Fala, Vitória! – “O Nordeste mudou”



Olha ele aqui de novo. Aldenisio Tavares fica imaginando forró e bota Nildo Ventura e Duda da Passira pra cantar e tocar os seus sonhos. Ninguém é capaz de ver acordado o que vê em sonho. Por isso, a maioria do que o artista pratica, já sonhou. Impregnado de nordeste, Aldenisio é caladinho, mas é danado pra ver coisas e ouvir sons que ninguém desconfia. Dessa vez, inventou que O Nordeste Mudou. Eu já acho que não, o trio mencionado é que anda mudando a maneira de ver o nordeste, focalizando o que há de bom e nunca acaba. É a lupa que vê o que ninguém enxerga. Aí, não é brincadeira. Juntam-se Aldenisio, Nildo e Duda pra fazer a meninada arrastar os pés, agarrado que nem visgo de jaca, de madrugada a madrugada. Tem gente que nem sabe o que está tocando direito, vai na intuição. Outros parecem receber alguma entidade dançarina. Só falta uma pitadinha de autoestima pra valorizar o que é nosso e patrocinar com gosto os talentos da terra. Em Caruaru, se o cara tocar um reco-reco numa esquina, vai para o “panteão da glória” da pátria do pífano. E pra encerrar essa palavrinha, ouvindo e revirando o CD, ainda tomei conhecimento de que Nildo é de Petrolina, esse filho adotivo que vem cantando lá dos longes para encantar nossa Vitória. Como se não bastasse Duda da Passira, com o seu coração bordado de alegria, xamegando a sanfona todo dia.

Forrozado abraço!
Sosígenes Bittencourt

Esta entrada foi publicada em Fala, Vitória! e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

3 respostas a Fala, Vitória! – “O Nordeste mudou”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *