O “CAUSO” EIKE BATISTA

Num país de salário mínimo abaixo de mil reais e 14 milhões de desempregados, seria de estranhar que um empresário que tem 52 milhões para pagar de fiança ficasse acocorado no xadrez.

Aliás, bom salientar, o empresário, depois que quebrou, financeiramente, ainda tem 2,9 bilhões de dólares. Daí, sua nora, Lunara Campos, muito contente, comemorar sua saída, a bordo de uma lancha muito massa.

Porém, a defesa de Eike Batista afirmou que os seus bens estão bloqueados pela Justiça, não podendo, portanto, sacar o valor arbitrado.

Será uma manobra para ficar na mansão sem pagar a fiança? Ou será que irão desbloquear todo o dinheiro para ele pagar a fiança e ficar com uma laminha no bolso? Ou será que estarão confundindo uma coisa séria com uma brincadeira, um “caso” com um “causo”?

Sosígenes Bittencourt

Esta entrada foi publicada em Fala, Vitória!. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *