de Santo Antão à Garanhuns – Parte 03

Recomendamos a leitura da primeira e segunda partes deste artigo para que haja compreensão.

Primeira parte: Clique aqui.
Segunda parte: Clique aqui.

Friamente olhando são duas cidades de características bem semelhantes, mas repito, basta dar uma volta e perceber como Garanhuns é mais desenvolvida. A pergunta que peço para que o leitor responda é o porquê disto?

Pelo menos no centro da cidade de Garanhuns e em ruas próximas, sentimos uma cidade organizada com praças bem cuidadas, todas as ruas asfaltadas e grandes prédios que já começam a fazer contraste com monumentos e equipamentos históricos. À noite, a cidade é bem iluminada, inclusive com fontes d´agua e árvores históricas com iluminação especial. Igual a Vitória, Garanhuns também espera pela chegada de um Shopping, porém, nos fins de semana já se pode contar com um cinema com principais lançamentos de filmes em cartaz.

O 21º Festival de Inverno de Garanhuns, a impressão que se tem é que foi muito bem organizado. São vários pólos espalhados na cidade, da música gospel e oficinas de cordel ao pop rock e mpb. O local do show é plano e todos que entram no circuito são revistados. Outra coisa importante é que bebida com casco de vidro é proibido, o que aumenta a segurança do local. O camarote tem 03 andares e é realmente muito grande e com uma ótima estrutura.

Vendo como a cidade e o festival é organizado com tanto zelo, bate um sentimento bairrista de tristeza.  Não meus amigos, não quero me mudar para Garanhuns. Mas, me pergunto como estamos atrasados no tempo. Quem não lembra que sempre nosso alvo de comparação foi Caruaru? O que lutamos sempre é por uma cidade melhor para se viver, pois acreditamos no potencial de nosso município e temos certeza que o crescimento não pode só estar à mercê da iniciativa privada com a instalação de novas indústrias. O que todos querem, sem distinção, e é fato, é uma melhor qualidade de vida!


Helder Sóstenes
Diretor da unidade PETCURSOS em Vitória.

Esta entrada foi publicada em Editorial. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a De Vitória de Santo Antão à Garanhuns – Parte 03

  1. Acho que o grande problema da nossa cidade é a falta de educação. Um lugar onde os formadores de opinião e detentores do poder não tem educação, como podemos exigir que a população tenha? Tudo é cíclico!!

  2. Murilo Filho disse:

    Muito boaa sua publicação, Helder. Parabéns!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *