Carnaval da Vitória 2021: ficaremos todos na SAUDADE……

Nem o mais cético dos foliões, no últimos carnaval,   ao som da emblemática canção de Luiz Bandeira – É de fazer chorar – em que diz que um bom  pernambucano espera  um ano inteiro para cair na brincadeira, nem por brincadeira,  poderia imaginar que, excepcionalmente,  a partir do último reinado de momo (2020), esperaria dois anos para o próximo……

Com o anuncio das autoridades do governo do estado, ocorrido na tarde de hoje (17),  em que, entre outras restrições, suspende, de fato,  o carnaval 2021  o que estava no campo da especulação, agora se configura em fato. Carnaval, agora, só em 2022.

Aliás, em função do desenrolar dos últimos fatos,  atinentes à pandemia do novo coronavirus, para as pessoas que tem um pouco mais de juízo, isso já estava “escrito nas estrelas”, ou seja: no céu de Baco – o deus do vinho e da folia,  segundo a mitologia grega.

Com efeito, na “República da Cachaça”,  os carnavalescos, foliões e brincantes, pelo menos em 2021, ficarão todos órfãos.  Acredito ser, salvo pesquisa mais aprofundada, a partir da segunda metade do século XIX, a primeira vez que Vitória não celebrará sua festa maior, ou seja: O CARNAVAL.

Aos compositores pernambucanos e, em especial,  aos antonenses um “prato cheio” para inspirações de toda ordem. Diz uma das músicas,  da quase secular Taboquinhas: “até para o ano, quando nós voltarmos…”. Para o  Casal Espacial – ETSÃO E ETSUDA – só voltando ao espaço sideral  – do lugar que vieram – para se apresentar em 2021. Da Girafa, certamente saltará uma lacuna na ininterrupta trajetória dos desfiles, ao cantarmos:  “memórias de um passado glorioso”. Um bêbado,  mais espirituoso,  dirá: “ em 2021, deu Zebra…..”

Para concluir esse rosário de lamentações resta-nos, apenas,  “corrigir” uma das músicas da mais saudosa de todas as agremiações antonenses (SAUDADE),  que diz: “ vestido com o kit da alegria dou de cara com a lembrança pra brincar o carnaval……. com a família renovar as esperanças, baile  no asfalto não é todo dia…..acontece uma vez por ano, com Asas e Oara e Companhia”….. DESSA VEZ, TEREMOS QUE ESPERAR DOIS ANOS………

Assim sendo,  não custa nada lembrar de um adágio popular que diz, “O AMOR  DORME,  PARA ACORDAR MAIS FORTE…..”, E, INEVITAVELMENTE,  COM MAIS SAUDADE!

 

 

Esta entrada foi publicada em A Lupa. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *