Aracaju foi o “palco” da volta para a Super Oara….

Essas linhas, antes mesmo do caráter informativo, tem na sua essência o compartilhamento de uma alegria, por saber que “as coisas”, no sentido social,  apesar de tudo, começaram a engrenar, sobretudo no segmento produtivo  mais atingido pela pandemia, ou seja: foi o primeiro a parar e será o último a voltar a todos pulmões.

Em evento corporativo nacional,  promovido CMSB ( Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil) , ocorrido na cidade de Aracaju (SE), entre os dias 07 e 11, na noite do último sábado (10), dentro das normas estabelecida pelas autoridades, a Orquestra Super Oara subiu ao palco para uma apresentação emblemática e histórica,  marcando assim à retomada das atividades laborais  depois de um longo período de “silêncio forçado”.

Nesse contexto, quero compartilhar com todos os amigos,  que formam esse singular conjunto musical,  dessa alegria. Ao Elaque Amaral, parceiro das antigas e amigo sincero,  sinta-se abraçado por todos nós, vitorienses e amantes da boa música e também  admiradores do trabalho dessa que é  – Super Oara –  uma das melhores bandas de baile do Brasil. Em breve, estaremos todos juntos novamente –  “A  arte é longa, a vida é breve”.  


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *