Dia do Exército Brasileiro: Viva Guararapes e Tabocas!!!

Hoje, 19 de abril, comemora-se o “Dia do Exército Brasileiro”. A escolha da data, não por ocaso, faz referência justamente à Primeira Batalha dos Guararapes, ocorrida em 19 de abril de 1648. Nesse duelo, por assim dizer, o “Davi Caboclo” abateu o “Golias Estrangeiro”. Exatamente há 373 anos.  O eminente e renomado sociólogo pernambucano Gilberto Freire, assim grafou: “ Em Guararapes, escreveu-se a sangue o endereço do Brasil: o de ser um Brasil verdadeiramente mestiço, na raça e na cultura”.

Pois bem, é nesse cenário histórico e importante da identidade nacional que nossa “aldeia” – Vitória de Santo Antão – está inserida – entre outras coisas – por   abrigar o Monte das Tabocas, reconhecidamente o primeiro palco da luta,  no sentido da expulsão dos invasores holandeses. Assim sendo, afirmou o historiador Costa Porto: “ Sem Tabocas não existira Guararapes”.

Próximo de completar 400 anos de história, na qualidade de “lugar”, infelizmente,  ainda não alcançamos maturidade para entendermos ou mesmo avaliarmos, sob todos os pontos de vista,  o valor do nosso Sítio Histórico do Monte das Tabocas. Nossos gestores, por séculos e décadas, demonstraram uma ignorância oceânica e uma insensibilidade criminosa,  ao deixa-lo à deriva, ao sabor dos ventos da invisibilidade.  

Em postagens anteriores,   aqui no nosso jornal eletrônico, intitulado Blog do Pilako, realçamos o interesse do Exército Brasileiro no acolhimento  do nosso Monte das Tabocas na perspectiva da sua elevação, efetivamente,  à patrimônio nacional. Para concluir essas linhas comemorativas, alusivas ao dia de hoje, 19 de abril, a todos pulmões, devemos gritar:   “VIVA!”  ao Exército Brasileiro”,” ao Monte dos  Guararapes” e  ao nosso “Monte das Tabocas”.

Vídeo da última visita de representação do Exército Brasileiro ao Monte das Tabocas: 

Esta entrada foi publicada em A Lupa. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *