CURIOSIDADES MUSICAIS – MAESTRO DUDA – por Léo dos Monges

2295062f55fafd7f0eff32ab66f9609a747

José Ursicino da Silva – Maestro Duda, nasceu em 23 de dezembro de 1935 em Goiana – PE.

Em 1950 começou a integrar a Jazz Band Acadêmica e a Orquestra Paraguari. No mesmo período atuou na Rádio Jornal do Commercio do Recife. Em 1953, já era regente e arranjador da Orquestra Paraguari; ainda em 1953, assumiu o Departamento de Música da TV Jornal do Commércio.

Em 1962, começou a integrar a Orquestra Sinfônica do Recife, executando Oboé e Corne – Inglês. Em 1963, criou uma orquestra de bailes.

Em 1971, obteve o primeiro lugar no Festival do Frevo pela Rede Tupi com o Frevo de rua (Quinho). Teve frevos gravados pela Orquestra de Severino Araujo, assim como sambas gravados, entre outros, por Jamelão.

Em 1980, foi escolhido como arranjador do Festival MPB Shell, promovido pela rede Globo.

Em 1985, sua orquestra representou o Brasil na feira das Nações em Miami, na Flórida EUA. Teve músicas gravadas no exterior, estando em mais de 100 discos.

Foi escolhido pelo projeto Memória Brasileira da Secretaria de Cultura de São Paulo, como um dos 12 maiores apresentadores do século.

Em 2007, teve o Frevo Nino, Pernambuquinho relançado pela Spok Frevo Orquestra no CD Passo de Anjo ao vivo, gravado ao vivo no Teatro Santa Isabel, na cidade do Recife.

Obras: Cidadão Frevo, Estação do Frevo, Fantasia Carnavalesca, Furacão. Homenagem à Princesa Isabel, Marcela, Nino o Pernambuquinho, Quinho, Suíte Nordestina, para Banda e Orquestra, Suíte Pernambucana de Bolso.

Nino, o Pernambuquinho

Autor: Maestro Duda

leo

 

Leo dos Monges

Esta entrada foi publicada em Curiosidades Musicais. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *