Dilma, em Cuba, e Yoani com raiva

Dilma Roussef deu um saltinho ali em Cuba, mas não deu um pio sobre o Regime Cubano. Quem ficou enjicada com sua atitude foi a blogueira e encrenqueira Yoani Sánchez. A jornalista queria que Dilma metesse o pau no desrespeito aos Direitos Humanos no sítio da família Castro. Obviamente, nossa presidenta não quis correr o risco de ter a palavra CASTRADA.

Yoani já pediu 18 vezes para sair um pouquinho de Cuba, mas o governo não deixa. A conversa é só essa: “não, posso não, deixo não”. Parece musiquinha brasileira de gente abestalhada. Mas, é que Cuba teme que Yoani venha a Jequié, na Bahia, soltar gracinha a Raul, irmão de Fidel Castro. Linguaruda, já fuxicou que Cuba não é um Socialismo, nem um Comunismo, é um Capitalismo Familiar. Por causa da fofoca, foi pro xilindró e tomou umas lapadas no cangaço. Mesmo assim, revela otimismo em relação ao futuro, por causa da internet, que botou o povo pra tagarelar noTwitter. Sabe do que aconteceu no Oriente, quando os internautas começaram a ver a macacada ocidental saboreando hamburguer com Coca-Cola e fazendo nenen ao ar livre. Os ditadores foram convidados a dar o pira pra não morrer no cacete.

Sosígenes Bittencourt

Esta entrada foi publicada em Fala, Vitória!. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

4 respostas a Dilma, em Cuba, e Yoani com raiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *