Momento Cultural: OCASO – ADJANE COSTA DUTRA

Adjane Costa Dutra

No ocaso…
minha vida,
se declina como um rio,
em águas transparentes:
nas sombras do ocaso,
no ocaso das sombras.
Minha vida,
se declina como um rio,
em águas transparentes:
o ocaso da vida,
na vida do ocaso.

(TAPETE CÓSMICO – ADJANE COSTA DUTRA – pag. 41).

Esta entrada foi publicada em Fim de Semana Cultural. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *